10 profissões com os piores salários no Brasil em 2023

Conheça as 10 profissões que exigem formação acadêmica e apresentam os piores salários no Brasil em 2023. Esta análise é primordial para quem busca uma carreira e oferece insights para escolhas mais conscientes diante do mercado de trabalho no país.

À medida que navegamos pelo panorama econômico, é natural ter um olhar crítico sobre as profissões que continuam a oferecer os piores salários no Brasil. Mais do que números, essa análise revela uma realidade complexa e desafiadora para muitos profissionais que se dedicam a áreas que demandam formação acadêmica. 

Ter essa compreensão se torna ainda mais relevante para estudantes que fizeram o Enem e vão iniciar sua jornada universitária em 2024, já que a decisão sobre a carreira a seguir é um passo fundamental para o futuro.

Por isso, hoje vamos explorar as estatísticas e elencar as 10 profissões com os piores salários no Brasil em 2023. Ressaltamos que nosso intuito não é desencorajar a busca por determinadas profissões, mas sim proporcionar uma visão holística do mercado de trabalho para viabilizar escolhas mais conscientes.

Quais são as profissões com os piores salários no Brasil?

Um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE) apontou que os professores, em geral, são os profissionais com ensino superior mais mal remunerados do Brasil.

Para chegar a essa conclusão, a economista e pesquisadora Janaína Feijó analisou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), coletados no 2º trimestre de 2023 em todo o país. 

O levantamento apontou que professores do ensino pré-escolar são os primeiros da lista de profissões com os piores salários no Brasil. Em seguida, estão outros profissionais de ensino.

Quanto ao rendimento médio deste tipo de profissional, a pesquisa aponta para um salário de R$ 2.285 por mês. Quanto aos demais profissionais de ensino que figuram em segundo lugar, os salários chegam a R$ 2.554 mensais.

A relação ainda traz outros professores, além de físicos, astrônomos, assistentes sociais, bibliotecários e fonoaudiólogos.

Veja agora a relação das 10 profissões com os piores salários no Brasil:

ProfissãoSalário
Professores do ensino pré-escolarR$ 2.285
Outros profissionais do ensino R$ 2.554
Outros professores de arteR$ 2.629
Físicos e astrônomosR$ 3.000
Assistentes sociaisR$ 3.078
Bibliotecários, documentaristas e afinsR$ 3.135
Educadores para necessidades especiaisR$ 3.379
Profissionais de relações públicasR$ 3.426
Fonoaudiólogos e logopedistasR$ 3.485
Professores do ensino fundamentalR$ 3.554

Profissões mais bem pagas

Por outro lado, a lista das profissões mais bem pagas que exigem diploma de curso superior, traz:

ProfissãoSalário
Médicos especialistasR$ 18.475
Matemáticos, atuários e estatísticosR$ 16.568
Médicos geraisR$ 11.022
Geólogos e geofísicosR$ 10.011
Engenheiros mecânicosR$ 9.881
Engenheiros não classificados anteriormenteR$ 9.451
Desenvolvedores de programas e aplicativos (software)R$ 9.210
Engenheiros industriais e de produçãoR$ 8.849
EconomistasR$ 8.645
Engenheiros eletricistasR$ 8.433

Para conferir outras profissões que não exigem obrigatoriedade de curso superior, acesse: Empregos com maiores e menores salários no Brasil em 2023: confira as listas.

Escolha consciente: como alinhar expectativa e realidade

Ao considerar que a lista elaborada engloba exclusivamente profissões que requerem formação acadêmica, é importante saber que a escolha da sua carreira vai além do interesse ou paixão pela área de atuação. 

Como destacamos ainda no comecinho deste texto, a ideia não é desestimular a sua decisão, mas mostrar a realidade do mercado de trabalho no Brasil. 

Nesse contexto, a análise desses dados se torna uma ferramenta estratégica para fazer escolhas mais conscientes, considerando não apenas o seu interesse pessoal, mas também as suas expectativas salariais e a viabilidade financeira do campo profissional desejado. 

É um chamado para a reflexão sobre a conexão entre as áreas de estudo e as reais oportunidades que oferecem, tanto em termos de realização pessoal quanto de estabilidade financeira ao longo da carreira.

Essa abordagem ampliada incentiva ainda a busca por informações detalhadas sobre as profissões desejadas, levando em conta não apenas o que se ama fazer, mas também o panorama econômico e as demandas do mercado. 

Assim, quando chegar o momento de selecionar os cursos de interesse nos processos seletivos do Sisu, Prouni ou do Fies, por exemplo, você conseguirá tomar a decisão mais acertada, combinado?  

Simule a sua nota no Enem 2023

A professora Cláudia de Souza Aguiar vai te mostrar como é fácil simular a nota que você vai tirar no Enem 2023 para ter uma noção de cursos em que é possível ingressar no Sisu, Prouni ou Fies em 2024.

O Simulador da Nota do Enem já tem as respostas certas, de acordo com o Ministério da Educação, e gera o resultado de acordo com a TRI (Teoria de Resposta ao Item).

É muito simples:

  • Passo 1: faça o download da sua cor de prova para lembrar das questões que você marcou.
  • Passo 2: preencha o gabarito do Simulador da Nota do Enem.
  • Passo 3: em instantes, você vai conhecer a sua nota no Enem 2023.

Acesse e simule agora mesmo!

Melina Zanotto

Melina Zanotto é Jornalista, formada pela Universidade de Caxias do Sul em 2007. De lá para cá, sempre atuou com conteúdo digital em seus mais diversos formatos. Hoje, é redatora da Rede Enem, produzindo textos para o Blog do Enem e Curso Enem Gratuito.
Categorias: Enem, FIES, Profissões, Prouni, Sisu
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Intensivo
gapixel

intensivogapixel