Engenharia de Materiais: curso de graduação e mercado de trabalho

Antes de escolher sua profissão, pesquise e descubra como é o mercado de trabalho e quais são as principais disciplinas. Hoje você vai conhecer tudo sobre o curso de Graduação em Engenharia de Materiais!

A Engenharia de Materiais é um ramo que estuda e desenvolve tecnologias inovadoras para a produção de novos produtos. Utiliza a pesquisa de materiais e novas aplicações para os já existentes. Essa pesquisa resulta na criação de novos materiais como ligas metálicas, resinas e plásticos para a indústria.

Quem é o Engenheiro de Materiais?

engenharia de materiaisQuem se forma no curso de graduação em Engenharia de Materiais atua como profissional que, além de utilizar a pesquisa na criação de materiais como ligas metálicas, plásticos e resinas; aperfeiçoará suas propriedades,  estabelece novas combinações com o objetivo de criar novos materiais.

É o responsável por todo o processo de produção desde a seleção da matéria-prima até a finalização dos produtos criados. As principais áreas de atuação do Engenheiro de materiais são a de polímeros, metais e cerâmica.

Dica 1 – Veja as Notas de Corte em todas as Universidades Públicas no país que adotaram a nota do Enem para selecionar os estudantes, acabando com o vestibular.

O curso graduação em Engenharia de materiais

Por ser um curso de caráter predominantemente científico, a maior parte de sua carga horária se passa em laboratórios. Com duração de cinco anos, a partir de terceiro ano, ou seja, da formação básica em engenharia, o aluno optará por umas das áreas de especialização: metais, cerâmicas ou polímeros. Ao fazer a escolha das disciplinas darão ênfase à área escolhida.

Metais – O profissional especializado em metais atuará na produção de aço, em diversos tipos de indústrias, inclusive as de alta tecnologia como na produção de processadores de computador.
Cerâmica – O Engenheiro especializado em cerâmica atuará na produção de tijolos, telhas e produtos de revestimento. Além disso, poderá trabalhar em indústrias de vidro.
Polímeros – Este profissional desenvolverá diversos tipos de plásticos para todos os tipos de aplicação.

O estágio é obrigatório e o momento atual para iniciá-lo é a partir do quinto ano. Como estagiário o alunos desenvolverá atividades como controle de qualidade de materiais e produtos, projetos de produtos, ensaios de matérias-primas e produtos, dentre outras.

Aqui você conhece as principais disciplinas que vai estudar ao longo do curso de graduação em Engenharia de Materiais: Mineralogia; Física; Química; Resistência de Materiais; Cálculo; Siderurgia; Termodinâmica dos solos; Tratamento de minérios.
Entenda melhor sobre o curso de Engenharia de Materiais assistindo a este vídeo produzido pela Unversidade do Vale do Rio dos Sinos, a Unisinos, no Estado do Rio Grande do Sul:

Dica 2: Mandar bem na Redação faz toda a diferença na sua média final no Enem ou no Vestibular. Veja aqui as principais dicas para uma boa Redação.

Cursos de Engenharia de Materiais com conceito 5 no Enade

O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação.

Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação.

  • Instituto Militar de Engenharia – IME – Rio de Janeiro;
  • Fundação Universidade Federal do ABC – UFABC – Santo André;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS – Porto Alegre;
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC – Criciúma.

Mercado de trabalho para Engenharia de Materiais

Graduação em Engenharia de MateriaisO mercado carece de profissionais formados em Engenharia de Materiais, porém isso não significa falta de oportunidades. Pelo contrário, demonstra um mercado pronto para receber novos profissionais. As indústrias siderúrgicas e petroquímicas são as que mais contratam Engenheiros de Materiais.

Além disso, os engenheiros de materiais podem atuar em indústrias na transformação de polímeros. A Petrobrás também é uma ótima oportunidade de trabalho uma vez que contrata esses profissionais para desenvolver materiais que resistam aos ambientes do petróleo, além de fazer a manutenção desses equipamentos. O Salário inicial, segundo Crea-SP, é de 4.068,00.

Perfil do profissional após a formação

O profissional após a formação deverá ser capaz de atuar na resolução de problemas nos processos de fabricação e seleção dos materiais envolvidos nos mais variados tipos de aplicações. Além disso, trata-se de um profissional engajado e preocupado com as questões ambientais, sociais e humanas.

Apesar de se tratar de uma área bastante científica, o profissional formado em Engenharia de Materiais será capaz de desenvolver trabalhos em equipe e buscar sempre estar atualizado sobre novas tecnologias.

E aí, pronto para entrar em Engenharia de Materiais? Se esse ainda não é o seu curso, clique aqui e conheça o nosso Guia de Profissões.

 Post escrito por Lidiane Franqui, blogueira e redatora freelancer. Escreve para sites e blogs de diversos segmentos, entre eles educação, Marketin Digital e desenvolvimento pessoal.  Facebook: https://www.facebook.com/lidiane.franqui.3