Faltam:
para o ENEM

Propriedades Periódicas dos Elementos – Tabela Periódica: Química Enem

Para gabaritar em Química Enem, entenda como relacionar as propriedades químicas e físicas dos elementos dentro da Tabela Periódica

Propriedades Periódicas dos Elementos

Como a tabela periódica foi elaborada com base nas propriedades periódicas (químicas e físicas) dos elementos, analisando-a, podemos obter informações sobre eles, chegando-se assim a propriedades importantes.  As propriedades podem ser divididas em periódicas (são as que se repetem de períodos em períodos) e aperiódicas (não se repetem de período em período). propriedades da Tabela Periódica

Raio atômico

É a medida do tamanho do átomo. É a distancia do núcleo até o elétron mais externo da ultima camada. Numa família o raio cresce de cima para baixo porque há um aumento no numero de camadas ocupadas por elétrons. Num período o raio átomo cresce da direita para a esquerda, pois átomos situados mais a esquerda da tabela possuem carga nuclear maior. Isto se reflete na posição do elemento químico na Tabela Periódica. Mais uma vez estamos demonstrando que a Tabela reflete as Propriedades Periódicas dos Elementos.figura_25.jpg

Energia de ionização

É a quantidade de energia fornecida a um átomo isolado no estado gasoso para retirar um elétron, formando um íon gasoso positivo. figura_26.jpg

Exemplo de Energia de Ionização: se tivermos um mol de átomos de sódio no estado gasoso e fornecermos ao sistema 119 quilocalorias (kcal), cada átomo de sódio vai perder um elétron. Assim 119Kcal/mol é o potencial de ionização do sódio.

Na(g) + 119 kcal/mol Na+(g) + e-

 Dica: Os elétrons retirados são sempre os da camada de valência.

A sua variação na tabela periódica ocorre da seguinte maneira:  figura_27.jpg

Eletroafinidade

 É a energia liberada por um átomo isolado no estado gasoso ao receber um elétron, formando um íon negativo.

Exemplo: Cℓ(g) + 1e- Cℓ(g) + 83,3 kcal/mol  figura_28.jpg

Eletronegatividade e o Diagrama de Linus Pauling

É a propriedade periódica na qual o átomo apresenta a maior ou menor tendência em atrair elétrons para si, resultando numa ação conjunta da energia de ionização e da eletroafinidade. Linus Pauling estabeleceu uma escala de valores para a eletronegatividade, atribuindo ao elemento flúor o maior valor.   figura_27.jpg

O elemento mais eletronegativo é o flúor, os gases nobre não possuem essa propriedade pois não precisam ganhar nem perder elétrons para ficarem estáveis. Veja aqui uma aula completa sobre o Diagrama de Linus Pauling.

diagrama de linus pauling

Dica 1 – Metais alcalinos, calcogênios, halogênios e gases nobres. Revise nesta aula de Química Enem, como é fácil localizar os elementos químicos na Tabela Periódica – https://blogdoenem.com.br/tabela-periodica-quimica-enem/
Dica 2 – Para gabaritar em Química no próximo Enem, relembre nesta aula os modelos atômicos e as partículas fundamentais, como o Átomo – https://blogdoenem.com.br/modelos-atomicos-particulas-quimica-enem/

Eletropositividade

É a oposição da eletronegatividade. Os átomos eletropositivos tendem a doar elétrons, propriedade marcante dos metais. Na tabela periódica ela cresce da direita para a esquerda e nos períodos, e de baixo para cima nas famílias. O elemento mais eletropositivo é o Frâncio (Fr).  figura_30.jpg

Observação Importante: Há uma relação entre todas as propriedades periódicas mostradas acima. Temos átomos com grande tendência a ganhar elétrons como também a perder elétrons.

Esses fenômenos dependem essencialmente de uma dessas propriedades, o raio atômico. Observe o esquema a seguir: figura_31.jpg

Dica 3 – Sabe tudo sobre os tipos de matéria, fenômenos físicos e químicos? Relembre com esta aula de Química e garanta sua nota no próximo Enem! – https://blogdoenem.com.br/quimica-enem-propriedades-materia/

Exercícios – Desafios para você responder e compartilhar

Questão 01

(PEIES 1 – UFSM – 2006) “Os vidros borossilicatados são obtidos pela adição de óxido de alumínio e óxido de boro à sílica e podem suportar o aquecimento e posterior resfriamento sem trincar.”

Em relação aos elementos neutros boro e oxigênio, pode-se afirmar que o raio atômico do elemento boro é _________ que o raio atômico do oxigênio, pois o oxigênio tem _________ número de elétrons na camada de valência, _______ a carga nuclear efetiva e ________ o raio atômico.

a) menor – menor – diminuindo – aumentando.

b) maior – maior – aumentando – diminuindo.

c) maior – maior – diminuindo – aumentando.

d) maior – menor – aumentando – diminuindo.

e) menor –maior – diminuindo – aumentando.

Questão 02

(Vestibular UFSM – 2011) “Zinco, selênio, ferro e fósforo são sais minerais que participam de inúmeras trocas elétricas e mantêm o cérebro acordado e ativo. Estão presentes em sementes e grãos, raízes e folhas verde-escuras.”

Em relação aos elementos oxigênio, fósforo e selênio, assinale verdadeiro (V) ou falsa (F) em cada uma das afirmativas.

( ) o raio atômico do oxigênio é menor que o do selênio, pois o primeiro tem menor número de camadas eletrônicas.

( ) o oxigênio perde elétrons com mais facilidade que o selênio.

( ) o oxigênio é mais eletronegativo que o fósforo.

 A seqüência correta é

a) F-V-F.

b) V-F-V.

c) F-F-V.

d) V-F-F.

e) V-V-F.

Questão 03

(adaptado do vestibular da UFSC – 2008) “A cor de muitas pedras preciosas se deve a presença de íons em sua composição química. Assim, o rubi é vermelho devido à presença de Cr3+, e a cor da safira é atribuída aos íons de Co2+, Fe2+ ou Ti4+.”

Em relação aos elementos cromo, cobalto, ferro e titânio é incorreto afirmar:

a) o raio atômico do íon Fe2+ é menor que o raio atômico do elemento Fe.

b) todos são elementos de transição externa.

c) o raio atômico do Cr3+ é maior que o raio atômico do elemento Cr.

d) o cromo pertence ao grupo 6 da tabela periódica.

e) todos os elementos citados pertecem ao quarto período da tabela periódica.

Questão 04

(adaptado PEIES – UFSM -2007) Sal de cozinha: mocinho ou bandido?

Os íons Na+, K+ e Cl são essenciais para o balanceamento eletrolítico nos fluidos corporais, tendo importância no balanceamento ácido-básico e na transmissão de impulsos nervosos. Esses íons podem ser facilmente incorporados ao nosso organismo pela ingestão de sal de cozinha e também de alimentos processados. O excesso desses íons é prejudicial e pode ocasionar aumento da pressão arterial e desencadear doenças graves. Estudos alertam que, devido à presença de iodo no sal, o excesso afeta o sistema imunológico, podendo atacar as células da tireóide, o que ocasiona falência desse órgão. Por isso, numa entrevista à revista Cláudia, a Dra. Rosalinda Camargo, do Hospital das Clínicas de São Paulo, deu a dica: .Para prevenir, consuma no máximo 10 g de sal por dia, o equivalente a 2 colheres de chá, e esqueça os salgadinhos e enlatados..

Em relação ao sódio, potássio e cloro citados no texto, é correto afrimar:

a) o átomo de potássio possui menor eletropositividade que o átomo de sódio.

b) a energia de ionização do átomo de cloro é menor que a do átomo sódio.

c) a afinidade eletrônica do átomo de sódio é menor que a do átomo de cloro.

d) o átomo de sódio possui raio atômico menor que o do átomo de cloro.

e) é necessária muito menor energia para remover um elétron de um átomo de potássio que de um átomo de sódio.

Questão 05

(UDESC- 2010) A adsorção de íons é um dos fenômenos mais importantes na química do solo, pois é o principal atributo que afeta a concentração da maioria dos minerais na solução do solo. Dentre as propriedades físico-químicas, como eletronegatividade e polaridade, o tamanho do átomo apresenta influência direta na adsorção dos elementos.

 K, Ca, Mn, Fe e Zn

Assinale a alternativa correta em relação à sequência dos elementos descritos acima.

a) O Zn é o maior elemento descrito na sequência acima, pois apresenta o maior número atômico.

b) O K é o menor elemento descrito na sequência acima, pois se encontra na família 1 A.

c) O Ca é o menor elemento descrito na sequência acima, pois apresenta número de oxidação 2+.

d) Os elementos estão ordenados em ordem crescente de raio atômico.

e) Os elementos estão ordenados em ordem decrescente de raio atômico.

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!