Física no Enem – Notação Científica – Veja como cai no Enem

Notação científica é a representação adotada pela ciência para apresentar seus dados, números, e é como o Enem e vários vestibulares apresentam os resultados das suas questões quantitativas (de continha), portanto é um ótimo assunto para se estar por dentro!

Para quem já começou a estudar algumas questões de vestibular e do Enem já deve ter visto algumas respostas como essa abaixo. Números escritos dessa forma estão representados pela notação científica..

Dica 1 – Quer saber o que mais pode encontrar no Enem? Confira no link abaixo algumas dicas gerais sobre a física no Enem! https://blogdoenem.com.br/fisica-enem-mais-cai-prova/

Notação científica é uma maneira de representar um dado, medida, através de um número de uma unidade (maior ou igual que 1 e menor que 10) seguido de uma potência de dez, que apresenta a intensidade desse dado

Dica 2 – Aprenda a reconhecer e utilizar a notação científica

Notação Científica

Figura: Dado em notação científica indicando o número e a potência de dez.

A notação científica é um meio comum de representar dados em questões e principalmente, nas alternativas que apontam as soluções, portanto, é fundamental ter um conhecimento dessa representação para ter conseguir acertar o maior número possível de questões de física. No vídeo abaixo você encontra como representar qualquer número através da notação científica e as regras para tanto.

Dica 3 – Para utilizar a notação científica com mais tranquilidade é bom relembrar algumas propriedades de potenciação, aplicadas principalmente a potência de dez.

Representar um número em notação científica é muito útil, e em vários casos já resolve o problema de encontrar a resposta correta após realizar os cálculos, mas infelizmente, várias questões são muito difíceis de serem resolvidas no tempo normal de prova sem o uso da notação científica.

ACREDITEM, o uso de notação científica para resolver questões parece difícil no começo, mas vai se tornando mais fácil com o hábito e, com um pouco de prática, se torna mais simples do que através da representação usual. Para isso devemos relembrar algumas propriedades de potenciação e através delas fica fácil resolver diversas questões.

As propriedades que julgo serem mais importantes se encontram logo abaixo, mas você pode encontrar mais material no link e vídeo que se encontram logo após:

Notação Científica

Link – http://www.mundoeducacao.com/matematica/propriedades-das-potencias.htm

Dica 4 – Escreva a conta de uma maneira que simplifique sua resolução.

Em contas bem extensas, cheias de números e potências, uma boa dica é organizar a conta, deixando todos os números mais à esquerda e as potências mais à direita, o que é possível graças a propriedades da multiplicação (a ordem dos fatores não altera o produto). Veja o exemplo abaixo:

Exemplo: Um cálculo qualquer, muito parecido com aqueles trabalhados no conteúdo de Lei de Coulomb do ensino médio. Qual de ser a força (F) entre duas cargas, sendo Q = 4,5×10-5 C e q = 2,0×10-7 C, dispostas no vácuo (K=9,0×109) a uma distância de 3 milímetros (d) uma da outra?

Notação Científica

que após resolver a parte da multiplicação e divisão dos números e aplicar as propriedades das potências, podemos finalmente aplicar a última propriedade chegando em:

Notação Científica

Dica 5 – Dificuldades na hora de transformar centímetros, milímetros entre outras medidas na hora de realizar algum cálculo? Preste atenção na dica que temos a seguir!

 Em diversos casos quando estamos lendo uma questão nos deparamos com medidas um pouco diferentes, como o centímetro, milímetro, micro ampères, enfim, geralmente uma medida conhecida pelo S.I. e uma certa palavra que muitas vezes não nos faz sentido, mas na verdade, possui um sim. Esses prefixos, como o “cent” na verdade dão intensidade a medida, por exemplo, centímetro é uma parte em 100 de um metro, centavo é uma parte em cem de um metro, ou seja, cent é um prefixo que tem intensidade 1/100 ou 10-2.

É prático usar essa dica para transformar medidas imediatamente para o sistema internacional, para tanto, utilize a tabela abaixo:

Tabela: Identificação de alguns prefixos comuns de medidas.

Potência de dez Letra correspondente Potência de dez Letra correspondente
10-12 p (pico) 1012 T (tera)
10-9 n (nano) 109 G (giga)
10-6 μ (micro) 106 M (mega)
10-3 m (mili) 103 K (quilo)

Exemplo: Na questão anterior tivemos que representar os 3,0 milímetros em notação científica, o que pode ser complicado através de contas, mas que utilizando a tabela acima é bem simples, veja:

Notação Científica

 A princípio parece mais complicado do que o procedimento que estamos acostumados (transformar 2mm em metro, 0,002m e depois realizar o cálculo) mas com prática, as contas envolvidas são mais simples e os erros menos recorrentes.

Não se lembra do que são medidas, ou o que é o S.I.? Temos uma página que podem te ajudar a relembrar esses conceitos, acesse no link abaixo!

Link – https://blogdoenem.com.br/fisica-sistemas-medidas-enem/

Dica 6 – Estude também com nossas Apostilas Grátis, procure a matéria que você quer estudar, é gratuita!  https://blogdoenem.com.br/apostilas-gratis/
Max - Fìsica
Os textos e exemplos de apresentação desta revisão sobre foram preparados pelo professor Max Montagnoli Steiner para o Blog do Enem. Max tem curso técnico em eletrônica pela escola técnica Tupy e é formado em física pela UFSC, atualmente leciona pelo estado de Santa Catarina. Facebook:
https://www.facebook.com/max.montagnolisteiner.1 .