Lista de exercícios sobre o Segundo Reinado

O Segundo Reinado é o período entre 1840 e 1889, quando o Brasil foi governado por Dom Pedro II. Teste seus conhecimentos sobre esse período com exercícios do Enem e vestibulares!

O Segundo Reinado foi um período com várias transformações econômicas e agitações políticas e sociais no Brasil. Por isso, é um assunto que aparece muito no Enem e nos vestibulares. A fim de chegar preparado nas provas, confira nosso resumo e teste seus conhecimentos com os exercícios sobre o Segundo Reinado!

Resumo sobre o Segundo Reinado

Pedro II foi o governante mais novo a estar à frente do Brasil independente e o que por mais tempo governou. Ele chegou ao poder por meio do golpe da maioridade em 1840, quando tinha apenas 14 anos. Seu poder só foi destituído após 49 anos, com a Proclamação da República em 1889.

Dom Pedro II - Segundo Reinado
Dois retratos de D. Pedro II, sendo o primeiro uma pintura quando era mais jovem e o segundo um retrato fotográfico, já na sua velhice. Fontes: http://twixar.me/242n e http://twixar.me/H42n

Durante o Segundo Reinado ocorreram eventos e processos que marcaram a história brasileira. Entre eles estão:

  • Instituição do Parlamentarismo
  • Revoltas liberais
  • Revolta da Praieira
  • Criação da Tarifa Alves Branco
  • Proibição do Tráfico Negreiro
  • Criação da Lei de Terras
  • Guerra do Paraguai
  • Desenvolvimento do ciclo do café
  • Grande fluxo de imigração europeia para o Brasil
  • Abolição da escravidão.

Videoaula sobre o Segundo Reinado

Para relembrar da chegada de Dom Pedro II ao poder e dos primeiros anos de Segundo Reinado, confira a videoaula do professor Felipe:

Em seguida você confere os exercícios sobre Segundo Reinado para saber como esse conteúdo cai nas provas. Depois ainda tem mais um resumo para te ajudar a ter um bom desempenho nas questões!

Exercícios sobre o Segundo Reinado

.

E aí, como foi seu desempenho? Se ainda precisa de um reforço, confira os conteúdos a seguir.

Novas leis do Segundo Reinado

A Tarifa Alves Branco foi instituída no Brasil em 1844. Tratava-se de uma medida protecionista que aumentava a taxação de alguns produtos importados pelo Brasil. Importante pontuar que, naquela época, a maior parte das importações eram inglesas.

O objetivo da Tarifa Alves Branco foi aumentar a arrecadação do governo. Além disso, ela acabou estimulando um pequeno surto de industrialização no Brasil. Foi a chamada Era Mauá.

Os ingleses, no entanto, ficaram descontentes com a medida. Então, em represália, o parlamento inglês aprovou a lei Bill Aberdeen, que determinava a apreensão de navios negreiros no Atlântico. Dessa forma, o Brasil sofreu uma pressão ainda maior para que acabasse com o tráfico negreiro.

Assim, em 1850, o Brasil decretou a Lei Eusébio de Queirós, que determinou o fim do tráfico negreiro no Atlântico. Como consequência, houve a ampliação do comércio interno de pessoas escravizadas acompanhada de uma inflação nos preços. Além disso, as tarifas protecionistas foram revogadas.

Ainda em 1850, houve a regulamentação da propriedade territorial no Brasil com a Lei de Terras. A nova legislação determinava que toda propriedade territorial que não tivesse sido concedida por sesmarias teria que ser comprada do governo.

Até então, vigorava a posse ou ocupação das regiões para o estabelecimento de terrenos. O resultado foi uma vantagem para os grandes proprietários brasileiros que podiam pagar pela terra. Enquanto isso, os pequenos produtores ficaram na ilegalidade.

Por fim, para saber mais sobre as transformações econômicas do Segundo Reinado, confira mais esta aula do professor Felipe:

Bons estudos!

Ana Cristina Peron

Ana Cristina Peron é formada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. É redatora do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.
Categorias: Simulado História, Simulados Enem