Como fazer uma redação dissertativa-argumentativa no Enem

Veja como fazer a a redação dissertativa-argumentativa do Enem em apenas 4 parágrafos: um de introdução, dois de desenvolvimento e um de conclusão.

A estrutura para fazer a redação do Enem é diferenciada em relação aos demais vestibulares, pois exige que os candidatos demonstrem uma visão aplicada ou crítica sobre assuntos da atualidade. Esta é a pegada para o texto dissertativo-argumentativo para chegar à nota 1000. Confira como fazer uma redação passo a passo!

Como fazer uma redação para o Enem

O enfoque exigido pelo MEC inclui criar uma tese em relação ao tema apresentado no enunciado. Em seguida, é preciso estabelecer um ponto de vista (na introdução), os argumentos (no desenvolvimento), e uma proposta de intervenção (na conclusão). Esta é a sequência oficial sobre como fazer a redação do Enem.

Você quer uma redação Enem nota 1000? Então, vamos lá! Estas dicas vão ajudar você a produzir um bom texto dissertativo-argumentativo.

Estrutura da redação do Enem

O formato de texto exigido pelo MEC é de uma dissertação-argumentativa: um texto que possibilita que o candidato desenvolva uma tese, com argumentos e contra-argumentos ao longo da estrutura da redação.

A elaboração de um texto dissertativo-argumentativo pode ser divido nos três pontos que foram citados, e que você pode ver em detalhes ao longo deste post:

  1. Introdução (um parágrafo);
  2. Desenvolvimento (número variável de parágrafos);
  3. Conclusão (um parágrafo).

Estas três partes são essenciais no processo de como fazer a redação do Enem. Embora o número de parágrafos de desenvolvimento seja variável, a nossa dica é que você escreva dois. Se você ver modelos de redação nota mil, vai perceber que, na maioria, os candidatos escreveram textos com 4 parágrafos.

Estrutura de uma redação

Em seguida, vamos ver o passo a passo de como fazer a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

1- A introdução da redação

Confira com a professora Dani, do Curso Enem Gratuito, os elementos básicos de uma introdução para você mandar bem logo de cara! Em seguida, confira o passo a passo de como fazer uma introdução.

Tudo começa com uma boa introdução para conquistar os avaliadores. Aqui, você apresenta o tema e o enfoque que dará a ele. Seja sucinto, exponha a sua tese e mostre ao leitor a sua linha de raciocínio. Ao longo da sua dissertação, os seus argumentos devem ser usados para sustentar a tese que você construiu na introdução.

É no começo da redação, na largada do texto dissertativo-argumentativo, que você ‘sinaliza’ o caminho, indica o seu ponto de vista sobre o tema, e já mostra que sabe como fazer a Redação do Enem.

Mas você deve estar pensando: se a introdução compõe um parágrafo inteiro, o que eu escrevo além da tese? O parágrafo de introdução possui 3 elementos: contexto, tema e tese.

Para iniciar a introdução da redação, você precisa fazer uma contextualização. O contexto ou assunto é algo mais amplo do que o tema, mas que se relaciona com ele. Esse é um bom momento para você já citar algum repertório sociocultural, como um livro, um filme, uma música, um dado histórico ou estatístico.

Em seguida, você deve demonstrar como o contexto te leva ao tema. Evite copiar o tema de forma literal. Em vez disso, tente escrever com suas palavras.

Por fim, para fechar o seu parágrafo de introdução, você apresenta a sua tese. A fim de definir qual será a sua tese, você pode se perguntar: “o que eu acho sobre o tema?”. A partir da sua resposta, você vai conseguir formular o seu ponto de vista, ou seja, sua tese.

2- O desenvolvimento da redação

Depois da introdução, chega a hora de escrever o desenvolvimento da redação. É no desenvolvimento que você constrói os argumentos e faz a defesa de um ponto de vista. Faz parte da estratégia sobre como fazer a redação do Enem.

Portanto, apresente ideias que justifiquem a sua tese de forma consistente e também os seus argumentos. Coloque da forma mais clara possível os pontos abordados para o leitor entender o seu ponto de vista.

Use um parágrafo para cada argumento e analise todos os aspectos possíveis. Uma dica importante é pensar em uma frase principal para cada parágrafo, e a partir disso desenvolver um argumento completo em cada frase. É preciso exercitar para aprender como fazer a Redação do Enem.

3- Como fazer uma conclusão para a redação

Por fim, para terminar a redação do Enem, retome as ideias expostas na introdução junto com os principais argumentos que justifiquem a tese e encerre o texto. É na conclusão que você deve propor uma solução ao problema, uma intervenção, e que contemple a perspectiva dos direitos humanos.

Dê a solução a partir dos pontos levantados por você na sua redação. E lembre-se que a proposta de intervenção precisa ter uma ação, agentes, modo, efeitos e detalhamentos.

Ficou confuso sobre como construir uma proposta de intervenção com esses 5 elementos? Então confira a videoaula da professora Dani que ela te explica direitinho:

Informações importantes sobre como fazer uma redação

Como vimos, na redação do Enem você deve utilizar o estilo dissertativo-argumentativo e tentar convencer o leitor sobre o seu ponto de vista com argumentos consistentes e uma proposta de intervenção que contemple uma perspectiva de direitos humanos. É a receita sobre como fazer a redação do Enem para ter uma boa nota.

Mas temos mais algumas indicações importantes que vão te ajudar a alcançar uma nota excelente na redação do Enem e dos vestibulares:

  1. Use uma linguagem simples, mas sem apelar para o coloquialismo exagerado.
  2. Não repita palavras desnecessariamente, pois o texto fica pobre e cansativo.
  3. Busque sinônimos, especialmente quando você está treinando em casa e tem tempo para fazer isso.
  4. O seu vocabulário vai aumentar e vai ficar mais fácil pensar em palavras alternativas durante a prova.
  5. Seja objetivo. Tente não repetir argumentos, dizendo a mesma coisa várias vezes. Preze pela qualidade do seu texto.
  6. O seu texto deve ter ao menos três parágrafos, um para a introdução, um para o desenvolvimento e um para a conclusão.
  7. O ideal é que o seu desenvolvimento tenha ao menos dois parágrafos. Dessa forma, você pode expor dois argumentos diferentes para embasar a sua tese.
  8. Aponte soluções coerentes para o problema levantado, sem fazer críticas que não tenham fundamento.
  9. Por fim, releia o texto para corrigir pequenos erros e organizar a redação da melhor forma possível.
  10. Pense no seu interlocutor e se pergunte: “o meu ponto de vista ficou claro para o leitor?”.

Os temas da redação do Enem

O formato da redação é importante, mas conhecer o tema é fundamental. Por isso, é preciso que você esteja atualizado sobre assuntos que estão em alta nas revistas, jornais e outros veículos de comunicação.

Os temas da redação do Enem normalmente são de ordem social, cultural, política ou científica. Em 2013, por exemplo, o tema foi sobre o consumo de álcool e a direção de veículos.

Em 2014, o tema discutia propostas de controle sobre propaganda publicitária direcionada ao público infantil. Já em 2015, o tema foi a persistência da violência contra a mulher. No ano seguinte, em 2016, o tema foi a intolerância religiosa.

O acesso de surdos na escolarização regular foi tematizado em 2017. Em 2018 o tema da redação do Enem foi manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet. Por fim, em 2019 o tema da redação no Enem foi a democratização do acesso ao cinema no Brasil.

Videoaula sobre como fazer uma redação nota mil

Confira no vídeo em seguida, de apenas 5 minutos, uma aula especial com a professora Tharen Teixeira, do canal Curso Enem Gratuito, sobre como fazer a Redação do Enem com foco em tirar nota 1000.

10 dicas para uma boa redação do Enem

A coordenadora de Redação do Sistema SAS e do Colégio Ari de Sá, professora Larissa Souza, explicou as 10 dicas que os professores da equipe nacional que ela coordena ensinam aos alunos para mandar bem no texto dissertativo-argumentativo.

Então, se a sua meta é buscar uma boa nota na correção da Redação do próximo exame, confira abaixo as dicas da Larissa sobre como fazer uma redação:

1- Leia sobre atualidades

Os temas da Redação Enem focam em questões atuais e pertinentes à sociedade brasileira. Por isso, estar atento ao que acontece no Brasil e no mundo é fundamental para se ter familiaridade com a possível temática abordada.

2- Aprofunde seu conhecimento sobre história, filosofia e sociologia

Conhecimentos acerca de história, filosofia e sociologia são elementos-chave para dar embasamento à argumentação. Assim, estudar os principais conceitos filosóficos e sociológicos, bem como fundamentos históricos, pode conferir à argumentação uma fundamentação teórica produtiva.

3- Leia a proposta e os textos motivadores com atenção

A primeira tarefa fundamental para construção de uma boa redação é, antes da escrita, a leitura. Ler a proposta com atenção e analisar como os textos motivadores encaminham a discussão do recorte temático é imprescindível à compreensão exata daquilo que a proposta está exigindo dos candidatos.

4- Construa sua tese

Depois de compreender a proposta, é necessário que se pense em qual posicionamento seguir a respeito do tema. É preciso refletir sobre o ponto de vista a ser defendido de forma que se consiga desenvolvê-lo consistentemente.

5- Organize e esquematize suas ideias

Ao se analisar como defender uma tese, é comum que muitas ideias surjam acerca do conhecimento existente sobre o tema. Por isso é importante estabelecer uma relação coerente entre essas ideias e, a partir disso, esquematizá-las, principalmente se esse esquema for feito no papel, para que se possa “enxergar” o que foi pensado para o texto.

Redação Enem nota mil

6- Selecione os argumentos

Com ideias diversas para pôr no papel, é indispensável que haja uma seleção daquilo que foi pensado a fim de que a argumentação seja consistente, visto que não há como desenvolver várias ideias bem embasadas em apenas 30 linhas. A seleção adequada dos argumentos é essencial para que a redação não consista apenas em exposição de informações e opiniões.

7- Estruture sua redação

Após a seleção dos argumentos, é preciso saber como estruturá-los de modo que se desencadeiem de forma coesa e coerente para que se possa construir um texto claro e objetivo. Além disso, é preciso que o texto cumpra sua função de convencer o leitor, no caso o corretor Enem, quanto à tese pretendida. Nesse sentido, é imprescindível o uso adequado e diversificado de recursos coesivos.

8- Revise seu texto

Após finalizada a escrita do texto, é necessário fazer uma revisão do que foi escrito. Essa revisão será mais proveitosa se tiver apenas um objetivo. Por exemplo: o escritor pode fazer uma leitura à procura de possíveis erros de escrita e de gramática ou ler o texto em busca de incoerências entre os argumentos.

9- Treine sua escrita

Para fazer uma boa redação, é essencial que haja treino constante. Escrever textos semanalmente (ou às vezes até mais de um por semana) fará a escrita fluir mais facilmente, além de estabelecer mais proximidade com uma variedade maior de temas.

10- Busque corrigir seus erros

Por fim, a cada correção feita das redações, é fundamental analisar e entender os erros cometidos para aprimorar a escrita até que eles não se repitam.