Hidrosfera – Rios, Lagos e Bacias Hidrográficas: Geografia Enem

Entenda como os Rios, Lagos e as Bacias Hidrográficas de um país compõem todo um sistema de Hidrografia. Confira aula gratuita para aprender o básico da Geografia sobre o tema das Águas. Vem!

Opa, tudo tranquilo? Quando se pensa em hidrosfera, muitas vezes, a primeira coisa que se faz relação são com os oceanos, certo?

Pois bem, a Terra tem sim essa dependência das águas dos oceanos, porém, eles não são as únicas fontes de água, até porque nós temos as chamadas, águas continentais superficiais – os rios e lagos. Vamos revisá-los?

Os rios e lagos são considerados águas continentais por estarem presentes nas terras emersas. A maioria das formações dos rios e lagos, está associada ao afloramento de águas subterrâneas, formando as nascentes. Porém, não é a única forma para isso, pois contamos com o derretimento de geleiras e neve em alguns locais no mundo.

Fatores que influenciam os Rios:

  • Relevo: o relevo vai influenciar na velocidade das águas do rio, pois se ele for em área de planície, as águas correm mais lentamente. Se for em áreas de planaltos, com quedas d´água, a velocidade será maior.
  • Clima: em vários rios, os climas influenciam diretamente, mudando o volume de água, como os períodos de estiagens ou de chuvas.

Conceitos básicos sobre os rios

  • Nascente – local de início do rio.
  • Leito – trajeto percorrido pelo rio.
  • Margem – limitador do rio, acompanhando o volume de água.
  • Jusante – segue o fluxo do rio.
  • Montante – segue o fluxo contrário do rio.

 

  • Foz – saída do rio, podendo ser em estuário (sem a presença de sedimentos), delta (com a presença de sedimentos, geralmente em forma de ilhas) e mista (a presença de uma parte em delta e outra em estuário).
  • Regime – é a forma que o rio consegue a água, podendo ser: pluvial (chuvas), nival (derretimento da neve), glacial (derretimento do gelo) ou mista (mais de uma ocorrência no mesmo rio).
  • Drenagem – onde a água do rio é liberada, podendo ser: exorréica (libera para os oceanos), endorréica (libera para outro rio ou lago), arréica (o fluxo de água acaba antes de chegar na foz) e criptorréica (libera em uma caverna).
  • Bacia Hidrográfica – região banhada por vários rios.
  • Rede Hidrográfica – trata-se apenas dos rios em si, não importando o que tem além da margem.

Resumo Enem sobre Hidrografia

Confira com o professor Rafael Carrieri um resumo simples e rápido sobre a formação dos Rios no Brasil:

Muito bom este resumo. Bora continuar.

– LAGOS

Os lagos podem ser os naturais, aqueles de origem de nascentes ou que recebem águas dos rios ou podem ser artificiais, no qual, o homem por décadas desenvolve técnicas para represar a água, como os lagos de represas de hidrelétricas, por exemplo.

Alguns lagos estão “sumindo”, como o Mar Morto, que com o processo de evaporação, está diminuindo gradativamente. Outro motivo é a própria utilização das águas.

Cuidado, quando se tem contato com o mar, é chamado de LAGUNA, ok? Então, fechamos este conteúdo por aqui.

1

As Bacias Hidrográficas do Brasil

Veja um resumo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil:

  • 1 Amazônica;
  • 2 Tocantins-Araguaia;
  • 3 São Francisco;
  • 4 Paraguai;
  • 5 Paraná;
  • 6 Uruguai.
  • Veja o resumo completo para você mandar bem nas questões sobre o ciclo da água, a formação dos rios, e a importância econômica e ambiental deles Cai em Geografia e Meio Ambiente no Enem, no Encceja e nos vestibulares. Aula Gratuita.

 

Caso tenha ficado com alguma dúvida, dá uma olhadinha na videoaula e depois faça os exercícios para ficar bem afiado(a) neste assunto, ok? Bons estudos!

Resumo Gratuito sobre a Crise Hídrica no Brasil.

Muito boa a estratégia didática do professor Carrieri. Um campeão!

Exercícios

1 – Para a produção da hidreletricidade, o local depende primeiramente da energia solar, pois as águas vão das localidades mais baixas para as localidades mais altas pela evaporação e posterior precipitação.

Baseado nesta introdução, assinale a única opção que indica o melhor local para produção de hidreletricidade.

a) Rios localizados em terrenos planos.

b) Rios localizados em regiões de clima tropical.

c) Rios localizados em regiões de clima quente e com desnível de terreno.

d) Rios formados em localidade onde as nascentes são intermitentes.

e) Rios de planícies.

2 – (UNOPAR) A expressão “Bacia Hidrográfica” pode ser entendida como:

a) o conjunto das terras drenadas ou percorridas por um rio principal e seus afluentes.
b) a área ocupada pelas águas de um rio principal e seus afluentes no período normal de chuvas.
c) o conjunto de lagoas isoladas que se formam no leito dos rios quando o nível de água da água baixa.
d) o aumento exagerado do volume de água de um rio principal e seus afluentes quando chove acima do normal.
e) o lago formado pelo represamento das águas de um rio principal e seus afluentes.

3 – Uma bacia hidrográfica representa toda a área em que há uma mesma drenagem de água, envolvendo sempre um rio principal e os seus afluentes e subafluentes, que, juntos, formam uma rede hidrográfica. A consideração principal para distinguir ou “separar” uma bacia hidrográfica da outra é:

a) a extensão do rio principal

b) o limite entre os divisores de água

c) a hierarquia que compõe a rede hídrica

d) a quantidade de chuvas e suas direções

e) as oscilações nas formas de relevo

GABARITO

1 – C

2 – A

3 – B

Os textos e exemplos acima foram produzidos pelo professor Leandro, formado em Geografa pela Udesc. Leandro é professor de Geografia em escolas da Rede Particular de Ensino da Grande Florianópolis.