O que são lipídios: tipos, funções e alimentos ricos em lipídios

Os lipídios, conhecidos popularmente como gorduras e óleos, são moléculas orgânicas compostas principalmente de carbono, hidrogênio e oxigênio. Aprenda o que são lipídios, suas funções, classificação e veja quais são os alimentos ricos em lipídios!

Neste resumos sobre lipídios, vamos explicar tudo sobre essas moléculas tão importantes da Biologia. Leia o conteúdo da aula e, ao final, responda ao simulado com 10 questões sobre lipídios!

O que são lipídios

Os lipídios, conhecidos popularmente como gorduras e óleos, são moléculas orgânicas compostas principalmente de carbono, hidrogênio e oxigênio. Quimicamente, os lipídios são moléculas de ácidos graxos associados ao álcool, geralmente o glicerol.

Características dos lipídios

Os lipídios são fisicamente caracterizados por serem insolúveis em água. Porém, eles são solúveis em outros solventes orgânicos como o álcool, querosene, éter e benzina.

Isso ocorre pelo fato de os lipídios serem apolares. Ou seja, as moléculas dos lipídios não formam polos positivos e negativos como as moléculas de água. Os lipídios mais comuns nos alimentos são compostos de moléculas formadas de álcoois unidos a ácidos de cadeias longas, que chamamos de ácidos graxos. Estes tipos de moléculas são classificados como ésteres. Portanto, os principais lipídios são ésteres de álcoois com ácidos graxos.

O fato de os lipídios serem insolúveis em água permite que eles possam ser armazenados de maneira mais concentrada do que os carboidratos que, hidratados, ocupam maior volume.

Funções dos lipídios

Os lipídios desempenham diferentes funções para o funcionamento do organismo. Veja quais são as principais funções dos lipídios:

Reserva de energia

Uma das principais funções dos lipídios é a de reserva de energia, pois eles constituem a segunda opção energética das células. A primeira fonte, você já sabe, são os carboidratos. Isso significa que os lipídios são substâncias muito eficientes para reservar energia. Por exemplo, 1g de lipídio libera mais que o dobro de energia (9kcal) de 1g de carboidrato (4kcal).

Isolante térmico

Os lipídios funcionam como isolante térmico uma vez que, em geral, as células que armazenam gordura se situam logo abaixo da pele, na hipoderme. Assim, alguns seres vivos utilizam essa camada de gordura (ampliada durante os períodos de grande abundância de nutrientes) para resistir a períodos de frio. Ou seja, os lipídios são isolantes térmicos, pois o tecido adiposo em animais homeotérmicos (aves e mamíferos) auxilia na manutenção da temperatura corpórea.

Composição das membranas biológicas

A função estrutural dos lipídios diz respeito à sua presença na composição das membranas de todas as células, na forma de fosfolipídios. O maior exemplo é a membrana plasmática, que é composta de uma bicamada de fosfolipídios, proteínas e carboidratos.

Isolante elétrico

Os lipídios também estão presentes em volta das células nervosas, formando a bainha de mielina, que funciona como isolante elétrico do impulso nervoso.

lipídios como isolante térmico

Alguns lipídios participam ainda da constituição de vitaminas e hormônios.

Transporte de vitaminas

Os lipídios também auxiliam na absorção das vitaminas A, D, E e K, que são lipossolúveis, isto é, se dissolvem em gordura. Dentro do corpo humano, essas vitaminas são transportadas por lipídios, que permitem sua absorção pelo organismo.

Produção de hormônios

Outra função dos lipídios está relacionada à produção de hormônios esteroides, como a testosterona e a progesterona.

Tipos de lipídios

Triglicerídeos

Os são compostos pelo glicerol, associado a três moléculas de ácidos graxos. Eles se dividem em gorduras e óleos.

Gordura

A gordura possui ácidos graxos saturados, o que garante sua consistência sólida em temperatura ambiente. Apresenta função principal de reserva energética, ou seja, depósito.

gordura animal como fonte de lipídiosO triglicerídeo, na forma de gordura, pode ser de origem animal, como a gordura do tecido adiposo do boi ou do humano. Também apresenta origem vegetal, como manteigas de cacau e coco.

Óleo

É formado por ácidos graxos insaturados, garantindo consistência líquida à temperatura ambiente. Pode ser de origem animal, como óleo de baleia e de bacalhau. A maioria dos óleos é de origem vegetal, como óleo de oliva (azeite), soja, milho, linhaça, girassol, canola e amendoim.

gordura vegetal como fonte de lipídiosEsses óleos encontram-se em sementes de vegetais, apresentando função de reserva energética para a germinação. Sementes com alto teor de óleo são chamadas sementes oleaginosas.

Cerídeos

Os cerídeos são compostos por um álcool diferente do glicerol, possuindo consistência sólida. Sua principal função é impermeabilização, evitando a perda de água em superfícies sujeitas à desidratação. Pode ser de origem animal, como a cera de abelha, constituindo a colmeia, e cera do ouvido, protegendo o canal auditivo.cera de abelha

Os cerídeos também podem ser de origem vegetal. Alguns exemplos são as ceras extraídas da carnaúba e do babaçu e as que envolvem o caule de cactos e a superfície de frutos como a maçã.maçã

Esteroides

Os esteroides apresentam uma estrutura química marcada pela presença de quatro anéis interligados. O colesterol é o exemplo mais conhecido, sendo de grande importância no funcionamento do organismo. Está presente na membrana plasmática da célula, garantindo sua fluidez, e também é encontrado formando hormônios sexuais, como estrógeno e testosterona. O colesterol é encontrado exclusivamente em animais.

estrutura do colesterol
aula_03_img10.jpg

A alta taxa de colesterol é prejudicial, uma vez que o excedente pode se acumular na parede interna de vasos sanguíneos, dificultando a circulação e endurecendo esses vasos, causando uma doença chamada arteriosclerose.

O colesterol da alta densidade, HDL, dito bom, absorve as partículas de colesterol que começam a se depositar nas paredes dos vasos. O colesterol de baixa densidade, LDL, dito ruim, estimula o acúmulo de colesterol nas paredes dos vasos.

Fosfolipídios

Os fosfolipídios são os lipídios associados ao ácido fosfórico. São moléculas anfipáticas, ou seja, uma região (cabeça) é hidrofílica, e outra região (cauda) é hidrofóbica. fosfolipídiosPortanto, parte da molécula se combina com a água, e parte, não. São importantes, pois são encontrados formando a membrana plasmática de todas as células.

Alimentos ricos em lipídios

Agora que já vimos as diversas funções dos lipídios e sua importância para o funcionamento do nosso organismo, vamos conhecer algumas fontes de lipídios.

Como os lipídios podem ser de origem vegetal ou animal, vamos dividir nossa lista de alimentos ricos em lipídios de acordo com essa classificação.

Alimentos ricos em lipídios de origem vegetal

  • Abacate
  • Coco
  • Azeite de oliva
  • Castanha-do-Brasil (castanha-do-Pará)
  • Nozes
  • Amêndoas
  • Linhaça

Alimentos ricos em lipídios de origem animal

  • Carne bovina
  • Ovos
  • Leite
  • Manteiga
  • Queijo

Pela lista acima, percebe-se que as maiores fontes de lipídios presentes na nossa dieta são o leite e seus derivados, as carnes, os ovos e os óleos vegetais.

Questões sobre lipídios

Questão 1 (UCS – RS) Em uma refeição composta por arroz, feijão, bife, verdura cozida, salada crua, suco de fruta e doce de sobremesa, não aproveitamos como nutriente a substância denominada:

a) sacarose

b) frutose

c) celulose

d) aminoácido

e) ácido ascórbico

Questão 2 (ACAFE-SC) Complete as lacunas corretamente.

Os carboidratos que não sofrem hidrólise, de fórmula geral Cn(H2O), são denominados _______, como, por exemplo, a _______, e a associação de monossacarídeos origina os _______, como a _______.

a) Monossacarídeos, galactose, oligossacarídeos, lactose.

b) Monossacarídeos, lactose, oligossacarídeos, galactose.

c) Oligossacarídeos, lactose, monossacarídeos, galactose.

d) Oligossacarídeos, glicose, monossacarídeos, lactose.

e) Monossacarídeos, glicose, oligossacarídeos, galactose.

Questão 3 Óleos e gorduras são glicerídeos, um tipo de lipídio. Muitas sementes são oleaginosas (exemplo: soja), isto é, armazenam grande quantidade de óleo. Já as aves e os mamíferos armazenam gorduras no tecido adiposo, sob a pele.

a) Comente a importância da presença de óleo para o embrião das sementes oleaginosas.

b) Explique qual a vantagem adaptativa da camada gordurosa sob a pele apresentar-se especialmente desenvolvida em animais de clima frio, como os ursos polares.

Questão 4 (ENEM 2008)  Defende-se que a inclusão da carne bovina na dieta é importante, por ser uma excelente fonte de proteínas. Por outro lado, pesquisas apontam efeitos prejudiciais que a carne bovina traz à saúde, como o risco de doenças cardiovasculares. Devido aos teores de colesterol e de gordura, há quem decida substituí-la por outros tipos de carne, como a de frango e a suína. O quadro abaixo apresenta a quantidade de colesterol em diversos tipos de carne crua e cozida.Com base nessas informações, avalie as afirmativas a seguir.

aula_03_img12.jpg

I O risco de ocorrerem doenças cardiovasculares por ingestões habituais da mesma quantidade de carne é menor se esta for carne branca de frango do que se for toucinho.

II Uma porção de contrafilé cru possui, aproximadamente, 50% de sua massa constituída de colesterol.

III A retirada da pele de uma porção cozida de carne escura de frango altera a quantidade de colesterol a ser ingerida.

IV A pequena diferença entre os teores de colesterol encontrados no toucinho cru e no cozido indica que esse tipo de alimento é pobre em água. É correto apenas o que se afirma em:

a) I e II.    b) I e III.    c) II e III.    d) II e IV.    e) III e IV.