Exercícios sobre fermentação alcoólica e láctica

Avalie seus conhecimentos de Biologia com a lista de exercícios sobre fermentação alcoólica e láctica. Antes de resolver as questões, confira um resumo sobre o assunto!

A fermentação, assim como a respiração celular e a fotossíntese, é um processo de metabolismo celular. Além disso, sempre cai no Enem e nos vestibulares. Confira nosso resumo e resolva os 10 exercícios sobre fermentação que selecionamos para você!

Resumo sobre fermentação

A fermentação é um processo de obtenção de energia realizado por algumas células. Nele, os seres vivos quebram de maneira incompleta a glicose sem a ajuda de oxigênio. Portanto, é um processo anaeróbio.

Neste processo, em geral, são produzidos apenas dois ATPs. Sendo assim, os subprodutos da fermentação ainda armazenam bastante energia. Existem dois tipos de fermentação: a láctica e a alcoólica.

Fermentação láctica

A fermentação láctica ocorre em duas etapas: a glicólise e a fermentação:

  • Glicólise: nesta etapa ocorre a quebra da glicose. Primeiramente, a glicose vai ser fosforilada e quebrada, gerando duas moléculas de triose fosfato. Para isso, a célula gasta 2 ATPs. Após esse estágio, as moléculas de triose fosfato se convertem em moléculas de piruvato (ou ácido pirúvico). Nesse processo, ocorre a formação de 4 ATPs. Sendo assim, o saldo de energia desse processo é de 2 ATPs.
  • Fermentação: para que ocorra a glicólise, são formadas duas moléculas de NADH2. Como não há oxigênio para receber o hidrogênio presente no NADH2, ele será recolocado nas moléculas de piruvato. Assim, as moléculas de NADH2 voltam a ser NAD+ e entram num novo processo de glicólise. Dessa maneira, ao transferir o hidrogênio para as moléculas de piruvato, a reação irá formar ácido láctico.

Os lactobacilos são exemplos de microrganismos que realizam a fermentação láctica. Neste caso, eles quebram a lactose presente no leite em monossacarídeos através da ação de enzimas, como a lactase. Em seguida, iniciam o processo de fermentação. É esse processo que ocorre na produção de iogurtes, por exemplo.

Fermentação alcoólica

A fermentação alcoólica também ocorre em duas etapas: a glicólise e a fermentação. A diferença é que a segunda etapa forma moléculas de álcool em vez de ácido láctico.

Na fermentação alcoólica, as duas moléculas de piruvato são descarboxiladas, liberando CO2. Isso produz um composto formado por dois carbonos chamado de acetaldeído. Neste caso, o acetaldeído é quem será o aceptor de elétrons das moléculas de NADH2 liberadas durante a glicólise. A partir da ação da enzima álcool desidrogenase, o acetaldeído será reduzido, formando álcool etílico.

O fungo Saccharomyces cerevisiae, por exemplo, é um microrganismo que realiza esse tipo de fermentação. O álcool produzido pelo microrganismo é utilizado na produção de bebidas alcoólicas, como o vinho e a cerveja.

Videoaula

Antes de partir para os exercícios sobre fermentação, confira o trecho do aulão de Biologia em que a professora Juliana fala sobre esse processo:

Exercícios sobre fermentação

Por fim, veja como este assunto cai em questões do Enem e de vestibulares:

.

Diferenças entre fermentação alcoólica e láctica
Diferenças entre fermentação alcoólica e láctica

Ana Cristina Peron

Ana Cristina Peron é formada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. É redatora do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.
Categorias: Simulado Biologia, Simulados Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.