O Ciclo da Água – Revisão de Biologia e Geografia no Enem

Vem com a gente e revise o ciclo biogeoquímico da água! Arrase nas questões de Ciências da Natureza do Enem!

Em tempos de crise hídrica, é impossível não saber que a água não só é essencial para os seres vivos, como também para a economia do nosso país. Componente essencial das células, a água também é vital para a produção de energia elétrica no Brasil. A falta dela tem nos afetado de diferentes maneiras. Por tais motivos, entender como a água  circula e se transforma no meio ambiente é crucial para compreendermos sua importância para os seres vivos e para a realização das atividades humanas. Você conhece o ciclobiogeoquímico da água?? Não? Então revise com a gente e arrase nas questões de Ciências da natureza do Enem e dos vestibulares!

Você já está cansado (a) de saber que a água é essencial à vida. Não conhecemos forma de vida que não necessite de água para sobreviver. No ambiente, essa substância se transforma, muda de estado físico, entra e sai dos seres vivos.Aágua presente na forma líquida na superfície da terra evapora (esta evaporação pode ser influenciada pela área exposta, pelo vento e pelas temperaturas) e, na forma de vapor, chega à atmosfera. Por conta de correntes de convecção, esse vapor de água atinge as camadas mais altas da atmosfera, onde a temperatura é muito mais baixa. Isso faz com que a água se condense, tornando-se líquida novamente. As minúsculas gotinhas de água formadas se juntam umas às outras formando nuvens e posteriormente precipitam, formando a chuva, que retorna a água líquida à superfície terrestre. Esta água volta aos oceanos, lagos e rios. Outra parte penetra no solo umidificando-o. Uma outra parcela da água ainda penetra no solo e acaba se infiltrando por entre os sedimentos, acumulando-se sobre a rocha sã, formando reservatórios subterrâneos – os lençóis freáticos(fontes de água essenciais no mundo moderno). Os seres vivos absorvem e ingerem água constantemente. Após utilizarem em seu metabolismo o excesso de água é eliminado através da respiração, excreção e, principalmente, através da transpiração. A água participa de vários processos dentro dos seres vivos. Na fotossíntese, por exemplo, os átomos de hidrogênio da água são incorporados às moléculas orgânicas produzidas pelos autótrofos. Estes mesmos átomos serão adquiridos pelos consumidores ao longo da cadeia alimentar e, posteriormente, pelos decompositores. As plantas liberam água principalmente através da transpiração (também chamada de evapotranspiração). Esse processo de eliminação de água é essencial, não só para resfriar o organismo da planta, mas também para auxiliar no transporte de seiva bruta da raiz até as folhas. Já os animais eliminam água através da vaporização na respiração, eliminação de urina, suor  e também juntamente com as fezes.

O Ciclo da Água

Dica 1: Que tal revisar também o papel da água dentro dos seres vivos? Então veja este super post com dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos e videoaula do professor Paulo Jubilut.

Formação de granizo e neve

O granizo e a neve são precipitações sólidas. Em nosso país, a neve é fenômeno raríssimo, ocorrendo apenas na regiões serranas dos estados do sul do Brasil. A neve, ocorre por conta das baixas temperaturas, tanto as regiões mais altas das atmosfera quanto (e principalmente) próximo ao solo. Neste fenômeno, a água que evapora congela-se nas nuvens, precipitando-se na forma sólida. O granizo, um pouco mais frequente, pode ocorrer em qualquer região do nosso país, com maior frequência nas regiões mais próximas à linha do Equador. Quando a água evapora, normalmente ela se eleva pouco na atmosfera e logo se condensa, formando nuvens que darão origem à chuva. Porém, em dias muito quentes, pode ocorrer grande evaporação de água que criará massas de ar que se elevam na atmosfera formando grandes nuvens, chamada de cumulonimbus (que possuem grande altura, algumas com até 25 km da base ao topo). Dentro das cumulonimbus, há grandes correntes de convecção, que levam as partículas de água para baixo e para cima, onde as temperaturas são mais baixas. Quando atingem altas altitude, as gotinhas de água congelam. Esse processo ocorre várias vezes e, com isso, as pedrinhas de gelo vão agregando umidade e aumentando de tamanho. Quando atingem determinada massa, caem, formando as chuvas de granizo.

Formação do Granizo

Dica 2: Revise também as propriedades físico-químicas da água com resumo e dicas selecionadas pela professor Munique Dias.

Crise mundial de abastecimento de água

O nosso planeta possui aproximadamente 70% de sua superfície coberta de água, porém, apenas 1% da água é doce. Mesmo que pareça uma porcentagem muito pequena, estamos falando de mais de 8.475.200 km3 de água em rios, lagos e lençóis freáticos. Para você ter uma ideia, apenas 1km3 de água poderia encher 1 milhão de piscinas olímpicas. Assim, parece bastante, não é mesmo? Por isso mesmo, acabamos utilizando a  água de maneira extremamente leviana. O Brasil e o mundo têm enfrentado graves crises de acesso à água. A ONU estima que até 2025 dois terços da população humana encontrará dificuldades de acesso à água. O primeiro paradigma em relação ao problema de acesso à água é a poluição constante dos mananciais. Outro problema que enfrentamos é a superpopulação humana, principalmente próximo aos grandes centros. A região metropolitana de São Paulo este ano está sofrendo com a longa estiagem e com a falta de planejamento na distribuição de água. Estes problemas levaram ao desabastecimento da cidade e, consequentemente a uma grande crise energética em nosso país, visto que boa parte da energia em nosso país vem de hidrelétricas. Além disso, as mudanças climáticas têm alterado o regime de chuvas e a umidade relativa do ar. Segundo expectativas mais realistas, a crise de água ainda tem solução. O primeiro passo é expandir a coleta e tratamento de esgotos e outros efluentes, evitando assim a poluição dos mananciais. Evitar o desmatamento e degradação das matas ciliares, principalmente junto às nascentes. Planejar melhor as redes de tratamento e distribuição da água. E, talvez o mais importante: criar novos hábitos na população, valorizando esse indispensável recurso natural.

Dica 3: O problema de água no Brasil pode ser tema da sua Redação no Enem! Veja neste super post como o tema pode ser abordado.

Agora que você já sabe tudo sobre o ciclo da água, que tal ver uma videoaula para finalizar sua revisão? Veja este vídeo do canal “Me Salva”:

E aí, curtiu o vídeo? Beleza! Então, que tal testar seus conhecimentos?

01 – (FAMECA SP/2013)  

O uso racional da água é necessário para o correto aproveitamento desse recurso cada vez mais escasso. Em função da enorme escassez existente em diversas regiões e da necessidade de sobrevivência humana, é comum a utilização da água, sem qualquer tratamento adequado e muito longe do ideal, para diversos fins domésticos.

Tendo em vista tanto a economia de água tratada, clorada e fluoretada pelas companhias de abastecimento, como, principalmente, a saúde humana, a água da chuva pode ser utilizada diretamente e sem riscos para

a) a rega de plantas, a descarga de dejetos e o consumo.
b) o consumo, a lavagem de quintais e a escovação dentária.
c) o banho, a lavagem de roupas e a descarga de dejetos.
d) a lavagem de quintais, a escovação dentária e o banho.
e) a lavagem de roupas, a descarga de dejetos e a rega de plantas.

Gab: E

TEXTO: 1 – Comum à questão: 2

Centrifugadores quadrúpedes

Quando está molhado e sente frio, um animal precisa se secar o mais rápido possível para evitar uma hipotermia e, até mesmo, a morte. Isso se aplica principalmente a animais de pequeno porte que, em relação ao seu tamanho, absorvem grande quantidade de água. Um ser humano sustenta cerca de 500 g de água logo após o banho; um camundongo molhado pela chuva carrega metade de sua massa corporal em água, e uma formiga, três vezes a sua própria massa. Um cão de 27 kg, com 500 g de água em seu pelo, precisaria gastar 20% de seu consumo calórico diário para se secar naturalmente ao ar livre.

(Revista Geo, n. 28, p. 15)

02 – (PUCCamp/SP/2012)  

A chuva decorre da mudança de estado físico da água denominada condensação. Outras mudanças de estado físico que ocorrem com o mesmo fluxo de energia são:

a) fusão e vaporização.
b) fusão e sublimação.
c) fusão e solidificação.
d) solidificação e vaporização.
e) solidificação e ressublimação.

Gab: E

TEXTO: 2 – Comum à questão: 3

Ciclo da Água - Chuva

Disponível em: <www1.folha.uol.com.br/ciencia/1082301-mudanca-climatica-acelera-ciclo-da-chuva.shtml>.
Acesso em: 29 abr. 2012.

03 – (FM Petrópolis RJ/2013)  

Durante o processo de evaporação da água, ocorre a diminuição da temperatura do ar, embora isso não seja suficiente para restaurar a temperatura atmosférica superaquecida.

A evaporação da água promove isso, pois o calor latente de

a) fusão promove a mudança para a fase líquida, numa reação exotérmica.
b) vaporização promove a mudança para a fase sólida, numa reação exotérmica.
c) solidificação promove a mudança para a fase sólida, numa reação endotérmica.
d) ebulição promove a mudança para a fase gasosa, numa reação endotérmica.
e) liquefação promove a mudança para a fase gasosa, numa reação exotérmica.

Gab: D

TEXTO: 3 – Comum à questão: 4

Por que cooperação pela água?

Dia mundial da Água

A água é essencial para a vida no planeta e para o desenvolvimento socioeconômico, porém é um recurso limitado e distribuído de maneira desigual no tempo e no espaço.

Por isso, foi criada a campanha “Water Cooperation 2013”, que abrange o Ano Internacional de Cooperação pela Água e o Dia Mundial da Água 2013.

Essa campanha visa sensibilizar a sociedade sobre os potenciais da cooperação pela água e seus desafios e facilitar o diálogo entre os atores, promovendo soluções inovadoras que favoreçam a cooperação pela água.

(ambiente.sp.gov.br/acontece/2013-ano-internacional-de-cooperacao-pela-agua/ Acesso em: 04.04.2013. Adaptado)

04 – (FATEC SP/2013)  

A demanda pela água tem crescido para satisfazer os mais diversos tipos de necessidades humanas. Sobre a água e seu uso, é correto afirmar que

a) a constante irrigação promove a dessalinização do solo, pois o uso da água de rios aumenta a evaporação dos sais existentes no solo.
b) a rápida urbanização e as mudanças climáticas aliviam a pressão por esse recurso e fazem a distribuição ocorrer de maneira igual no tempo e no espaço.
c) o Aquífero Guarani, que fica exclusivamente em território brasileiro, tem capacidade plena para abastecer as cinco regiões do país.
d) a água é um solvente importante nos laboratórios, nas indústrias e na agricultura e, nesta última, os fertilizantes NPK são dissolvidos e levados como nutrientes às plantas.
e) a água é um solvente apolar, por isso dissolve principalmente os compostos que apresentam características polares.

Gab: D

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.