Gramática – Casos especiais de Concordância Verbal

Veja como se faz a Concordância Verbal como os sujeitos: alguns de, poucos de, muitos de, quais de, quantos de. Vamos estudar gramática?

Às vezes ficamos confusos com algumas expressões que funcionam como sujeito de uma oração e que não sabemos se fazemos a Concordância em singular ou plural. A dúvida geralmente está relacionada ao seguinte raciocínio: devo concordar o verbo com o pronome pessoal, com o indefinido ou com o interrogativo? Pesquisamos sobre Concordância Verbal no site Brasil Escola, disponível no link http://www.brasilescola.com/gramatica/sujeito-alguns-poucos-muitos-quais-quantos-de.htm, e achamos os exemplos abaixo:

Algumas vezes encontramos o sujeito representado pelas expressões: Alguns de, poucos de, muitos de, quais de, quantos de.
Observe:
a) Alguns de nós ouviram a música.
b) Poucos de vós viestes a minha casa.
c) Muitos de nós conhecemos a Deus.
d) Qual de nós irá?
e) Quantos de nós devemos ir?

Pode parecer estranho para alguns as orações acima, mas todas estão corretas de acordo com a norma culta. Isso se deve porque quando o papel de sujeito é exercido por tais expressões, tanto se pode concordar o verbo com o pronome interrogativo (qual, quais, quantos), quanto com o indefinido (alguns, poucos). E não para por aí! A concordância também pode ser feita com o pronome pessoal (nós, vós, vocês).

Veja mais exemplos:
a) Qual de vós me deixará ir?
b) Quais de vós me deixarão ir?
c) Alguns de vocês poderiam buscar a mesa?
d) Poucos de nós gostamos de ficar até tarde na rua!

Observe que os verbos ou estão concordando com os pronomes pessoais ou com os indefinidos nas letras b, c e d. Já na letra “a”, a concordância foi feita com o pronome interrogativo “qual” e, por esse motivo, ficou no singular: deixará!
Lembre-se de que dizer: Alguns de vocês poderia buscar o vídeo ou Muitos de nós irá ao cinema hoje como combinado, está errado! Pois o verbo não está concordando nem com os pronomes indefinidos (alguns, muitos), nem com os pronomes pessoais (vocês, nós).

Corriqueiramente, estranhamos alguns aspectos propostos pela gramática normativa do português, por nos desviarmos dessas normas na língua oral. Mas os estudantes que vão prestar o Enem e os vestibulares devem ter total domínio da Língua Portuguesa, fique atento!

Dica 1: Redação – Saiba como usar a Vírgula corretamente nesta Aula Grátis – https://blogdoenem.com.br/redacao-virgula-aula-gratis/
Dica 2: Literatura: Revisão sobre a vida e a obra de Machado de Assis – https://blogdoenem.com.br/literatura-revisao-machado-de-assis/
Dica 3: Literatura – Figuras de Linguagem: revise o conteúdo com Aula Grátis – https://blogdoenem.com.br/literatura-figuras-linguagem-revise-conteudo-aula-gratis/

Este post foi elaborado por Amanda Nascimento. Ela é formada em jornalismo pela Unisul. Atualmente é acadêmica do curso de Letras – Português e Literaturas, na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, editora de revistas, e colaboradora do Blog do Enem. Amanda está aqui no Facebook: https://www.facebook.com/amanda.nascimento.9066 .

Gramática Enem

Agora que você já sabe tudo sobre Gramática e Concordância Verbal, que tal conhecer nossa rede de blogs?

Blog do Fies | Blog do Prouni | Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais.

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem)
Twitter: @RedeEnem | Canal no Youtube: Rede Enem | Google+ : Rede Enem