Como melhorar a memória e o aprendizado para o Enem e para os vestibulares

Eu sei que nesse momento você está cheio de conteúdo para aprender, memorizar e absorver. E, também sei que às vezes parece que aquele algo novo que você precisa aprender, mas que “não entra” de jeito nenhum na memória.

Você sabia que pode render muita mais do que você pensa? É que talvez você ainda não saiba que o aprendizado tem fases, estágios. É isso mesmo, aprender exige estágios. E vou te explicar rapidamente sobre essas fases. Porque, se você souber disso, você terá mais tranquilidade nos estudos, saberá em que estágio você está e perceberá que sim, você está aprendendo! Vem comigo e aprenda a melhorar a memoria!

Conhece os 5 estágios de aprendizagem

  1. Incompetência Inconsciente: Nesse estágio estamos alegres por não saber o que não sabemos e abertos a aprender. Talvez você queira aprender a dirigir, e fique contente por não saber e ter a oportunidade de aprender, não é mesmo? Isso pode acontecer quando sabemos que alguma matéria é importante para o Enem ou Vestibular, e estamos abertos para aprendê-la. Temos consciência de que ainda não sabemos.
  2. Incompetência Consciente: É quando começa a aprender aquela matéria e percebe que não é tão fácil quanto parecia. Muitas vezes a empolgação vai embora. Aí é momento de se esforçar e Lembrar o “PORQUÊ” de  você se esforçar para aprender isso: qual é o seu objetivo final?
  3. Competência consciente: É quando você começa a aprender, sabe que tem capacidade de aprender aquilo, mas ainda precisa de mais estudo para que o conteúdo flua da sua mente para a execução dos exercícios, não é?
  4. Competência Inconsciente: Nesse estágio você já consegue fazer os exercícios e tem domínio sobre a matéria. Agora está fácil!
  5. Maestria: Nessa fase você tem alto domínio do conteúdo e possui grande habilidade na teoria e na prática (consegue responder perguntas). Consegue inclusive ensinar com excelência para os outros.

Pare agora por alguns minutos e pense em qual estágio de aprendizagem você está nas matérias que está estudando? E, lembre-se: com dedicação você gera competência suficiente para realizar uma ótima prova e, claro, consegue melhorar a memória.

Aproveite o vídeo de 3min 27s com dicas de memorização do dicahoje.com/manual:

Agora, vamos às estratégias para melhorar  a memória e o seu processo de aprendizagem:

Estratégia A: Dopamina do Sucesso

– O que você se diverte fazendo?

Quando aprendemos algo novo fazemos novas conexões neurais e esse novo promove a liberação de Dopamina. A dopamina promove uma excitação no organismo que resulta em prazer, recompensa, memória e atenção. Isso quer dizer que quando você se diverte aprendendo algo novo, aquilo vai gerar prazer. Esse mudança vai fazer com que você aumente seu grau de atenção e memória naquele conteúdo e sinta-se recompensado ao estudar! Por isso, essa substancia é muitas vezes chamada de dopamina do sucesso. É esse processo que vai aumentar a sua produtividade nos estudos, melhorar a memória seu aprendizado.

Então, pare por 1 minuto e questione a si mesmo: como você pode fazer para que o seu momento de estudo seja divertido? O que te atrai na matéria que você vai estudar? Onde mais em sua vida esse conteúdo será necessário? Dominar essa matéria vai te ajudar a chegar aonde? Talvez, simplesmente a recompensa seja  você conquistando uma alta nota no Enem ou no Vestibular. Essa recompensa já será suficiente para que a vontade de aprender venha! Vamos começar a colocar um pouco de alegria em seu plano de estudo?

Dica 1: Veja como começar seu estudo com uma postura positiva. Clique aqui e foque em sua aprovação!

Memória Aprendizado EnemEstratégia B: Faça associações        

Além disso, você pode memorizar com mais facilidade criando siglas, fazendo rimas, associando com partes do corpo, formas, ou mesmo situações engraçadas que você viveu. Afinal, quanto mais você associar informações à  vivencias suas mais fácil será a memorização.

Isso ocorre porque memorizamos o que faz sentido para nós, o que gera emoção e cria cenários em nossa mente. Uma informação solta exige muito mais energia para ser memorizada. Então associe o que você está aprendendo a situações que você viveu ou até mesmo o que está vivendo. As próprias associações que você e seus colegas criam e que, muitas vezes, podem parecer bobagem melhorar a memória!

Estratégia C: Memorização

O ideal é sempre APRENDER, ou seja, entender realmente o conteúdo que você está estudando, porém datas, fórmulas, nomes, são alguns exemplos de fatores que exigem maior memorização. Você vai aprender uma técnica muito simples e poderosa! Vamos aprender agora, na prática:

C-1. Escolha uma frase, data ou fórmula.

C-2. Agora, feche os olhos e veja essa frase, data ou fórmula em sua frente. Tire uma foto dela em sua memória. Observe se você prefere que essa foto fique maior ou menor, mais iluminada ou menos… Faça os testes…

Se você quiser aumentar as letras ou diminuí-las, mudar a cor… você pode…O importante é deixar essa “foto” atrativa. Repita mentalmente esta ‘fotografia’.

C-3. Depois de deixar essa  fotos do jeito que você quer, experimente visualizar cada uma delas mais pelo menos cinco vezes. Abra os olhos e escreva no seu caderno a frase, a data ou a fórmula. Veja se ficou mais fácil de lembrar. Faça o teste!

Minha dica principal é: estude e pratique as dicas. Você verá as diferença.

Dica 2: Para tudo dar certo, é importante executar seu Planejamento. Então, veja as 5 dicas que vão ajudar você a colocar seu estudo em prática:

Até a próxima!

Caroline Nunes - Enem
Este post foi escrito por Caroline Nunes. Ela é formada em Naturologia pela UNISUL e em Coaching, PNL e Consultoria de Projetos de Vida com certificações Internacionais. Ministra Workshops de Planejamento e organização de tempo e treinamentos voltados para desenvolvimento humano. Caroline está no facebook: https://www.facebook.com/caroline.c.nunes.3