Exercícios sobre Escola de Frankfurt

Teste seus conhecimentos sobre Escola de Frankfurt com exercícios do Enem e de vestibulares! São 10 questões com gabarito e um resumo para relembrar das principais ideias!

A Escola de Frankfurt e o conceito de indústria cultural sempre aparecem em questões de Filosofia e Sociologia do Enem e vestibulares. Por isso, prepararmos um resumo e uma lista de exercícios sobre Escola de Frankfurt para você se preparar para as provas!

Resumo sobre Escola de Frankfurt

Na Alemanha do século XX, um grupo de pensadores se reuniu na criação do Instituto de Pesquisa Social. A instituição ficou amplamente conhecida como a Escola de Frankfurt.

Criadores da Escola de FrankfurtNúcleo fundador da Escola de Frankfurt que cunhou o termo indústria cultural

A escola tinha como seu alicerce o pensamento Marxista, juntamente com as teorias de Friedrich Nietzsche e Sigmund Freud. Ela reuniu alguns dos mais importantes pensadores da Alemanha que, por sua vez, se inspiraram em renomados autores germânicos para criar a Teoria Crítica.

A Teoria Crítica é uma análise de mundo centrada na reflexão sobre o capitalismo, o Iluminismo e a Revolução Industrial, inspirados no pensamento marxista.

Os principais nomes da Escola de Frankfurt foram Theodor Adorno, Max Horkheimer, Jürgen Habermas e Walter Benjamin.

Indústria cultural

Indústria cultural é um conceito criado pelos pesquisadores Theodor Adorno e Max Hokheimer, em 1947. Ambos fugiram da Alemanha durante a ascensão do Nazismo e foram para os EUA, onde havia um capitalismo bastante avançado.

Eles desenvolveram uma análise voltada aos meios de comunicação. Isso porque observaram como a cultura e os meios de comunicação começaram a produzir um tipo específico de conteúdo – de massas -, que extrapola o sentido da arte e que se relaciona à ideologia dominante.

Dessa forma, os bens culturais se tornam mercadorias e a cultura se massifica, sendo altamente distribuída. Esse processo é chamado de massificação da cultura que, por sua vez, gera homogeneização das pessoas, do conteúdo, da reflexão.

O conteúdo disseminado por esses meios de comunicação visam produzir no espectador a aceitação da cultura dominante em vez de gerar pensamento crítico. Assim, através da massificação dos bens culturais, o capitalismo faz com que o trabalhador, em seu momento de lazer, sofra um processo de alienação. O lazer torna-se, desse modo, prolongamento do trabalho.

Videoaula

Antes de partir para os exercícios sobre Escola de Frankfurt, assista ao vídeo do professor Alan sobre indústria cultural:

Exercícios sobre Escola de Frankfurt

Saiba como pensadores da Escola de Frankfurt caem no Enem e nos vestibulares com a lista de questões:

.

Ana Cristina Peron

Ana Cristina Peron é formada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. É redatora do Curso Enem Gratuito e do Blog do Enem.
Categorias: Simulado Filosofia, Simulados Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.