10 vezes que a Ucrânia caiu no Enem e vestibulares

Entenda a invasão dos russos na Ucrânia por meio de questões do Enem e dos vestibulares e saiba o que você precisa estudar sobre o tema para se preparar para as provas!

Em 24 de fevereiro de 2022, a Rússia iniciou operações militares de invasão ao território da Ucrânia. No entanto, a origem do conflito é mais antiga, e teve importantes desdobramentos em 2014. Naquela ocasião, a Crimeia, território ucraniano, foi anexado pela Rússia.

A partir de então, as questões sobre o tema passaram a aparecer com frequência no Enem e nos vestibulares. Confira 10 vezes em que a Ucrânia já foi cobrada em questões, e revise o conteúdo com nosso resumo e videoaulas!

Origens da invasão da Ucrânia

Para começar a entender quais os interesses da Rússia na Ucrânia, precisamos voltar até o fim da Guerra Fria. Durante o conflito, o território ucraniano fazia parte da União Soviética. No entanto, com a dissolução da URSS em 1991, a Ucrânia torna-se independente.

Com a saída da União Soviética, o país começa a se aproximar da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e da União Europeia. Dessa forma, acabou criando uma forma de oposição à Rússia, que vê com desconfiança a aproximação da Otan ao seu território. Os russos sentiram que sua posição hegemônica no leste europeu estava ameaçada.

Em 2013, a Ucrânia ainda buscava aproximação com o Ocidente e distanciava-se cada vez mais da influência da Rússia. Contudo, o presidente ucraniano da época, Viktor Yanukovich, recuou nas negociações que levariam o país a entrar para a União Europeia. De acordo com Yanukovich, ele estava sendo pressionado pelas autoridades russas.

Mas, a medida provocou descontentamento da população ucraniana, que era favorável ao ingresso na União Europeia. Por isso, milhares de ucranianos realizaram protestos na capital, Kiev, para defender a aproximação do país com a Europa. Como resposta, Yanukovich acabou renunciando.

Em contrapartida, no leste do país, um movimento separatista ganhou força. Grupos de duas regiões, a Crimeia e parte do Donbass, defendiam a anexação do território pela Rússia.

Ucrânia em 2022
Fonte: Nexo Jornal.

Assim, Vladimir Putin, presidente russo, enviou tropas para a Crimeia em 2014. Além disso, realizou um referendo popular que apontou que 97% da população da região preferia a separação da Ucrânia e anexação pela Rússia. Por esse motivo, a Rússia incorporou o território do país vizinho.

Entretanto, a legitimidade do plebiscito é questionada pela Ucrânia e pela ONU. Portanto, o resultado não é reconhecido internacionalmente.

Videoaula

Até o momento, o tema mais cobrado nas questões do Enem e vestibulares é sobre o conflito de 2014. Contudo, a partir de 2022, a invasão da Ucrânia também deve começar a aparecer em algumas provas. Então, não deixe de assistir a aula do professor Carrieri para entender as motivações políticas e econômicas da guerra:

Questões sobre a Ucrânia

Saiba de que forma a Ucrânia cai nas provas com a nossa lista de questões:

.

História da Ucrânia

Para entender a trajetória da relação de Ucrânia e Rússia ao longo do tempo, confira a aula do professor Dudu:

Ana Cristina Peron

Ana Cristina Peron é formada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. É redatora do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.
Categorias: Simulado Geografia, Simulados Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.