Faltam:
para o ENEM

Tudo sobre os Povos do Oriente – História Enem e Vestibular

Estude as civilizações do Oriente Antigo e revise tudo sobre os Fenícios, os Hebreus, os Persas, os Indianos e os Chineses em mais uma aula de História Enem

Você sabe quais foram os povos do Oriente? Aprenda aqui nesta aula de História para o Enem e vestibulares.

Os Fenícios nunca fundaram um império unido, estando sempre divididos em cidades independentes ou cidades-Estado. Foram grandes navegadores e fundaram diversas colônias ao redor do Mar Mediterrâneo, sendo a mais importante delas a colônia de Cartago no norte da África, na atual Tunísia, que irá envolver-se com uma disputa com o Império Romano.

A maior herança deixada pelos fenícios foi o seu alfabeto de 22 letras muito próximo do nosso atual, copiado por muitas civilizações e criado para uma comunicação eficiente entre suas diversas colônias.

Sua religião era politeísta, mas ainda não é confirmado o sacrifício de humanos para esses deuses.

Povos do Oriente - História Enem

Mapa da Fenícia

O que é preciso saber sobre os fenícios: cidades independentes, navegadores, fundadores de colônias, alfabeto de 22 letras.

Os Hebreus chegaram à Palestina guiados pelos patriarcas. Fugiram dali por causa da fome e se reinstalaram no Egito onde foram escravizados. Saíram do Egito e reconquistaram a região da Palestina, liderados por Moisés e Josué. Atingiram o maior desenvolvimento quando instalaram a monarquia, que, como reino unido, teve apenas três reis: Saul, Davi e Salomão. Dividiram-se em dois reinos, acabaram enfraquecendo e foram conquistados pelos Assírios que habitavam a Mesopotâmia, sendo feitos escravos novamente. Quando os persas conquistaram a Mesopotâmia, foram libertos, mas foram em seguida conquistados pelos romanos, que os dispersaram por todo o mundo, até que o estado de Israel fosse criado por medida das Nações Unidas.

Povos do Oriente - História Enem

Mapa dos reinos hebreus

O povo hebreu tem toda sua história registrada na Bíblia, principalmente no Antigo Testamento, que conta a história da formação do povo. O diferencial dos hebreus é a sua religião, a única monoteísta (um único Deus) daquela época com a crença no Deus Jeovah que levou à construção de um grandioso templo na cidade de Jerusalém.

O que é preciso saber sobre os hebreus: história contada na Bíblia, no Antigo Testamento, monoteísmo, crença no Deus Jeovah, foram escravizados no Egito, na Mesopotâmia e foram dispersos pelos romanos até a fundação do atual Estado de Israel.

Dica 1 – Preparado para a prova de História do Enem? Nesta aula vamos revisar as ações do Governo Militar Autoritário e o processo de Redemocratização. – https://blogdoenem.com.br/governo-militar-redemocratizacao-historia-enem/

Os Persas se fixaram numa região no leste da Mesopotâmia. Adotaram um eficiente sistema de comunicação e administração. O império era divido em satrápias (algo como os estados), sendo cada satrápia governada por um sátrapa e fiscalizada por fiscais que eram denominados “olhos e ouvidos do rei”. As estradas foram calçadas com pedras, permitindo a implantação de um ágil sistema de correio. A economia se tornou eficiente com a cunhagem (produção) de moedas, chamadas de Darico. Este sistema de administração extremamente eficiente foi a maior herança deixada pelos persas, inclusive muitos destes sistemas permanecem até hoje, como, por exemplo, a divisão em estados. Grandes governantes dos persas foram Dario I, que instituiu a divisão em satrápias e criou a moeda Darico, e Ciro I, que libertou os hebreus quando foram escravizados na Mesopotâmia.

Povos do Oriente - História Enem

Mapa do império persa

A religião persa denominada Mazdeísmo também merece atenção. Era dualista, havia duas divindades, uma do bem e outra do mal, e o objetivo era o bem vencer o mal. Esta religião foi pregada por Zoroastro.

O que é preciso saber sobre os persas: eficiente sistema de administração, as satrápias, os “olhos e ouvidos do rei”, sistema de correio, moeda Darico, religião dualista.

Dica 2 – Para você entender um dos principais períodos da história do Brasil, acompanhe esta aula de História Enem que traz tudo sobre a Era Vargas e o Estado Novo – https://blogdoenem.com.br/era-vargas-historia-enem/

Indianos e chineses

Os indianos se fixaram nas margens do rio Indo e do rio Ganges. A sociedade indiana é extremamente imóvel, não é permitida a mobilidade social entre as classes sociais em decorrência da religião bramanista. Filhos de pais de classes diferentes são considerados párias e são excluídos da sociedade. Destacam-se por terem criado os algarismos e desenvolvido a matemática.

Os chineses se fixaram nas margens dos rios Yang-tsé e Hoang-ho. Destacam-se por terem desenvolvido a pólvora, a porcelana, a imprensa e a bússola. Destacam-se também na plantação de amoreiras para o cultivo de bichos da seda, cujos casulos são usados para extrair os fios de seda.

Saiba mais sobre Os Povos do Oriente Antigo nesta aula do canal TV Zezão, disponível no Youtube. Após assistir, revise o que você aprendeu respondendo aos nossos desafios!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=9DfKIQhf0CQ]

Desafios

Questão 1

O povo que o Antigo Testamento cita como o povo escolhido por Deus é os:

a) Assírios.
b) Babilônios.
c) Caudeus.
d) Hebreus.
e) Fenícios.

Questão 2

O livro sagrado dos hebreus chama-se:

a) Popol Vuh.
b) Bíblia.
c) Corão.
d) Torá.
e) O Segredo.

Dica 3 – A República Velha é o período conhecido desde sua proclamação, em 1889, até a Revolução de 1930. Estude esse conturbado período nesta aula de História Enem – https://blogdoenem.com.br/republica-velha-historia-enem/

Questão 3

Os fenícios têm como principal característica:

a) Serem um povo ligado à agricultura.
b) Serem fieis seguidores da bíblia.
c) Terem desenvolvido o comércio marítimo.
d) Terem formado um império militar.
e) Serem o único povo monoteísta da antiguidade.

Questão 4

A mais marcante característica da religião persa é:

a) O fato de não possuir um clero.
b) Ter escrito a bíblia.
c) O monoteísmo em Zaratrusta.
d) O dualismo religioso.
e) Ser militarista.

Questão 5

(URPI) Entre as principais características da Civilização Hebraica, merecem destaque especial:

a) A religião politeísta em que as figuras mitológicas de Abraão, Isaac e Jacó formavam uma tríade divina.
b) A criação de uma federação de cidades autônomas e independentes (cidades-estado) controladas por uma elite mercantil.
c) A criação de um alfabeto (aramaico) que seria incorporado e aperfeiçoado pelos egípcios, tornando-se conhecido como escrita hieroglífica.
d) As práticas religiosas caracterizadas pela crença na existência de um único Deus (monoteísmo) e no messianismo, pois acreditavam na vinda de um messias libertador do povo hebreu.
e) As inovações tecnológicas desenvolvidas na agricultura, possibilitando grande crescimento da produtividade agrícola na região palestina.

 

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!