Locuções adjetivas: entenda o que são, veja exemplos e exercícios

Locuções adjetivas são expressões formadas por uma preposição ou por um substantivo que tenha função adjetiva. Para entender como funcionam as locuções adjetivas veja exemplos e exercícios no nosso resumo de gramática.

Locuções adjetivas são  expressões formadas por duas ou mais palavras, com valor de adjetivo. Entretanto, o adjetivo é a classe gramatical que serve para caracterizar, qualificar o substantivo. Mas a locução é a união de duas ou mais palavras em uma mesma “expressão”. Dessa forma ela possui valor semântico próprio, comportando-se assim como uma palavra só e exercendo a função de um único termo.

Agora que você já sabe o que são os adjetivos e as locuções separadamente, fica fácil de entender o que é uma locução adjetiva. No resumo de hoje vamos te ajudar a identificar como se dá o uso das locuções adjetivas com exercícios e exemplos de locuções adjetivas.

 

Entenda a função da locução adjetiva

As locuções adjetivas, evidentemente, possuem a função de enriquecer o discurso lexical. Ou seja, utilizando a locução adjetiva no texto isso faz com que ele se torne mais dinâmico, mais objetivo e até mais poético. Porém tudo isso depende do uso que se faz das locuções adjetivas.

Ainda assim, tenha em mente que as locuções adjetivas não são formadas por verbos, pois neste caso elas seriam orações.

A formação de uma frase com locuções adjetivas

locuções adjetivas exemplos
Veja acima exemplos do que seriam preposições para entender como elas se encaixam nas locuções adjetivas.

A maioria das locuções adjetivas é formada por uma preposição + um substantivo. Podemos dizer resumidamente que as preposições são palavras que estabelecem uma relação subordinativa entre dois ou mais termos de uma oração. E os substantivos são as palavras que nomeiam os seres em geral, reais ou imaginários. Simples assim.

Exemplos de locuções adjetivas

locuções adjetivas

Na tirinha acima vemos um exemplo clássico de locuções adjetivas. Para caracterizar a ilha nas placas foi utilizado a locução adjetiva das flores. Dessa forma as outras palavras serviram como adjetivos para uma locução adjetiva, aumentando assim o suspense da tira.

Veja alguns outros exemplos de locução adjetiva abaixo:

  • amor de mãe = amor materno
  • comportamento de criança = comportamento infantil
  • objetos de decoração = objetos decorativos
  • plano de governo = plano governamental

Exemplo de locuções adjetivas com  advérbio

As locuções adjetivas podem ser formadas também por uma preposição + um advérbio. Resumidamente, podemos dizer que advérbios funcionam de forma a conferir uma circunstância às palavras da frase que são modificadas por eles. A classe gramatical dos advérbios, na Língua Portuguesa, está diretamente relacionada aos Verbos. Os advérbios podem estar relacionados, também, a um adjetivo ou a outro advérbio.

Veja mais nos exemplos abaixo:

  • cardápio de hoje = cardápio hodierno
  • pneus de trás = pneus traseiros

Há ainda locuções adjetivas que correspondem a adjetivos eruditos, veja os exemplos:

  • de abelha = apícola
  • de abóbora  =  cucurbitáceo
  • de fábrica = fabril
  • de abutre  =   vulturino
  • de açúcar =  sacarino
  • e águia   =  aquilino
  • de aluno   =  discente
  • de fera = beluíno, feroz, ferino
  • da chuva = pluvial
  • do lago = lacustre

Considerações finais sobre as locuções adjetivas

Atenção mais uma vez: Nem sempre o significado da locução adjetiva corresponde ao significado do adjetivo a que ela se refere. Por exemplo: “Os pensamentos de Fernando eram infantis.” Neste caso, o adjetivo infantis não quer dizer que são pensamentos “da infância”, mas que são pensamentos imaturos, ou “sem maturidade”.

Exemplos gerais de locução adjetiva

Para que você tire todas as dúvidas sobre locuções adjetivas, dê uma última olhada nesses exemplos e veja se consegue identificar possíveis locuções no seu dia a dia. Apesar de parecer um tema muito complexo, as locuções estão presente em nosso cotidiano e nem nos damos conta disso.

Veja nos exemplos a seguir:

  • água de chuva – pluvial
  • água de rio – fluvial
  • ajuda de irmão – fraterna
  • força de leão – leonina
  • luz do sol – solar
  • olhar de gato – felino
  • carinho de pai – paterno
  • flores do campo – campestres
  • complicações do estômago – gástricas
  • cirurgia do coração – cardíaca
  • período da manhã – matutino
  • período da noite – noturno
  • força de fogo – ígnea
  • líquido sem cheiro – inodoro
  • ondas do mar – marítimas
  • faixa de idade – etária
  • indústria de tecidos – têxteis
  • região de lagos – lacustre
  • globo do olho – ocular
  • festas de junho – juninas
  • capa de chumbo  – plúmbea
  • aglomerado de ilhas – insular
  • alimento de proteína – proteico
  • sangue de veias  – venoso
  • região do tórax – torácico
  • olhar de virgem – virginal
  • estudos de sintaxe – sintáticos
  • corrente do vento – eólica
  • cordas da voz – vocais
  • dores na nuca – occipitais
  • crime por paixão – passional
  • dentes de marfim – ebúrneos ou ebóreos
  • voo de águia – aquilino

Agora que você já aprendeu sobre locuções adjetivas e viu os principais exemplos, ficou muito mais fácil, não é mesmo? Por isso, tenha certeza que você conseguirá gabaritar todos os exercícios a seguir, testando seus conhecimentos sobre as locuções adjetivas.

Video-aula

Assista ao vídeo sobre Locuções Adjetivas da professora Keyse Carvalho:

Exercícios

1- (UPM) Aponte a alternativa incorreta quanto à correspondência entre a locução adjetiva e o adjetivo:

a) glacial (de gelo); ósseo (de osso)

b) fraternal (de irmão); argênteo (de prata)

c) farináceo (de farinha); pétreo (de pedra)

d) viperino (de vespa); ocular (de olho)

e) ebúrneo (de marfim); insípida (sem sabor)

2- Estabeleça a correspondência adequada, levando em consideração os adjetivos destacados na primeira coluna e as locuções adjetivas, expressas na segunda:

(A) “ A chuva, em gotas glaciais, Chora monotonamente”
(Manuel Bandeira)

(B) “(…) a criancinha é um boneca de olhos cerúleos, mas já careca, que atende pelo nome de Rosinha(…)”
(Paulo Mendes Campos)

(C) “No céu plúmbeo a Lua baça Paira(…)” (Manuel Bandeira)

(D) “Não havia uma flor nas roseiras desertas, e esse riso estival dos púrpuros  gerânios(…)” (Manuel Bandeira)

( ) de verão
( ) da cor do céu
( ) de gelo
( ) de chumbo

3- (TFF)

Os acordos ———– dispensam interpretações de natureza —————-.

a) lusos-brasileiros – filosófico-científica
b) lusos-brasileiros – filosófica-científicas
c)  luso-brasileiros – filosófico-científica
d)  lusos-brasileiros – filosófica-científica
e)  luso-brasileiros – filosófica-científicas

4- Faça como no modelo:

a) Dores no estômago – dores estomacais

b) Instinto de irmão –
c) Campo da audição –
d) Olhar de gato –
e) Armamentos de guerra –
f) Faixa de idade –
g) Toque de mestre –
h) Protetor de orelha –
i) Grupo de professores –
j) Doença no pulmão –
k) Carências de proteína –

Gabarito

1: D;

2: D; B; A; C

3: C

4:

b – instinto fraternal
c – campo auditivo
d – olhar felino
e – armamentos bélicos
f – faixa etária
g – toque magistral
h – protetor auricular
i – grupo de docentes
j – doença pulmonar
k – carências proteicas