Biologia – Lombriga, filaria, ancilóstomo: O Filo dos Nematódeos

Lombriga, filaria e ancilóstomo são os representantes mais famosos do Filo dos Nematódeos. Porém, não há só parasitas neste grupo! Que tal saber um pouco mais? Revise aqui!

Lombriga, filaria, ancilóstomo e oxiúro são vermes que parasitam seres humanos, causando as verminoses. Estes vermes parasitas são os representantes mais famosos do Filo dos Nematódeos, Filo Nematoda ou Filo dos Nematelmintos. Porém, os parasitas representam uma pequena parcela das mais das 20.000 espécies já descritas para este filo. Os nematódeos são animais de corpo cilíndrico e alongado, assemelhando-se a um fio (daí o seu nome, do grego nemato = fio). São encontrados em ambientes aquáticos, terrestres e parasitando plantas e animais. Ficou interessado? Então, para se dar bem nas questões de Biologia do Enem e dos vestibulares, “bora” revisar o Filo dos Nematódeos?

lombriga - Nematódeos

Dica 1: Antes de continuar revisando o Filo dos Nematódeos, que tal dar uma espiadinha nas características básicas do Reino dos Animais? Então veja este super post com vídeo-aula do professor Rubens Oda e dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-reino-animais/

Para introduzir o assunto, veja esta vídeo-aula do professor Artur Ramos, do canal Kinapse do Youtube:

E aí, gostou do vídeo? Beleza! Agora, para tirar todas as suas dúvidas em relação ao Filo dos Nematódeos, veja o super resumo que preparamos para você:

Anatomia dos Nematódeos: Os nematódeos são animais de corpo alongado e cilíndrico, com extremidades afiladas, semelhantes a um fio. Geralmente medem entre 1mm e 5cm de comprimento, mas podem chegar a ter cerca de 50cm de comprimento, como no caso das lombrigas. São animais triblásticos, pseudocelomados e com o corpo coberto com uma película muito resistente, chamada de cutícula. A cutícula é secretada pela epiderme e é especialmente importante no caso dos nematódeos endoparasitas, pois os protegem, por exemplo, de sucos digestórios. Abaixo da epiderme, os nematódeos possuem uma camada de músculos longitudinais.

Dica 2: Que tal revisar também o Filo dos Cnidários? Então veja este post, com vídeo-aula super divertida do professor Paulo Jubilut e dicas da Professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/cnidarios-aguas-vivas-corais/

Sistema digestório dos nematódeos: Os nematódeos são os primeiros animais na escala evolutiva a apresentarem sistema digestório completo. Isto quer dizer que eles possuem sistema digestório iniciado em boca e finalizado em ânus. No caso dos machos, o sistema digestório finaliza com cloaca, pois eliminam fezes e espermatozoides por este orifício (as fêmeas possuem poro genital, por isso têm ânus e não cloaca). Geralmente a boca desses animais é circundada por lábios ou papilas sensoriais. A digestão nos nematódeos é tanto extracelular (no interior do tubo digestório), quanto intracelular.

Respiração dos nematódeos: Os nematódeos respiram através da superfície corpórea; por isso, eles não possuem estruturas específicas para esta função.

Circulação dos nematódeos: Os nematódeos também não possuem sistema circulatório. Sendo assim, o transporte de substâncias é feito através de difusão, uma vez que possuem poucas camadas de células. Além disso, no pseudoceloma há um líquido, que ajuda a transporta gases e outras substâncias. Esse líquido também atua como um esqueleto hidrostático, que dá sustentação ao corpo e auxilia na movimentação do animal.

Dica 3: Que tal revisar também o Filo dos Platelmintos? Então veja este post, com vídeo-aula do professor Artur Ramos e dicas da Professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-filo-platelmintos/

Sistema nervoso dos nematódeos: Assim como os platelmintos, os nematódeos possuem um sistema nervoso com gânglios (concentrações de células nervosas). Há dois grandes cordões nervosos: um ventral e um dorsal. Em volta da faringe, estes cordões formam um anel, de onde partem quatro outros cordões para a região frontal do animal: dois laterais (sensoriais), um ventral (sensorial e motor) e um dorsal (motor).

Reprodução: Geralmente os nematódeos são seres dioicos, ou seja, de sexos separados. Possuem dimorfismo sexual, sendo a fêmea comumente maior que o macho. Além disso, os machos possuem a parte posterior em forma de gancho, para poder se fixar à fêmea durante a cópula. Como dito acima, o macho possui cloaca, por onde são eliminadas as fezes e os espermatozoides. Na cloaca, os machos possuem espículas copulatórias que são evertidas e introduzidas na fêmea durante a reprodução. A fêmea possui (além do ânus) um poro genital na região anterior do corpo. A reprodução é feita de maneira sexuada, com fecundação interna. Veja na imagem a seguir a representação de algumas espécies de nematódeos e seus dimorfismos sexuais:

lombriga - Nematódeos

Dica 4: Precisa revisar mais conteúdos de biologia? Veja os vídeos de Biologia da Khan Academy já traduzidos para o Português pela equipe da Fundação Lemann no http://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/#videos
Dica 5: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.