Fies – Estudante ganha indenização em processo contra o Fies

Justiça condena FNDE a indenizar universitária de Erechim – RS por danos morais. Estudante ficou dois anos sendo considerada inadimplente por sua instituição enquanto as mensalidades não eram repassadas pelos Fies à universidade

Nem sempre as coisas funcionam como deveriam e, às vezes, a relação entre o Fies e as instituições de ensino superior acaba esbarrando em lentidão burocrática. Nesse caso, o problema acabou respingando em uma estudante que contratou o financiamento estudantil e foi considerada inadimplente por sua universidade enquanto as mensalidades não eram repassadas pelo Fies. A justiça já confirmou a condenação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais à universitária de Erechim, Rio Grande do Sul.

O FNDE recorreu contra a condenação em primeira instância, alegando que o pagamento da graduação está garantido desde o momento da inscrição da estudante no Fies e que os repasses das mensalidades serão feitos de forma retroativa à instituição de ensino superior. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação declarou ainda que a universidade fica proibida de exigir pagamento de matrículas e mensalidades de estudantes que tenham concluído sua inscrição no Fies, fato que é passível de aplicação de penalidade. Para o FNDE, a instituição de ensino foi responsável pelo transtorno causado à universitária.

Dica 1: Fies – Adiado o prazo para a renovação dos contratos – https://blogdoenem.com.br/fies-adiado-prazo-renovacao-contratos/

Já o relator do processo, o desembargador federal Luís Alberto d’Azevedo Aurvalle, entendeu que o pedido de financiamento ficou parado por dois anos devido a entraves burocráticos apresentados pelo FNDE. “A estudante foi sujeitada a aguardar indefinidamente para ver regularizada sua situação e, consequentemente, para utilizar o financiamento que contratou, ficando impedida de regularizar sua situação financeira perante a instituição de ensino superior”.

Para o desembargador, nesse caso ficou comprovado o dano moral, levando-se em conta “o desconforto, o aborrecimento e abalo psíquico causado à autora, inerentes à demora injustificada para solucionar o problema”. A assessoria do FNDE informou à Procuradoria Regional Federal da 4ª Região que já apresentou recurso contra a decisão.

Fonte: Portal Terra – http://noticias.terra.com.br/educacao
 
Dica 2: Fies – Programa atinge a marca de 505 mil contratos em 2013 – Saiba como ele funciona – https://blogdoenem.com.br/fies-505-mil-contratos-em-2013/
Dica 3: Fies, Prouni e Sisu – Saiba como os programas podem atuar em parceria – https://blogdoenem.com.br/prouni-sisu-fies-duvidas/

E falando em recursos, dessa vez em termos de dinheiro, a Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional aprovou no último dia 6, R$ 2,9 bilhões em créditos suplementares para ministérios e órgãos públicos.

A maior parte dos recursos, R$ 1,3 bilhão, foi destinada em um único projeto de lei a gastos dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Educação, do Esporte e ao fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

O Fies e o FNDCT receberão, respectivamente, R$ 109,2 milhões e R$ 1 bilhão. Foram garantidos ainda R$ 127,7 milhões ao Ministério da Educação para investimentos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e na Prova Brasil.

Fonte: Agência Brasil – http://agenciabrasil.ebc.com.br
 

Fies

Confira o Simulado Enem – Clique AQUI.
Confira Como se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio – Clique AQUI.

Agora que você já sabe tudo sobre o Fies, que tal conhecer nossa rede de blogs?

Blog do Fies | Blog do Prouni | Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais.

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem 2013)
Twitter: @RedeEnem | Canal no Youtube: Rede Enem | Google+ : Rede Enem