Enem 2014 – Saiba como estudar nesses últimos 3 meses antes do exame

Faltam apenas 3 meses para o Enem! Você ainda não se sente preparado para encarar o exame? Então veja essas dicas para aproveitar ao máximo esse tempo.

Faltam apenas 3 meses para o Enem 2014 e muitos estudantes ficam ansiosos com a aproximação do dia do exame e perdem o foco na hora de estudar. Nada de pânico! Se você ainda não se sente preparado para encarar as provas dos dias 08 e 09 de novembro, leia com atenção esse post e saiba como aproveitar ao máximo esse tempo que lhe resta para pegar firme nos estudos.

dica enem

Dica 1: Enem 2014 – Tudo o que você precisa saber. Veja o que cai nas provas – https://blogdoenem.com.br/inscricoes-enem-2014-saiba-tudo/

FAÇA SUA AUTO-AVALIAÇÃO

Para começar, é fundamental que você avalie como foi a sua rotina de estudos durante os primeiros meses do ano. A partir dessa avaliação, você define qual deve ser o foco da sua rotina de estudos nessa reta final, priorizando aquelas matérias que menos estudou até agora ou que você está enfrentando mais dificuldade.Para se organizar melhor, separe as disciplinas de acordo com o seu nível de compreensão: fácil, médio e difícil. Lembrando que nas provas do Enem são cobradas as seguintes matérias: Artes, Biologia, Física, Filosofia, Geografia, História, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Língua Portuguesa, Literatura, Matemática, Química, Redação e Temas da Atualidade.

Como o tempo para estudar agora é muito curto, procure dedicar mais tempo para as disciplinas que classificou como nível fácil ou médio. Dedicar-se as disciplinas consideradas difíceis não vai ser nada produtivo, já que você pode gastar mais tempo tentando compreender uma única matéria quando poderia estar revendo vários outros conteúdos cobrados nas provas.

Dica 2: Redação Enem – aulas gratuitas e dicas para um texto nota 1000 – https://blogdoenem.com.br/redacao-enem-aulas/

Mas, lembre-se: nada pode ser deixado de lado. O professor de biologia Fernando Beltrão, ouvido pelo G1, da uma dica valiosa para quem está se preparando para o exame: “O que vale é muito mais saber um pouco de tudo, do que saber muito de uma coisa só. Um assunto específico é sim muito importante para o pós-vestibular. Para se sair bem na faculdade de medicina, tem que saber muito bem a biologia; para se sair bem em engenharia, precisa da matemática. Mas na prova do Enem, tem que ter a dedicação igual. É muito perigoso, neste momento, procurar o cursinho de uma matéria só e achar que vai resolver os problemas”.

Beltrão acredita que a adoção do Enem como processo seletivo único para muitas universidades federais brasileiras provocou uma importante mudança de mentalidade. Se antes o estudante que sonhava em cursar Medicina focava seus estudos em disciplinas como biologia e química para se sair bem em uma prova de segunda fase ou em uma avaliação baseada em pesos, hoje o conhecimento precisa ser universal. As provas do Enem misturam conteúdos e exigem do aluno uma boa interpretação de textos. Por isso, dominar apenas um assunto não é uma vantagem competitiva.

E é ai que a auto-avaliação ganha ainda mais importância: se as provas do Enem exigem do candidato um conhecimento equivalente em todas as áreas cobradas, saber onde você está se saindo mal é fundamental. Só através dessa avaliação é possível criar um plano de estudos compatível com suas necessidades e eficaz para esse curto período de tempo que tem antes do exame. O professor Beltrão dá a dica: fazer simulados ou provas de anos anteriores é uma ótima maneira de descobrir em quais matérias seu desempenho não está tão bom quanto deveria.

COMO DEVO ORGANIZAR MEUS DIAS DE ESTUDO? 

Cada candidato sabe qual maneira lhe serve melhor para se preparar para o Enem 2014. Por exemplo, existem aquelas pessoas que preferem estudar durante a noite, quando tem menos barulho e menos interrupções. Já outras preferem descansar durante a noite e focar nos estudos durante o dia. É importante que você encontre uma rotina de estudos que se adapte ao seu jeito de ser e suas necessidades, para que o tempo que você dedicar a preparação para o Enem 2014 seja mais bem aproveitado.

Porém, separamos algumas dicas para quem está completamente perdido e não sabe nem por onde começar a se organizar nessa reta final. Lembrando que, faltando tão pouco tempo para o exame, organização é fundamental para manter a produtividade.

Dica 3: 10 atitudes que desperdiçam tempo de estudo – https://blogdoenem.com.br/dica-enem-tempo-estudo/

Como já dissemos no começo desse post, organize seu calendário de estudos de acordo com o resultado da sua auto-avaliação. Priorizando as disciplinas classificadas nos níveis fácil ou médio, estude três horas por dia e, depois, descanse. Mantenha essa rotina durante os meses de agosto e setembro, buscando não só compreender os conteúdos que são cobrados na prova, mas também aprimorar sua habilidade de interpretação de textos longos, mapas, charges, imagens e gráficos, competências também muito cobradas no Enem.

Faça um simulado a cada duas semanas. Essa estratégia te ajuda a identificar quais conteúdos precisam de mais horas de estudo e permite que você treine sua velocidade de resposta. Além disso, resolver provas anteriores com essa frequência permite que você acompanhe sua evolução e, assim, ganhe confiança, fundamental para um bom desempenho no dia do exame.

Já no mês de outubro, quando estiver faltando apenas um mês para o Enem 2014, não tente mais guardar informações. Deixe de lado a compreensão de novos conteúdos ainda não assimilados e priorize a revisão daquilo que já foi estudado. Dê uma última olhada nos cadernos, sistematize dicas e decore fórmulas. É o momento de confiar em sua preparação e capacidade e entender que você já estudou tudo que poderia ter sido estudado.

DESCANSAR TAMBÉM FAZ PARTE!

Se após fazer sua auto-avaliação, você entrou em desespero e planeja estudar sem parar para conseguir dominar todos os assuntos em que não se saiu bem, pare agora! Esse não é um bom plano. Reservar um tempo para descansar nessa reta final de preparação para o Enem também é muito importante. No dia-a-dia, o ideal é estudar durante três horas e se permitir descasar depois desse período.

A professora Fernanda Bérgamo, também ouvida pelo G1, reforça a importância de relaxar um pouco. “É preciso ter um tempo para si, fazer coisas de que gosta mais, relaxar, para recarregar as energias. O estudante pode parar nos fins de semana, uma vez na semana, para relaxar um pouco. Ao invés de fazer a redação, por exemplo, leia sobre o assunto, se informe”.

Passeios culturais, como cinema, teatro e exposições também são uma boa opção, já que são programas que permitem ao estudante relaxar e, ao mesmo tempo, se informar sobre assuntos que podem ser abordados nas provas do Enem. “Ao ver um filme, você desperta para algumas temáticas, o que pode ser usado como argumentação na redação e também facilita o entendimento dos enunciados da prova do Enem”, explica Fernanda.

Dica 4: Site lista locais em São Paulo para se preparar para o Enem – https://blogdoenem.com.br/site-locais-sao-paulo-enem-2013/

O descanso deve ser prioridade, principalmente, nos dias que antecedem o exame. Para dar conta das 180 questões com enunciados extensos, da alta exigência de interpretação e da redação, o candidato precisa estar bem disposto nos dias da prova. Por isso, saia com os amigos, aproveite a família e o namorado ou a namorada, pratique esportes e durma muito bem.

A ESCOLHA DO CURSO AJUDA A MANTER O FOCO

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) permitiu que os candidatos do Enem tivessem mais tempo para encontrar a resposta para aquela famosa dúvida: que curso devo fazer na faculdade?

Como a escolha da graduação deve ser feita apenas depois da divulgação do resultado da prova, muitos estudantes deixam para a última hora para resolver esse dilema. Porém, isso pode atrapalhar o seu foco durante os estudos para o exame.

“É como fazer uma carta de amor sem estar apaixonado”, explicou o professor Fernando Beltrão ao G1. “O estudante que não sabe o que quer pode até estar estudando, mas, sem foco, não evolui tanto”. É importante ter um objetivo de vida definido durante a preparação para o exame. Para quem está em dúvida entre dois cursos, a dica é focar sua rotina de preparação para o exame pensando em conseguir uma vaga no que for mais concorrido.

Mas, entenda: a escolha do curso é uma decisão que deve ser tomada com calma e apenas depois de muita reflexão. Por isso, o Blog do Enem tem uma série de posts sobre profissões para você se informar sobre aquelas que mais combinam com você e decidir, com muita calma, qual quer estudar durante a faculdade. Você pode acessar o Guia de Cursos e Profissões do Blog do Enem no link https://blogdoenem.com.br/guia-de-cursos-e-profissoes/.

E a professora Fernanda Bérgamo ainda complementa: “o mais importante é escolher o que gosta. Você tem que se imaginar daqui a 10 anos, quando não terá muito dinheiro ainda. Quando você acordar cedo, pegar o ônibus, para onde vai querer ir? Um hospital? Uma agência de publicidade? Um escritório? Tem que ter em mente o objetivo; se unir a facilidade de aprendizado com a felicidade, melhor ainda”.

Fonte: G1 e Universia