Lista de exercícios sobre Leis de Newton

Lembre quais são as 3 leis de Newton e treine para as questões de Física com 10 exercícios que já caíram no Enem e em vestibulares!

As Leis de Newton estão entre os conteúdos de Física que mais caem no Enem. Confira um resumo rápido sobre a lei a inércia, o princípio da dinâmica e a lei da ação e reação, e, em seguida, teste seus conhecimentos com a lista de exercícios sobre as Leis de Newton!

Resumo sobre as Leis de Newton

As Leis de Newton são conhecidas como princípios basilares da mecânica clássica, que aborda o movimento e suas causas. Elas foram elaboradas pelo cientista Inglês Isaac Newton (1643-1727) na década de 1680.

Antes de vermos cada uma dessas leis, vamos relembrar 3 conceitos importantes da área da dinâmica: a força peso, a força normal e a força de atrito.

A força peso (P) constitui uma força de natureza gravitacional (“matéria atrai matéria”). Por ser uma força, o peso é uma grandeza vetorial, possui módulo, direção e sentido. O seu módulo é sempre calculado pela equação P = m.g, onde:

  • m é a massa do corpo (quantidade de substância que forma o corpo);
  • g é a aceleração da gravidade local.

A força normal, por sua vez, constitui uma força de contato entre o corpo e uma determinada superfície. Somente
haverá força normal quando existir um contato entre corpos ou entre um corpo e uma superfície.

A força de atrito é aquela que se opõe ao deslizamento ou a tendência de deslizamento de um corpo sobre uma determinada superfície. Caso o corpo possua uma tendência de deslizamento, atuará sobre ele o atrito estático, cuja função é evitar que o corpo inicie o deslizamento. Mas, se o corpo se encontrar deslizando, atuará sobre ele o atrito dinâmico ou cinético, cuja função é evitar a continuação do deslizamento.

A relação entre essas forças e o movimento é estruturada a partir das Leis de Newton.

1ª Lei de Newton (Lei da Inércia)

De acordo com a 1ª Lei de Newton, a inércia constitui uma característica natural do corpo em manter a sua velocidade vetorial constante até que uma determinada força atue sobre ele alterando a resultante. Em outras palavras, um corpo mantém o seu módulo, a sua direção e o seu sentido constantes, a não ser que outra força atue sobre ele. Por isso, não há aceleração neste tipo de movimento:

1ª Lei de Newton

2ª Lei de Newton (Princípio Fundamental da Dinâmica)

A 2ª Lei de Newton diz que a força resultante de um determinado corpo é diretamente proporcional à aceleração e aponta na mesma direção dela. Essa lei é expressa na seguinte fórmula:

FR = m . a

Onde:

  • FR = força resultante;
  • m = massa;
  • a = aceleração.

Portanto, diferentemente da lei da inércia, neste caso há aceleração.

2ª Lei - Exercícios sobre Leis de Newton

3ª Lei de Newton (Ação e Reação)

De acordo com a 3ª Lei de Newton, toda ação corresponde a uma reação de mesmo módulo, mesma direção, sentidos contrários e que atuam em corpos diferentes.

3ª Lei - Exercícios sobre Leis de Newton
Observe que nos 3 exemplos há forças de mesmo módulo (T, N e f), mesma direção (vertical e diagonal), e sentidos contrários (baixo/cima, direita/esquerda).

Videoaula

Antes de partir para os exercícios sobre Leis de Newton, confira a videoaula do professor Rossetto. Ele explica cada lei e resolve exemplos de exercícios:

Exercícios sobre Leis de Newton

Por fim, resolva os 10 exercícios sobre Leis de Newton que já caíram no Enem e nos vestibulares:

.

Ana Cristina Peron

Ana Cristina Peron é formada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. É redatora do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.
Categorias: Simulado Física, Simulados Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.