Tudo sobre eutrofização – Revisão de ecologia – Biologia Enem

Você conhece os processos biológicos que levam à eutrofização das águas? Não? Então vem com a gente! Revise ecologia e deixe os outros candidatos para trás nas provas do Enem e dos vestibulares!

As atividades humanas podem gerar resíduos que contaminam o ambiente e desequilibram os ecossistemas. Nos ambientes aquáticos, a poluição gerada pelo esgoto doméstico pode gerar um problema ambiental muito grave: a eutrofização.

O termo eutrofização deriva de “eutrófico” que significa, basicamente, bem nutrido. A eutrofização é um processo que ocorre em ambientes aquáticos (tanto marinhos quanto dulcícolas) em função de um grande aumento na disponibilidade de nutrientes (especialmente fosfatos e nitratos) na água, geralmente ocasionado pela emissão de esgotos domésticos ou pela contaminação das águas com fertilizantes agrícolas.

eutrofização  de um lago

O excesso de nutrientes na água leva a uma série de consequências em cadeia, como podemos ver a seguir:

eutrofização

  1. O excesso de matéria orgânica na água favorece a proliferação de microrganismos aeróbios, que utilizam os abundantesnutrientes em sua alimentação.
  2. O aumento na população de microrganismos aeróbios leva a um grande consumo do oxigênio dissolvido na água, reduzindo drasticamente sua concentração.
  3. Os animais aquáticos (peixes, crustáceos, moluscos…) morrem por asfixia devido às baixas concentrações de oxigênio. Os corpos destes animais logo começam a entrar em decomposição, aumentando ainda mais o numero de microrganismos que contribuem para baixar ainda mais a concentração de oxigênio.
  4. As populações de microrganismos aeróbios começam a diminuir pela falta de oxigênio, dando espaço para a proliferação de microrganismos anaeróbios.
  5. Grande quantidade de sais minerais (principalmente fosfatos e nitratos) provenientes dessa massa morta (organismos mortos e esgoto) em decomposição começa a se misturar na água.
  6. A grande quantidade de sais minerais favorece o aparecimento e proliferação de plantas aquáticas e algas pluricelulares que se instalam na superfície da água dificultando a passagem da luz para as camadas inferiores da coluna d’água.
  7. Tendo sua fotossíntese bloqueada pela ausência de luz, as algas bentônicas começam a morrer, diminuindo ainda mais a quantidade de oxigênio dissolvido.

peixes em lago normal e eutrofizado - revisão enem

Como podemos ver, um ambiente aquático eutrofizado acaba tendo uma grande perda de biodiversidade e uma drástica redução no tamanho das populações de seres vivos. Além disso, a água passa a apresentar mau cheiro e ficam turvas.

Dica 1: Revise também os problemas ambientais gerados pelo derramamento de petróleo! Veja este super post com dicas da Professora Juliana Evelyn dos Santos e garanta no Enem.

Principais causas da eutrofização

A eutrofização pode ocorrer por causas naturais, porém, mais frequentemente é gerada por resíduos provenientes das atividades humanas. A principal fonte de eutrofização são os esgotos domésticos lançados no ambiente sem qualquer forma de tratamento. Em segundo lugar estão os fertilizantes. Estes são aplicados em excesso nas lavouras e as chuvas podem carregá-los para os mananciais. Outro problema ambiental que leva à eutrofização é a destruição das matas ciliares. Sem a cobertura vegetal, as margens dos rios sofrem erosão e seus sedimentos são carregados para o fundo dos rios, gerando assoreamento. O assoreamento dos rios ajuda a aumentar a disponibilidade de sais minerais na água. Por último podemos citar os efluentes provenientes de indústrias produtoras de fertilizantes que liberam grandes quantidades de fosfatos e nitratos em seus esgotos industriais.

Peixes mortos pela eutrofização - Biologia Enem

Dica 2: Revise para o Enem: as consequências da poluição causada por substâncias não-biodegradáveis e a magnificação trófica!

E aí, curtiu o nosso resumo sobre a eutrofização? Beleza! Então, para finalizar sua revisão, que tal ver uma videoaula? Veja esta aula sobre eutrofização do canal “Me Salva!”, do Youtube:

Agora, que tal testar seus conhecimentos e garantir para o Enem?

01 – (UEL PR/2014) Em grandes cidades, o despejo de esgoto doméstico sem tratamento adequado tem provocado um processo de eutrofização nos lagos e rios próximos à zona urbana.

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o evento que explica a mortalidade de organismos no ambiente aquático decorrente do lançamento de uma quantidade excessiva de matéria orgânica.

a) Aumento da quantidade de bactérias anaeróbicas, diminuindo a concentração do oxigênio e dos sais dissolvidos na água.
b) Diminuição da concentração de fosfatos para a atividade fotossintetizante das bactérias autótrofas.
c) Diminuição dos peixes herbívoros que se alimentam da matéria orgânica decorrente da proliferação de bactérias anaeróbicas.
d) Proliferação de bactérias aeróbicas, diminuindo a concentração de oxigênio dissolvido na água.
e) Proliferação de organismos autótrofos que promovem uma competição intraespecífica por matéria orgânica.

Gab: D

02 – (Unicastelo SP/2014) A forma mais comum, e talvez a mais antiga, de poluir as águas é pelo lançamento de dejetos humanos e de animais domésticos em rios, lagos e mares. Por serem constituídos de matéria orgânica, esses dejetos aumentam a quantidade de nutrientes disponíveis no ambiente aquático, fenômeno denominado eutrofização.

(José Mariano Amabis e Gilberto Rodrigues Martho. Biologia das populações, 2004. Adaptado.)

A eutrofização ocorre devido à contaminação da água por compostos nitrogenados e fosforados que

a) provocam a intoxicação e a morte dos produtores, decompositores e consumidores da teia alimentar aquática, inclusive dos peixes.
b) aumentam a população das algas na superfície e o teor do gás oxigênio, provocando a proliferação dos peixes.
c) diminuem o número de algas e de plantas aquáticas, com redução do gás carbônico da água, causando a asfixia dos peixes.
d) causam a morte dos seres decompositores aquáticos e provocam um acúmulo de gás carbônico e matéria orgânica na água, ocasionando a morte dos peixes.
e) aumentam o número de algas na superfície da água e o número de micro-organismos aeróbicos, que diminuem o teor de gás oxigênio na água, levando os peixes à morte.

Gab: E

03 – (UECE/2013)Diariamente os noticiários divulgam o lançamento irresponsável de esgoto sanitário em lagoas espalhadas por diversas cidades brasileiras, o que pode levar à eutrofização e, consequentemente, a graves problemas ambientais. Analise os itens abaixo e numere-os, de 1 a 5, de acordo com a sequência que melhor representa a ordem dos acontecimentos relacionados à eutrofização.

(  )    Proliferação de microalgas.
(  )    Multiplicação de bactérias anaeróbias.
(  )    Diminuição da concentração de oxigênio na água.
(  )    Aumento da quantidade de matéria orgânica na água.
(  )    Mortalidade dos peixes.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 4, 2, 1, 3, 5.
b) 3, 2, 5, 3, 4.
c) 2, 4, 1, 5, 3.
d) 2, 5, 3, 1, 4.

Gab: D

04 – (MACK SP/2012)Dia 22/9/11 foi aniversário do Rio Tietê. Nos meses de agosto/setembro uma equipe de Televisão percorreu grandes extensões desse Rio, analisando por meio de um equipamento, as concentrações de gás oxigênio (mg/L) na água. Em poucos locais do Rio, a concentração de oxigênio foi boa ou ótima (acima de 5,0 mg/L). Isto se deve

a) à grande atividade aeróbia decorrente do excesso de matéria orgânica de origem doméstica.
b) à grande quantidade de plantas macrófitas como o Aguapé e a Pistia(alface d’água).
c) ao maior movimento da água devido a correntezas e quedas d’água.
d) à grande atividade anaeróbia realizada pelos decompositores como bactérias.
e) à grande quantidade de algas que produzem o oxigênio na fotossíntese.

Gab: C

05 – (UEG GO/2012) O termo eutrofia, atribuindo conotação de aumento de fertilidade em ecossistemas aquáticos continentais, foi utilizado originalmente por piscicultores alemães, que adicionavam carbonato de cálcio aos tanques de piscicultura. Posteriormente, esse termo foi substituído por eutrofização, definido como o aumento na concentração de nutrientes, especialmente de fósforo e nitrogênio, nos ecossistemas aquáticos. Os poluentes que podem causar a eutrofização das águas de lagos são, respectivamente,

a) óleos e detergentes.
b) óleos e fertilizantes.
c) óleos e metais pesados.
d) fertilizantes e detergentes.

Gab: D

06 – (PUC RJ/2012) Durante o processo de eutrofização dos ambientes aquáticos, podem ocorrer as seguintes etapas:

a) contaminação da água por esgotos domésticos, proliferação de algas e de bactérias decompositoras, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.
b) contaminação da água por petróleo, morte de peixes, proliferação de bactérias, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.
c) contaminação da água por esgotos domésticos, aumento na quantidade de matéria orgânica e oferta de alimentos, aumento na concentração de oxigênio e proliferação de peixes.
d) contaminação da água por metais pesados, mortandade de peixes, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.
e) contaminação da água pelo excesso de gás carbônico produzido por atividades humanas, aumento da acidez da água, mortandade de peixes.

Gab: A

Dica 3: Revise também a poluição sonora, térmica e radioativa! Tem curiosidades sobre Chernobyl e Fukushima!

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.