Faltam:
para o ENEM

Principais Oceanos – Aula de revisão para Geografia Enem

Relembre sobre os Principais Oceanos em mais esta aula de revisão para a prova de Geografia Enem. Estude com a gente para o Exame Nacional do Ensino Médio!

Principais Oceanos

geografia Enem 

Oceano Atlântico

É o segundo maior oceano em extensão, com uma área de aproximadamente 106.400.000 km², cerca de um quinto da superfície da Terra. É o oceano que separa a Europa e a África a Leste, da América, a Oeste. Seu nome deriva-se de Atlas, uma divindade da mitologia grega. É por isso que às vezes o oceano Atlântico é referido como “mar de Atlas”. A menção mais antiga sobre seu nome é encontrada em Histórias, de Heródoto, por volta de 450 a.C. Antes dos europeus descobrirem outros oceanos, o termo “oceano” foi sinônimo de todas as águas que circundam a Europa Ocidental e que os gregos acreditavam ser um grande rio que circundava toda a Terra. Esta denominação desapareceu na Idade Média, altura em que se utilizava o nome de Mar Ocidental ou Mar do Norte. O responsável pelo reaparecimento do nome “Atlântico”, foi o geógrafo Mercator ao colocá-lo no seu célebre mapa do mundo em 1559. A partir deste momento, a nomenclatura da Idade Média foi gradualmente sendo substituída por este nome, que subsistiu até aos nossos dias.

Dica 1 – Entenda como identificar as variações do Clima através das características dos Domínios Morfoclimáticos em mais uma aula de Geografia Enem – https://blogdoenem.com.br/dominios-morfoclimaticos-aula-de-geografia-enem/

O oceano Atlântico apresenta uma forma semelhante à letra S. Sendo uma divisão das águas marítimas terrestres, o Atlântico é ligado ao oceano Ártico (que em algumas vezes é referido como sendo apenas um mar do Atlântico), a Norte, ao oceano Pacífico, a Sudoeste, e ao oceano Índico, a Sudeste, e ao oceano Antártico, a Sul. (Alternativamente, ao invés do oceano Atlântico ligar-se com o oceano Antártico, pode-se estabelecer a Antártida como limite sul do oceano, sob outro ponto de vista). A linha do Equador divide o oceano em Atlântico Norte e Atlântico Sul. Com um terço das águas oceânicas mundiais, o Atlântico inclui mares como o Mediterrâneo, o mar do Norte, o Báltico e o mar das Caraíbas (Caribe).

Oceano Pacífico

É a maior massa marítima do globo, situada entre a América, a leste, a Ásia e a Austrália, a oeste, e a Antártida, ao sul. Com 180 milhões de km², o Pacífico cobre quase um terço da superfície do planeta e corresponde a quase metade da superfície e do volume dos oceanos. Movendo-se um globo terrestre de forma adequada, é possível visualizar-se um hemisfério inteiro do planeta coberto apenas por água, ficando todos os continentes no hemisfério oposto, ocultos à visão em tal posição. Em sua essência – excluída pequena área associada ao Oceano Antártico – trata-se basicamente do Oceano Pacífico, cujas águas ainda avançam sobre o hemisfério não visível. Em vista da teorias das placas tectônicas e da deriva continental, sua origem remonta ao oceano único que cercava a Pangea em tempos primitivos.

Tem 707,5 km de fossas, e 87,8% de sua área apresenta profundidades superiores a 3.000m; é o oceano com maior profundidade média (-4.282m) e onde se localizam as maiores fossas submarinas (fossa das Marianas, com -11,022m).

Dica 2 – Revise sobre a Vegetação brasileira e tire todas suas dúvidas sobre as formações herbáceas e arbustivas nesta aula de Geografia Enem – https://blogdoenem.com.br/formacoes-herbaceas-e-arbustivas-brasil-geografia-enem/

Sua forma grosseiramente circular é delimitada por margens continentais activas (que correspondem ao círculo de fogo do Pacífico) sob as quais se afunda uma crusta oceânica em rápida expansão. Em suas águas, foi registrada a maior temperatura em um oceano: 404 °C, a uma profundidade de 2 mil metros, a cerca de 480km ao oeste da costa estadunidense.

Oceano Índico

É o menor dos três grandes oceanos da Terra, limitado a oeste pela África, ao norte pela Ásia, a leste pela Austrália e pelas ilhas australianas, e ao sul pela Antártida. Não existem limites naturais entre o oceano Índico e o oceano Atlântico. Uma linha de 4.020km ao longo do meridiano 20°E, que liga o cabo Agulhas, no extremo sul da África, à Antártida, costuma ser considerado o limite.

Seu relevo é menos conhecido que o do Atlântico, embora se saiba que 60% correspondem a profundidades entre 4000 e 6 000m. Em média, é mais profundo que o Atlântico e menos que o Pacífico. A plataforma continental é estreita, exceto no litoral norte. Das regiões mais profundas, na parte mediana, ergue-se uma lombada, a Dorsal Central ou Indiana, que se estende desde a Índia até o sul da ilha Rodrigues (arquipélago de Mascarene). Passa pelas ilhas Laquedivas, Maldivas e Chagos, no mar da Arábia. Essas ilhas, bem como numerosos atóis, são pontos emersos da Dorsal. Mais ao sul, ela se alarga, formando extenso planalto submarino, que serve de base às ilhas Kerguelen.

A Dorsal divide as regiões profundas do Índico em duas áreas: ocidental e oriental. A região ocidental assemelha-se, pelas formas do relevo, ao Atlântico: é menos profunda e apresenta várias ramificações. Uma destas é a de Carsberg ou Indo-Arábica, que se origina ao sul do arquipélago Chagos e toma a direção das ilhas Socotorá, no mar da Arábia. Paralelamente, estendem-se formações coralígenas das ilhas Maurício às Seychelles. E nas ilhas Comores, ao norte de Madagáscar, está a Dorsal de Madagáscar, da qual esta ilha é uma parte emersa.

Dica 3 –  Estude sobre as Formações Vegetais no Brasil e aprenda a identificar cada uma delas em mais uma aula de Geografia Enem – https://blogdoenem.com.br/formacoes-vegetais-brasil-geografia-enem/

A região oriental é muito profunda e ocupada por uma vasta bacia, onde as profundidades médias ultrapassam 5000m. No leste, limitando o oceano, erguem-se os planaltos submarinos que sustentam a Austrália, Tasmânia, Nova Guiné e o arquipélago de Sonda.

Suas maiores ilhas são Madagáscar e Sri Lanka. Recebe as águas dos rios Limpopo, Zambeze, Irawadi, Brahmaputra, Ganges, Indo e Shatt al-Arab.

Saiba mais sobre os Oceanos nesta aula do canal Descomplica, disponível no Youtube. Após assistir, revise o que você aprendeu respondendo aos nossos desafios!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=R5j4acigCSQ]

Desafios

Questão 01

figura_20.jpg

(UERN – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – LUCCI, Elian A. et al. Geografia geral e do Brasil. São Paulo: Saraiva, 2003, p. 385.) Os conhecimentos sobre oceanos e mares permitem afirmar:

a) O mar Mediterrâneo, assinalado no mapa por I, comunica-se com o oceano Atlântico através do estreito de Bósforo.

b) As maiores profundidades oceânicas conhecidas e os maiores portos do mundo se encontram localizados no oceano Atlântico.

c) A corrente marítima de Humbold, destacada no mapa, além de provocar queda na temperatura do litoral chileno, contribui para o surgimento do deserto de Atacama.

d) O mar de Aral, mar aberto situado entre Israel e Jordânia, simboliza o que pode ocorrer com outros mananciais do planeta, se o ritmo atual do uso irracional da água doce continuar.

Questão 02

(UDESC – Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina). Os oceanos estão em constante movimento, e as correntes marinhas causam grande impacto no clima do planeta, pois transportam águas quentes e frias por todas as partes do globo.

Sobre mares e oceanos, é correto afirmar:

a) O Oceano Índico é o segundo maior oceano e o mais frio devido à sua localização.

b) Mares e Oceanos são sinônimos, pois ambos têm a mesma profundidade.

c) A posição geográfica dos oceanos não influencia na temperatura das suas águas.

d) O Oceano Pacífico é o maior do globo, cobre mais de um terço da superfície do planeta Terra.

e) A quantidade de água existente nos oceanos equivale à água encontrada nos rios e lagos do mundo, por isso há um razoável suprimento de água doce no mundo.

Questão 03

(CEFET/PB – Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba). Considerando a disponibilidade hídrica do planeta, é CORRETO afirmar que:

a) A água dos oceanos e mares apresenta volume muito superior ao encontrado nos continentes, mas, para consumo humano, exige sua conversão em água doce, em usinas de dessalinização.

b) A água acumulada nos aquíferos subterrâneos, apesar de apresentar volume inferior àquele acumulado na superfície, em rios e em lagos, tem distribuição homogênea nas diversas unidades geológicas do Globo.

c) A água é um recurso natural não renovável, pois a Terra é um sistema fechado, não perdendo nem ganhando matéria.

d) Toda a água disponível na Terra é potável, ou seja, pode ser usada para suprir as necessidades dos seres vivos.

e) As calotas polares armazenam a maior parte da água doce e de mais fácil aproveitamento do planeta.

Questão 04

(UFPE – Universidade Federal de Pernambuco ). O texto a seguir relaciona-se a um sério problema ambiental que vem ocorrendo numa determinada área do planeta.

“Em muitos filmes de ficção científica e em propagandas terroristas de entidades ambientalistas, o futuro será um lugar devastado e poluído, árido, com escassez de comida e de outros recursos vitais. Para cerca de 55 milhões de pessoas que vivem na bacia desse mar, na Ásia Central, esse futuro aterrorizante é o duro presente. Em torno desse mar, que na verdade é um lago de água salgada situado entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, giravam a economia e a vida dessas duas nações e de outras três ex-repúblicas soviéticas (…) Um verdadeiro oásis em uma região desértica. Nas últimas quatro décadas, o mar perdeu 60% de sua extensão e três quartos do volume d’água. A salinidade triplicou desde então e muitos moradores são levados ao confinamento em casa por dias, às vezes semanas, durante as frequentes tempestades de areia e sal.”

Adriana Carvalho. apud. LUCCI, Elian Alabi et al. Geografia Geral e do Brasil. Ensino Médio. Ed. Saraiva.

É correto afirmar que o texto acima está se referindo ao:

a) Mar Negro;

b) Mar Morto;

c) Mar Cáspio;

d) Mar de Labrador;

e) Mar de Aral.

Questão 05

(UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso). Sabendo-se que os oceanos são uma vasta extensão de águas salgadas que correspondem a 71% da cobertura terrestre, marque a alternativa correta:

a) Os oceanos recebem grande parte da carga oriunda da intemperização e de processos erosivos do continente.

b) Os oceanos regulam todos os processos climáticos que ocorrem nas terras emersas equatoriais.

c) Os oceanos são fonte secundária da água que chega aos continentes sob a forma de precipitação.

d) Os oceanos estão divididos em grandes bacias que não têm ligação devido à disposição dos continentes.

 Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!