Faltam:
para o ENEM

A Revolução Americana – Aula de Revisão para História Enem

Preparado para as questões de História no Enem? Revise aqui sobre a Independência dos EUA e a Revolução Americana. Prepare-se para a prova de História Enem. Confira abaixo como se formaram os Estados Unidos da América.

A Revolução Americana. Veja como foi a história que levou à formação dos EUA – Estados Unidos da América.

A Independência dos EUA

No século XVII, atrasados em relação aos países ibéricos, os ingleses passaram a fazer sua obra colonizadora na América do Norte, montando treze colônias, sendo as oito do norte de povoamento, por meio de refugiados religiosos, políticos e sociais. As cinco colônias do sul estavam voltadas para a exploração, com extensas plantações de algodão para as oficinas e depois futuras fábricas inglesas.

O sistema colonizador inglês nunca foi rígido, não havendo um pacto colonial forte, pois a burguesia inglesa estava voltada ao mercantilismo comercial, sendo que possuía a maior frota mercante do mundo. Contudo, o envolvimento constante em guerras exauria aos poucos o erário inglês, fazendo a coroa voltar-se para as suas colônias na América.

história dos EUA

Declaração de independência dos EUA.

A Guerra dos Sete Anos, contra principalmente a França, baixou as fontes inglesas, provocando uma série de medidas para se arrecadar impostos. A situação era estranha para muitos porque, mesmo com a vitória, o resultado do conflito não foi tão favorável aos ingleses, que ganharam dos franceses, do Canadá, da Índia e de várias ilhas no Caribe. A solução encontrada foi criar impostos sobre os súditos, principalmente os americanos.

Nas colônias, a reação foi forte. O fato de não possuírem representantes junto ao parlamento inglês deixava os colonos à mercê das decisões da metrópole. Com os excessivos aumentos de taxas sobre muitos produtos, a população passou a fazer boicotes e procurou substituí-los como possível. Conflito armados tiveram início e em Boston, em 1775, devido à taxa sobre o chá, ocorreu o protesto conhecido como “The Boston Tea Party”, com o carregamento jogado ao mar. A reação do parlamento foi imediata, baixando uma série de leis conhecidas como “Leis Intoleráveis”: o fechamento do porto até o pagamento da carga, toque de recolher, aquartelamento forçado nas casas dos colonos, lei do motim (mais de quatro pessoas juntas seriam presas por motim). Os colonos se reuniram no Primeiro Congresso de Filadélfia, pedindo o fim das leis. Com o não atendimento de suas reivindicações, foi feito o Segundo Congresso de Filadélfia, que acabou por fazer a Declaração de Independência em 04 de julho de 1776.

Dica 1 – Iluminismo foi um movimento de ideias ocorrido no século XVIII, conhecido como “o Século das Luzes”. Revise sobre o período nesta aula de História Enem – https://blogdoenem.com.br/o-iluminismo-historia-enem/

A luta que se seguiu contra a Inglaterra durou até 1781, com derrotas iniciais que quase abalaram os ânimos dos colonos, mas depois de algumas vitórias (Yorktown, por exemplo), eles passaram a erguer a cabeça, quando, graças à ajuda direta da França e indireta de vários países europeus, a independência foi confirmada.

Em 1787 é que se deu a aprovação da Constituição, devido a problemas sobre a forma de governo e sua organização, quanto aos poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e as forças entre si.

A Expansão Territorial e a Gerra Civil

Com a derrota, pelo Tratado de Versalhes, a França reaveria as ilhas do Caribe, e a nova nação (os EUA) teria seu território quase dobrado com terras a oeste das Treze Colônias.

aula7_fig2.tif

Expansão territorial dos EUA.

A expansão territorial aconteceu lentamente com a compra de terras da França (Louisiana), em 1803, e da Flórida, com a Espanha, em 1819, o Texas e a Costa Oeste vieram através de uma guerra com o México, que, com a derrota deste, teve que ceder vários territórios e ainda assinar alguns tratados comerciais.

O Oregon foi cedido pela Inglaterra com a promessa dos EUA deixarem as suas pretensões sobre o Canadá, que já havia gerado um conflito no início do século XIX.

Dica 2 – Revise sobre a Expansão Marítima e Comercial Europeia em mais esta aula de História Enem. Estude conosco para o Exame Nacional do Ensino Médio! – https://blogdoenem.com.br/expansao-maritima-e-comercial-europeia-historia-enem/

O Alasca foi comprado da Rússia czarista e o Havaí, anexado no final do século XIX.

Apesar de uma grande nação, uma forte divisão existia nos EUA; norte e sul tinham divergências em vários aspectos, e a escravidão acabou por levar a um conflito civil, a Guerra de Secessão. O motivo vinha da colonização, onde o norte era de povoamento, e o sul foi montado com o pensamento na exploração. Os latifúndios do sul ainda usavam a mão de obra escrava negra, sendo voltados ao mercado externo e com uma política cambial livre, ao contrário do norte, que era mais industrial, com mão de obra livre, voltado mais ao mercado interno e protecionista. O conflito durou alguns anos e deu vitória ao norte, pois este era mais populoso, com indústrias e uma marinha que cercou os portos do sul. Sufocado e sem ajuda externa, o sul se rendeu. A derrota causou o fim do pensamento divergente no país, quando o norte vitorioso impôs sua política, inclusive exterminando vários latifúndios.

Saiba mais sobre A Revolução Americana nesta aula do canal Canal ProjetoX, disponível no Youtube. Após assistir, revise o que você aprendeu respondendo aos nossos desafios!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=G7VM-Zpl1k4]

Desafios para você resolver e compartilhar

Questão 1 – Para os EUA, qual foi a consequência da Guerra Civil?

a) Uma união de linha de pensamento político-social para a nação e um fortalecimento da União.
b) Um desastre econômico que irá provocar a crise de 1929.
c) O crescimento de um sentimento de rivalidade entre negros e brancos pelo poder religioso.
d) A divisão da cultura norte-americana entre os sulistas ditos “caipiras” e os “nortistas” ditos “moderninhos”.

e) O crescimento da influência do exército americano no cenário nacional, tomando o poder político em suas mãos.
Dica 3 – Estude sobre umas das principais civilizações da Antiguidade e relembre tudo sobre o Império Bizantino nesta aula de revisão para a prova de História Enem – https://blogdoenem.com.br/imperio-bizantino-historia-enem/

Questão 2 – O outro nome para a independência dos EUA é:

a) Revolução Americana.
b) Guerra de Secessão.
c) Guerra Civil.
d) “The Boston Tea Party”.
e) Guerra dos Sete anos.

Questão 3 – Como era a divisão clássica das Treze Colônias?

a) As colônias do Leste e Oeste.
b) As colônias do Norte e do Sul.
c) As colônias desenvolvidas e as em fase de desenvolvimento.
d) As colônias povoadas e as desérticas.
e) As pares e as ímpares.

Questão 4 – Quais as características da divisão das colônias norte-americanas?

a) As do Norte eram agrícolas e as do Sul industrializadas.
b) As do Norte eram agrícolas e as do Sul mineradoras.
c) As do Norte eram agrícolas e as do Sul de pecuária.
d) As do Norte eram de povoamento e as do Sul de exploração.
e) As do Norte eram industrializadas e as do Sul de pecuária.

Questão 5 – (ENEM 07) Em 4 de julho de 1776, as treze colônias que vieram inicialmente a constituir os Estados Unidos da América (EUA) declaravam sua independência e justificavam a ruptura do Pacto Colonial. Em palavras profundamente subversivas para a época, afirmavam a igualdade dos homens e apregoavam como seus direitos inalienáveis: o direito à vida, à liberdade e à busca da felicidade. Afirmavam que o poder dos governantes, aos quais cabia a defesa daqueles direitos, derivava dos governados.

Esses conceitos revolucionários que ecoavam o Iluminismo foram retomados com maior vigor e amplitude treze anos mais tarde, em 1789, na França.

Emília Viotti da Costa. Apresentação da coleção. In: Wladimir Pomar. “Revolução Chinesa”. São Paulo: UNESP, 2003 (com adaptações).

Considerando o texto acima, acerca da independência dos EUA e da Revolução Francesa, assinale a opção correta.

a) A independência dos EUA e a Revolução Francesa integravam o mesmo contexto histórico, mas se baseavam em princípios e ideais opostos.
b) O processo revolucionário francês identificou-se com o movimento de independência norte-americana no apoio ao absolutismo esclarecido.
c) Tanto nos EUA quanto na França, as teses iluministas sustentavam a luta pelo reconhecimento dos direitos considerados essenciais à dignidade humana.
d) Por ter sido pioneira, a Revolução Francesa exerceu forte influência no desencadeamento da independência norte-americana.
e) Ao romper o Pacto Colonial, a Revolução Francesa abriu o caminho para as independências das colônias ibéricas situadas na América.

 Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!