Faltam:
para o ENEM

Renascimento e Humanismo – História sobre as artes e ciências deste período.

Chegou a hora de você relembrar o conteúdo sobre Renascimento e Humanismo. Fique ligado nos renascentistas Leonardo da Vinci e William Shakespeare! Cai no Enem e nos vestibulares.

Você pode até nunca ter estudado o Renascimento e o Humanismo. Mas, com certeza você já ouviu falar de Leonardo da Vinci e de sua pintura mais famosa do mundo, a Mona Lisa, ou já leu Romeu e Julieta de William Shakespeare. Pois é, Leonardo e William foram renascentistas.  

Vamos então saber o que foi o Renascimento e o Humanismo?

O Renascimento foi um movimento cultural que surgiu nas ricas e movimentadas cidades comerciais da península Itálica e se propagou por várias regiões da Europa, a partir do século XIV.

Leonardo da Vinci é um dos ícones do Renascimento. O quadro da Mona Lisa, criado por ele, é a pintura que marca o período.

Da Vinci marcou também pelos estudos de antropometria, e também consolidou o estudo da época sobre as proporções do corpo humano, com o desenho do homem vitruviano (abaixo).

renascimento humanismo

Foram os próprios renascentistas que denominaram a sua época de Renascimento. Mas porque Renascimento? Para os renascentistas a produção cultural havia desaparecido durante a Idade Média e ao valorizar as obras de gregos e romanos, eles acreditavam que a cultura renasceria, daí o nome de Renascimento.

Fique ligado! Os renascentistas não copiaram a cultura grego-romana, mas a utilizaram como um modelo para alimentar o seu novo interesse pela vida terrena, nem tão pouco, deixaram de produzir obras com temas religiosos, mas conferiram a estas humanidade.

Dica 1 – Você acha difícil memorizar tudo que aprende? O Blog do Enem pode te ajudar! Acesse o link e descubra quais as dicas para você memorizar o que estudou. http://www.alunosonline.com.br/portugues/dicas-para-voce-memorizar-o-que-estuda.html

Características do Renascimento:

Antropocentrismo: o homem no centro das atenções.

Racionalismo: a razão é tão importante quanto a fé.

Individualismo: valorização da capacidade individual, da arte e do talento de cada pessoa.

Hedonismo: visão na qual o corpo é fonte de beleza e de prazer.

Uma nova visão do tempo: o tempo pertence ao homem e este pode usá-lo em benefício próprio.

Ficou confuso? Então, assista agora a uma aula em vídeo sobre o tema do Renascimento e do Humanismo com o professor Renant Araújo Morais, do Sistema de Ensino CNEC.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=UejPwf9zmsg]

Neste ambiente de renovação de ideias surgiu o Humanismo, um movimento intelectual do Renascimento. Os humanistas queriam melhorar o ensino universitário através de estudos baseados na razão, no cálculo e na experiência. Mais tarde, humanista passou a designar todas aquelas pessoas que desejavam criar uma nova cultura centrada no ser humano.

Os pintores e escultores do Renascimento introduziram inovações que marcaram a arte de sua época. Vamos ver quais foram elas?

  • Realismo: o esforço em retratar a figura humana e as paisagens exatamente como elas eram.
  • Domínio da Perspectiva: técnica que transmite a sensação de profundidade.
  • Autorretrato: o artista passou a pintar a si próprio.

Entre os pintores renascentistas temos: Giotto, Sandro Botticelli, Leonardo da Vinci, Rafael de Sanzio e Michelangelo Buonarroti.

Observe a imagem abaixo e perceba como a anatomia humana foi evidenciada. O Renascimento contrastou com a cultura medieval exatamente por mostrar o humano em toda a sua forma e grandeza. É um realismo que impressiona e choca ao mesmo tempo!

renascimento humanismo
Pietá de Michelangelo Buonarroti. Escultura de mármore, 1,74 m de altura.
Fonte: MOCELLIN, Renato; CAMARGO, Rosiane de. Perspectiva Histórica, 7. 2. ed. São Paulo: Editora do Brasil, 2012. p. 66-67.
Dica 2 – Quer saber um pouco mais sobre o contraste entre a cultura medieval e a cultura renascentista? É só acessar o link abaixo e tirar todas as suas dúvidas: https://blogdoenem.com.br/historia-enem-cultura/

Os conceitos do Renascimento e do Humanismo propagaram-se na política, arquitetura, literatura, filosofia e ciência, influenciando a maneira como as pessoas viam o mundo e o homem.

Exercício – Agora teste seu conhecimento. Responda a esta questão de vestibular que o blog do Enem preparou para você!

(FGV-SP)

“Que obra prima é o homem! Como é nobre em sua razão! Como é infinito em faculdades! Em forma e movimentos, como é expressivo e maravilhoso! Nas ações, como se parece com um anjo! Na inteligência, como se parece com um deus! A maravilha do mundo! O padrão de todos os seres criados!”

(SHAKESPEARE, William. Hamlet. São Paulo: Martin Claret, 2002. p. 47.)

Nesse trecho do Hamlet de William Shakespeare podemos identificar algumas características:

a (  ) Do Catolicismo, com a afirmação da arte como um ofício religioso.

b (  ) Do Protestantismo, com a perspectiva da infalibilidade dos textos bíblicos.

c (  ) Do Renascimento, com a valorização do homem como o centro ou a medida do Universo.

d (  ) Do Hedonismo, com a identificação da beleza como uma manifestação do espírito divino.

e (  ) Do Teocentrismo, com a negação da influência do classicismo greco-romano.

Resposta: A alternativa correta é a letra “c”.

Carla Regina História
O texto desta aula foi preparado pela professora Carla Regina da Silva para o Blog do Enem. Carla é formada em licenciatura e bacharelado em História pela UFSC. https://www.facebook.com/carla.regina.779.