Veja como fazer Interpretação de Texto. É o que mais cai no Enem

Interpretação de texto é o processo em que, após compreender a leitura, você analisa e estabelece conclusões sobre o que está escrito e realiza conexões entre ideias. Cai direto

Você já sabe que treinar a interpretação de texto é a principal técnica para ter sucesso nas provas. A interpretar é a sua principal aliada ao lado do conhecimento prévio dos conteúdos que são cobrados nas quatro provas. Além disso, interpretação de texto no Enem é o que mais cai. Saber interpretar um texto é uma habilidade fundamental na vida escolar, acadêmica e em situações do cotidiano.

Introdução à interpretação de texto

Introdução à Interpretação de Texto no Enem – Resumo rápido com a professora Mercedes, do canal do Curso Enem Gratuito.

Para você seguir avançando, veja uma coleção de dicas dicas que podem tornar a sua compreensão e interpretação de texto mais rápidas e eficazes. Identificar as ideias principais do texto, o objetivo do autor e o tipo de linguagem utilizada são aspectos fundamentais que examinaremos ao longo desta aula.

1- Identificar os conceitos do texto

Primeiramente, para iniciar a interpretação do texto, devemos decompô-lo em suas “ideias básicas”. Qual é o foco do texto? Quais são os principais conceitos definidos pelo autor? Dessa forma, o significado do texto vai “saltar aos olhos” do leitor.

2- Reler o texto pausadamente

Para isso, o ideal é começar fazendo uma leitura dinâmica a fim de captar sua ideia principal. Em seguida, é importante ler novamente para que possa ser feita uma análise mais profunda. O ideal é fazer a interpretação de texto  no Enem parágrafo a parágrafo.

A fim de que você compreenda como fazer essa operação, faremos a interpretação do primeiro parágrafo de um texto como exemplo.

Exemplo de interpretação de texto

“Sigmund Freud (1859 – 1939) conseguiu acender luzes nas camadas mais profundas da psique humana: o inconsciente e subconsciente. Começou estudando casos clínicos de comportamentos anômalos ou patológicos, com a ajuda da hipnose e em colaboração com os colegas Joseph Breuer e Martin Charcot (Estudos sobre a histeria, 1895).

Insatisfeito com os resultados obtidos pelo hipnotismo ele  inventou o método que até hoje é usado pela psicanálise: o das ‘livres associações’ de ideias e de sentimentos, estimuladas pelo terapeuta por palavras dirigidas ao paciente com o fim de descobrir a fonte das perturbações mentais.

Para este caminho de regresso às origens de um trauma, Freud se utilizou especialmente da linguagem onírica dos pacientes, considerando os sonhos como compensação dos desejos insatisfeitos na fase de vigília.

Mas a grande novidade de Freud, que escandalizou o mundo cultural da época, foi a apresentação da tese de que toda neurose é de origem sexual”. 

 D’ ONOFRIO, Salvatore. Freud. Dicionário de Cultura Básica.

O primeiro conceito do texto

Inicialmente, no primeiro parágrafo do texto, o autor afirma que Sigmund Freud ajudou a ciência a compreender os níveis mais profundos da personalidade humana, o inconsciente e subconsciente. Portanto, essa é a ideia principal do primeiro parágrafo.

As informações que vêm em seguida servem para corroborar o que foi dito no início do parágrafo. Se a primeira frase afirma o que Freud fez, a segunda explica como ele fez. Dessa maneira, o autor informa que Freud utilizou a hipnose como uma metodologia e fez seus estudos com a colaboração de outros cientistas.

Essa é, inclusive, uma dica útil para quando você for escrever uma redação. Inicie o parágrafo com uma frase afirmativa e utilize as frases seguintes para explicar melhor ou justificar a primeira ideia exposta.

Depois de ver como interpretamos o primeiro parágrafo, repita o processo nos parágrafos seguintes para já começar a treinar sua interpretação de texto.

4- Identificar o objetivo central do texto

A fim de que você tenha certeza de que teve uma boa compreensão e interpretação de texto, é preciso identificar o objetivo do autor ao escrevê-lo. No texto sobre Freud, por exemplo, podemos inferir que o autor tinha o objetivo de informar que o psicanalista desenvolveu um método próprio de analisar a mente humana. Todas as informações presentes no texto possuem essa finalidade comum.

Para entender o objetivo do texto, você pode fazer algumas perguntas enquanto faz sua leitura:

  • Qual a ideia que o motivou a escrevê-lo?
  • O que ele gostaria que os leitores soubessem?
  • O que todos os parágrafos têm em comum?
  • Se eu fosse contar sobre este texto para alguém em poucas palavras, o que eu diria?

É claro que não existe uma única interpretação correta de um texto, e você pode ter uma leitura diferente da almejada pelo autor. Mas é importante entender a mensagem que está sendo transmitida para poder formar uma opinião embasada em fatos, sem ruídos de comunicação.

5- Analisar a linguagem textual

A análise da linguagem escolhida pelo autor é outro elemento fundamental na compreensão e interpretação de texto. Pense nas conversas que você tem com seus amigos no WhatsApp e num e-mail que você precisa enviar para seu professor, por exemplo.

Se você escrevesse o e-mail utilizando a mesma linguagem que usa com seus amigos, seu professor a interpretaria de uma forma. Mas se enviasse a mensagem num tom mais formal, ele a interpretaria de outra maneira, não é?

As palavras, expressões, gírias, formas e até mesmo a pontuação deixam transparecer as intenções de um texto. Podem indicar se o texto pretende informar, convencer, emocionar, entreter, entre outros. Por isso, é sempre útil se perguntar porque o autor utilizou determinada linguagem e não outra para escrever.dicas de interpretação de texto

 

Dicas de interpretação de texto no Enem

Esses foram os aspectos fundamentais para fazer a leitura e a interpretação de um texto. No entanto, tem mais algumas coisas que você pode fazer para melhorar sua compreensão de um texto. Veja a seguir.

Sublinhe as partes que você considera mais importantes

Mas cuidado para não acabar sublinhando o texto inteiro! O ideal é sublinhar após já ter lido o texto uma vez. Assim, você vai conseguir identificar melhor as ideias chave do texto.

Reescreva o texto

Tentar expressar as ideias do autor com suas próprias palavras faz com que você realmente entenda um texto. Também vale fazer resumos, mapas mentais, fichas, enfim, o que funcionar para você. Existem situações que você não vai ter tempo para fazer isso, como em vestibulares. Mas cultivar essa prática vai te deixar mais treinado para fazer a interpretação de um texto.

Leia muito!

Esse é um clichê que sempre é repetido por todos que falam sobre interpretação de texto. No entanto, quanto mais você lê, mais você pratica a interpretação de texto e todo o processo se torna mais fácil. Como tudo na vida, interpretação precisa de treino. E quanto maior a diversidade do material que você ler, melhor. Dessa maneira, você cria familiaridade com diferentes temas e formatos.

Para finalizar a aula, veja este vídeo gratuito sobre intertextualidade com a professora Camila:

Questões sobre interpretação de texto no Enem

TEXTO I 

“RIO – Com dois gols de um iluminado Robinho, que entrou na segunda etapa, o Real Madrid derrotou o Recreativo por 3 a 2, fora de casa, em partida da 26ª rodada do Campeonato Espanhol. Raul fez o outro gol do time de Madri, com Cáceres e Martins marcando para os anfitriões. O Real vinha de duas derrotas consecutivas na competição, justamente as partidas em que o craque brasileiro, machucado, esteve fora.” (O Globo on line – 02/03/08)

1) Qual é o interlocutor preferencial e as informações que permitem você identificar o interlocutor preferencial do texto?

TEXTO II – O problema ecológico

Se uma nave extraterrestre invadisse o espaço aéreo da Terra, com certeza seus tripulantes diriam que neste planeta não habita uma civilização inteligente, tamanho é o grau de destruição dos recursos naturais. Essas são palavras de um renomado cientista americano. Apesar dos avanços obtidos, a humanidade ainda não descobriu os valores fundamentais da existência.

O que chamamos orgulhosamente de civilização nada mais é do que uma agressão às coisas naturais. A grosso modo, a tal civilização significa a devastação das florestas, a poluição dos rios, o envenenamento das terras e a deterioração da qualidade do ar. O que chamamos de progresso não passa de uma degradação deliberada e sistemática que o homem vem promovendo há muito tempo, uma autêntica guerra contra a natureza.  Texto de Afrânio Primo. Jornal Madhva (adaptado).

1) Segundo o Texto II, o cientista americano está preocupado com:

(A) a vida neste planeta.
(B) a qualidade do espaço aéreo.
(C) o que pensam os extraterrestres.
(D) o seu prestígio no mundo.
(E) os seres de outro planeta.

2) Para o autor, a humanidade:

(A) demonstra ser muito inteligente.
(B) ouve as palavras do cientista.
(C) age contra sua própria existência.
(D) preserva os recursos naturais.
(E) valoriza a existência sadia.

3) Da maneira como o assunto é tratado no Texto III, é correto afirmar que o meio ambiente está degradado porque:

(A) a destruição é inevitável.
(B) a civilização o está destruindo.
(C) a humanidade preserva sua existência.
(D) as guerras são o principal agente da destruição.
(E) os recursos para mantê-lo não são suficientes.

GABARITO

Texto I – 1) Leitores que gostem de futebol.
A linguagem peculiar desse tipo de texto: partida, fora de casa, campeonato, rodada etc.
Além dos nomes de times e o conhecimento sobre a estrutura de um campeonato.

Texto II – 1. A; 2. C; 3. B.

Mandou bem nas questões para ver o que você aprendeu sobre Interpretação de texto no Enem? Se ainda não gabaritou, veja uma aula de reforço sobre Interpretação de texto aqui.