Engenharia de Telecomunicações: curso de graduação e a profissão

Você tem gosto ou habilidade com números e tecnologia? Veja o que é o curso de graduação em Engenharia de Telecomunicações e conheça mais sobre a profissão e o mercado de trabalho.

Quem se forma no curso de graduação em Engenharia de Telecomunicações é o profissional que atua no mercado de trabalho como responsável por desenvolver e implantar redes de telecomunicações . Além disso, o(a) engenheiro(a) de telecomunicações planeja e desenvolve aparelhos e equipamentos que são utilizados nas telecomunicações, por isso, toda rede de telefonia, transmissão de dados, redes de computadores, rádio e televisão, dependem do trabalho desse profissional.

engenharia de telecomunicações

A área de Engenharia de Telecomunicações também tem espaço de trabalho em empresas que prestam serviços de telecom, empresas de telefonia móvel ou fixa, e de fibra óptica e cabeamento estruturado.

O engenheiro de telecomunicações também encontra campo de atuação na indústria eletroeletrônica, em órgãos reguladores das atividades de telecomunicações e em empresas que atuam na pesquisa científica e tecnológica.

Graduação em Engenharia de Telecomunicações

O curso de graduação em Engenharia de Telecomunicações tem duração de 5 anos. Suas disciplinas básicas incluem matemática, física, química, desenho e informática. Já as disciplinas específicas incluem eletrônica, eletromagnetismo, processamento de sinais, princípios de comunicação, fundamentos de telefonia, sistemas operacionais, técnicas digitais, comunicação via satélite, dentre outras. O estágio é obrigatório e geralmente já pode ser feito a partir do terceiro ano de curso.

Dentre as atividades desenvolvidas no estágio estão: Medição de posicionamento global (GPS); Análise do desempenho de sistemas de comunicação digital;e Desenvolvimento de sistemas de gerenciamento de informação.

5 Cursos de Engenharia de Telecomunicações com conceito 5 no Enade

 O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação. Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação.

  • Instituto Nacional de Telecomunicações (MG);
  • Universidade Regional de Blumenau (SC);
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PR);
  • Universidade Federal Fluminense (RJ);
  • Universidade do Sul de Santa Catarina (SC).

Mercado de Trabalho para Engenharia de Telecomunicações

O mercado de trabalho para Engenharia de telecomunicações está aquecido.  Há diversas tecnologias em implantação como TV Digital, telefonia móvel com sucessivas gerações de conexão, e a rede fixa está em constante atualização e desenvolvendo novas tecnologias. Há outros mercados como a pesquisa acadêmica e serviços públicos através de concursos para a Anatel, por exemplo.

O Engenheiro de telecomunicações atuará nas áreas de infraestrutura, internet móvel e fixa, projetos de implantação de sistemas de transmissão de dados digitais por meio de satélite e cabos ópticos e outros serviços como a operação e o gerenciamento de redes de telecomunicações. O salário médio inicial é de R$ 4 mil.

Dica 1 – Quer vencer na vida? Cursar engenharia é uma boa. Mas exige muito no vestibular e no desempenho no Enem. Melhore o seu desempenho estudando com Apostilas Enem Gratuitas.

Perfil do profissional após a formação 

Após a formação o engenheiro de telecomunicações será capaz de trabalhar com planejamento e desenvolvimento de projetos, além da sua implantação, operação e manutenção, o que significa que ele participa de todo o processo.
Seu perfil compreende uma sólida formação técnico-científica que o torna capaz de absorver e desenvolver novas tecnologias. Possui atuação crítica e criativa, principalmente na resolução de problemas e na busca de novas ideias. Outro ponto marcante no perfil de um engenheiro de telecomunicações é a busca permanente por novas tecnologias e atualização profissional.

E aí, gostou de conhecer a carreira do profissional formado em Engenharia de Telecomunicações? Se essa ainda não é a sua área, então clique aqui e conheça o nosso Guia de Profissões.

Post elaborado por Lidiane Franqui. Redatora freelancer e autora do livro ”O Poder de Cada Um”. Facebook: https://www.facebook.com/lidiane.franqui.3