Literatura no Enem: 5 movimentos para estudar

Saiba quais são os movimentos mais cobrados nas provas de Literatura no Enem, bem como as características e autores que representam cada um, para reforçar a sua preparação para o exame.

Considerada uma disciplina-chave, a Literatura no Enem não se restringe apenas à memorização de obras e autores, mas exige uma compreensão profunda dos movimentos que moldaram a história da arte escrita. 

Nesse contexto, cinco temas são frequentemente abordados nas questões do exame, cada um com características distintas e influências marcantes.

Por isso, hoje vamos explorar detalhadamente cada um desses movimentos, fornecendo insights valiosos para você gabaritar na prova! 

Literatura no Enem: importância da prova

A literatura desempenha um papel fundamental no Exame Nacional do Ensino Médio, refletindo não apenas a relevância cultural e educacional da disciplina, mas também sua importância no contexto mais amplo da formação integral dos estudantes. 

Por meio das questões, o Enem busca avaliar o conhecimento dos candidatos sobre obras literárias e desenvolver habilidades críticas, interpretativas e analíticas essenciais para sua formação como cidadãos críticos e reflexivos.

Além de proporcionar uma compreensão mais profunda das obras e autores clássicos e contemporâneos, a literatura no Enem permite que os estudantes explorem questões sociais, históricas e culturais presentes nas narrativas literárias. 

Ao analisar e interpretar textos literários, os candidatos são desafiados a refletir sobre temas como identidade, poder, injustiça social, gênero, entre outros, promovendo uma consciência mais ampla sobre a diversidade de experiências humanas e perspectivas.

Essa abordagem interdisciplinar e contextualizada contribui para o enriquecimento do repertório cultural dos candidatos e também para o desenvolvimento de habilidades essenciais para sua participação ativa na sociedade contemporânea

Baixe as provas anteriores do Enem

Se você vai fazer o Enem 2024, é interessante conhecer o formato das provas, concorda?

Baixe as provas de todas as edições, com os gabaritos, para verificar a estrutura, como as questões são apresentadas e como cada conteúdo é abordado. 

Assim, fica muito mais fácil direcionar os seus estudos! 

Leia também: Como organizar a sua rotina de estudos no Ensino Médio?

5 conteúdos que mais caem em Literatura no Enem

Confira agora quais foram os cinco temas mais cobrados nas últimas provas de Literatura no Enem e como estudar cada um dos movimentos. 

Romantismo

O Romantismo surge como uma reação ao racionalismo do Iluminismo e à estética clássica, buscando explorar as emoções, a imaginação e a subjetividade. 

No Brasil, o movimento romântico teve seu auge no século XIX, refletindo as aspirações de liberdade e nacionalismo da época, que acompanhavam o processo de formação do país. 

Autores representativos desse período incluem José de Alencar, conhecido por obras como “Iracema” e “Senhora”, Gonçalves Dias, autor de “Canção do Exílio”, e Álvares de Azevedo, que escreveu “Noite na Taverna”. 

No Enem, as questões sobre o Romantismo podem abordar tanto aspectos literários quanto históricos. Portanto, os estudantes são desafiados a identificar características como a valorização das emoções e da subjetividade, a exaltação da natureza, a idealização do amor e a representação do herói nacional.

Realismo

O Realismo surge como uma reação ao idealismo romântico, buscando retratar a realidade de forma mais objetiva e crítica. 

Este movimento, que se desenvolveu principalmente durante a segunda metade do século XIX, enfoca a representação fiel da sociedade e dos conflitos humanos, sem idealizações. 

Autores como Machado de Assis, conhecido por obras como “Dom Casmurro” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, e Eça de Queirós, autor de “O Crime do Padre Amaro” e “Os Maias”, são representantes importantes do movimento. 

No Enem, as questões sobre o Realismo podem explorar temas como a crítica social, o retrato da vida cotidiana, a análise psicológica dos personagens e a denúncia das injustiças sociais.

Modernismo

O Modernismo surge como um movimento de ruptura com as formas literárias tradicionais, introduzindo novas técnicas narrativas e uma abordagem mais experimental da linguagem. 

No Brasil, teve seu marco inicial com a Semana de Arte Moderna de 1922. Autores como Mário de Andrade, autor de “Macunaíma”, Oswald de Andrade, conhecido por “Memórias Sentimentais de João Miramar” e “Manifesto Antropófago”, e Clarice Lispector, autora de “A Hora da Estrela”, são exemplos marcantes do Modernismo brasileiro. 

No Enem, as questões podem abordar temas como a valorização da cultura nacional, a diversidade cultural brasileira, a crítica aos padrões estéticos vigentes e a busca por uma identidade nacional autêntica.

Vanguardas Europeias

As Vanguardas Europeias representam um conjunto de movimentos artísticos e literários que surgiram no início do século XX, buscando romper com as tradições estéticas e experimentar novas formas de expressão. 

Entre esses movimentos estão o Futurismo, o Expressionismo, o Cubismo, o Surrealismo, entre outros. 

Autores como Guillaume Apollinaire, representante do Surrealismo com obras como “Alcoóis”, e Franz Kafka, conhecido pelo Expressionismo em “A Metamorfose”, são exemplos significativos desse período.

No Enem, as questões sobre as Vanguardas Europeias podem explorar temas como a ruptura com a tradição, a experimentação formal, a subjetividade e a reflexão sobre a condição humana. 

É preciso, portanto, compreender como esses movimentos influenciaram a produção literária e artística do século XX, bem como a identificar suas características distintivas em textos literários.

Literatura Contemporânea

A Literatura Contemporânea abrange um período amplo e diversificado, marcado pela pluralidade de vozes, estilos e temas. 

Autores como Chimamanda Ngozi Adichie, conhecida por “Americanah”, Haruki Murakami, autor de “1Q84”, e Elena Ferrante, autora da tetralogia “A Amiga Genial”, representam diferentes vertentes da literatura contemporânea. 

No Enem, as questões exploram temas atuais e relevantes, como as transformações sociais, as questões identitárias, os desafios da vida urbana, entre outros. Daí a necessidade de refletir sobre as diferentes manifestações da literatura contemporânea e compreender seu papel na sociedade.

Viu como encontramos uma videoaula incrível sobre cada um dos temas mais importantes para a prova de Literatura no Enem? 

Tudo isso e muito mais está à sua disposição, e de graça, no Curso Enem Gratuito, uma plataforma completa para acelerar a sua preparação para o exame. 

Para ter acesso, é bem fácil: você se cadastra, escolhe o plano de estudos e pronto! Começa a estudar com excelentes professores e um cronograma organizado de forma a contemplar todas as disciplinas e os assuntos mais cobrados nas provas. 

Bora estudar com a gente? 

Melina Zanotto

Melina Zanotto é Jornalista, formada pela Universidade de Caxias do Sul em 2007. De lá para cá, sempre atuou com conteúdo digital em seus mais diversos formatos. Hoje, é redatora da Rede Enem, produzindo textos para o Blog do Enem e Curso Enem Gratuito.
Categorias: Cai no Enem, Curso Enem Gratuito, Dicas de Estudo, Enem, Ensino Médio, Literatura
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Sisugapixel

Sisugapixel