Saiba tudo sobre os biomas brasileiros – Biologia Enem (parte 1)

Revise tudo sobre os biomas da Amazônia, da Mata Atlântica e da Caatinga para arrasar nas questões de Biologia e Geografia do Enem!

Os biomas são grandes ecossistemas terrestres com características vegetais próprias, assim como espécies e nichos ecológicos específicos. As características de um bioma são influenciadas principalmente pelos fatores macroclimáticos. Como o nosso país apresenta vasta extensão territorial, acaba também apresentando características climáticas regionais, que produzem diferentes paisagens e ecossistemas. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem seis biomas brasileiros bem definidos: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Campos Sulinos. Neste post estudaremos três destes biomas: Amazônia, Mata Atlântica e Caatinga. Você conhece as características desses biomas? Não? Então revise os biomas brasileiros e gabarite as questões de Biologia e Geografia do Enem e dos vestibulares!

Bioma Flores AmazônicaBioma da Floresta Amazônica: A floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo. A maior parte da Amazônia localiza-se em território brasileiro, do qual cobre cerca de 40%. No Brasil, encontramos Floresta Amazônica em nove estados: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia  e Tocantins. Além de ser a maior floresta tropical em extensão territorial, a Amazônia também possui a maior diversidade biológica. A Floresta Amazônica é uma floresta densa, com muita espécies de plantas em todos os extratos vegetais. Dentre as espécies de plantas podemos citar a seringueira (da qual é extraído o látex para a produção de borracha), o cupuaçu, o guaraná, palmeiras (como o açaí e o tucumã), a castanheira e o angelim. Nesta vegetação, encontram-se várias plantas com propriedades medicinais, como o quinino, utilizado no tratamento da malária. A fauna da Amazônia também merece destaque, contendo espécies de aves raras como a harpia (maior águia do mundo) e o uirapuru, várias espécies de mamíferos como a preguiça-real, onça-pintada e bugio, assim como inúmeras espécies de insetos e outros invertebrados. A Amazônia encontra-se fortemente ameaçada pela exploração madeireira e pelo avanço das monoculturas e criação de gado.

Floresta Amazônica

Para saber um pouco mais sobre a Floresta Amazônica, veja esta super videoaula do canal O Kuadro, do Youtube:

bioma da Mata AtlânticaBioma da Mata Atlântica: A Mata Atlântica, assim como a Amazônia, também é uma floresta tropical altamente biodiversa. Esse bioma estende-se por todo o litoral brasileiro e boa parte dos estados da região Sul, em montanhas e planícies litorâneas. Atualmente, a Mata Atlântica encontra-se em sério risco, pois está situada em regiões de grande ocupação humana e estima-se que exista apenas 7% de floresta original. Apesar de estar muito fragmentada, a Mata Atlântica apresenta grande importância social e ambiental. Este bioma regula e protege os principais recursos hídricos que abastecem cerca de 70% da população brasileira, além de proteger as encostas das serras onde ocorre. Nesta mata há grande diversidade de plantas (herbáceas, arbustivas e arbóreas), dentre as quais se destacam o pau-brasil, o jacarandá, a peroba, o cedro, a araucária e os ipês – todos ameaçados de extinção. A fauna também é bastante diversificada, como toda floresta tropical. Destacam-se o muriqui (maior primata das Américas), o mico-leão-dourado, a onça-pintada, o leão baio (também chamado de onça-parda ou puma), a araponga (ave considerada a “voz da Mata Atlântica”) e a jacutinga. A Mata das Araucárias (região onde a araucária predomina), segundo o IBGE está classificada dentro do bioma da Mata Atlântica. Porém, outras classificações consideram a Mata das Araucárias um bioma à parte.

Mico leão dourado

Para saber mais sobre a Mata Atlântica, veja esta videoaula do canal O Kuadro, do Youtube:

Para complementar seus conhecimentos sobre a Mata Atlântica, veja também esta videoaula sobre a Mata das Araucárias (lembre-se de que o IBGE não o considera um bioma):

Bioma da CaatingaBioma da Caatinga: A Caatinga (do tupi, caa = mata + tinga = branca) é uma savana que ocupa cerca de 11% do território brasileiro. Esse bioma possui uma vegetação constituída principalmente por plantas xerófitas, ou seja, plantas que possuem adaptações ao ambiente seco. Em épocas mais secas, muitas plantas da caatinga perdem suas folhas, diminuindo sua perda de água. Outras adaptações à seca são os espinhos, formados a partir da redução das folhas e encontrados principalmente em cactáceas, como o xique-xique. Na fauna da caatinga podemos destacar o gavião carcará, a cascavel e a ararinha-azul (já extinta na natureza).

caatinga

Para saber mais sobre a Caatinga, veja esta videoaula do canal O Kuadro, do Youtube:

Agora, que você já sabe tudo sobre a Amazônia, a Mata Atlântica e a Caatinga, tal testar seus conhecimentos?

01 – (UEPB/2011)   Observe o mapa fitogeográfico do Brasil, buscando identificar as principais formações vegetais de nosso país.

Biomas Braisleiros - Questão 1

Relacione a numeração presente no mapa com as informações a seguir, observando a correspondência correta entre as duas colunas.

(  )   Floresta Amazônica
(  )   Mata Atlântica
(  )   Mata de araucárias
(  )   Campos cerrados
(  )   Caatinga
(  )   Campos limpos ou pampas
(  )   Pantanal
(  )   Dunas ou manguezais

(A)  Tipo de floresta tropical localizada na região costeira, em planícies e montanhas. Apresenta grande biodiversidade, representada dentre outros pelo pau-brasil, paineira, onça-pintada, mono-carvoeiro, mutum e araponga.
(B)  Cobre cerca de 40% do território brasileiro. Seu solo é pobre em nutrientes graças à rápida degradação e reaproveitamento da matéria orgânica que nele se deposita.
(C)  Essa região apresenta chuvas regularmente distribuídas ao longo do ano e duas estações bem definidas: o inverno frio e o verão com temperaturas moderadas. Apresenta três estratos vegetais: o arbóreo (pinheirais), o arbustivo (samambaias arborescentes) e o herbáceo (gramíneas). É o habitat da gralha-azul.
(D)  Ocupa cerca de 11% do território brasileiro. Nessa região as chuvas são irregulares, as secas são prolongadas e as temperaturas elevadas. Sua vegetação apresenta adaptações ao acúmulo de água bem como mecanismos de proteção contra a sua perda. É o habitat do gavião-carcará, tatupeba e ararinha-azul, dentre outros.
(E)  Desenvolvem-se em estuários desde o Amapá até Santa Catarina. As plantas desse ecossistema apresentam rizóforos e pneumatóforos. Esses ecossistemas contribuem para a produtividade das regiões costeiras, além de permitir a reprodução e a criação de espécies, como peixes, camarões e ostras.

Assinale a alternativa que apresenta a relação correta entre o ecossistema e suas características.

a) 3A, 8B, 4C, 6D, 2E.
b) 6A, 3B, 5C, 2D, 8E.
c) 4A, 1B, 7C, 3D, 6E.
d) 3A, 4B, 2C, 1D, 5E.
e) 7A, 6B, 8C, 4D, 1E.

Gab: D

02 – (UNIMONTES MG/2010)   A seca ou estiagem é um fenômeno climático causado pela insuficiência de precipitação pluviométrica, ou chuva, numa determinada região, por um período de tempo muito grande. A figura a seguir exemplifica uma preocupação a partir desse fenômeno. Analise-a.

Biomas Braisleiros - Questão 2

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que NÃO REPRESENTA uma justificativa para a pergunta indicada na figura.

a) Dificuldade de desenvolver agricultura e pecuária.
b) Temperaturas elevadas em grande parte do ano.
c) Região com arbustos de galhos retorcidos e poucas folhas.
d) Transposição do Rio São Francisco.

Gab: D

03 – (UFTM MG/2010)   Analise o gráfico.

Biomas Braisleiros - Questão 3

A e B representam dois importantes biomas brasileiros. No bioma A, é possível encontrar uma vegetação

a) com características xeromórficas e no bioma B, árvores com troncos retorcidos e cascas grossas.
b) rica em gramíneas e pteridófitas e no bioma B, árvores de grande porte e com copas sobrepostas.
c) rica em vegetais com rizóforos e no bioma B, orquídeas e bromélias sobre troncos de árvores.
d) pobre em cactáceas e gramíneas e no bioma B, plantas com características xeromórficas.
e) rica em gimnospermas e palmeiras e no bioma B, plantas arbustivas e gramíneas.

Gab: A

04 – (UEL PR/2003)     O Brasil apresenta diversos tipos de biomas. Relacione os biomas a seguir com as características de sua vegetação.

I. Floresta Amazônica
II. Cerrado
III. Caatinga
IV. Manguezal

(   ) Árvores baixas e arbustos que perdem as folhas periodicamente. Plantas xeromórficas.
(   ) Árvores com raízes escora e pneumatóforos. Ausência de vegetação herbácea.
(   ) Árvores de grande porte e ampla diversidade de espécies.
(   ) Árvores de pequeno porte e arbustos distribuídos de forma esparsa. Caules tortuosos com casca espessa e raízes profundas.

Assinale a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a seqüência correta.

a) III, I, IV e II.
b) II, IV, III e I.
c) II, IV, I e III.
d) II, I, III e IV.
e) III, IV, I e II.

Gab: E

05 – (UFAM/2003) Os ecossistemas formados em ambientes muito úmidos e quentes, onde se fixam árvores de grande porte de raízes muito profundas. Geralmente são matas muito escuras, tais matas são pobres em plantas herbáceas bem como em epífitas. Os “cipós” ou “lianas” são, entretanto, muito abundantes. Esse tipo de ecossistema de terra firme  é denominado de:

a) Tundras
b) Campos e campinas
c) Cerrados
d) Florestas tropicais
e) Mangues

Gab: D

06 – (UFSC/1999) Em 1500, quando o Brasil foi descoberto, a Mata Atlântica era uma impressionante floresta, densa e rica em variedade de espécies animais e vegetais.  Hoje, segundo algumas opiniões, a Mata Atlântica está reduzida a menos de 4% de sua área original e, apesar disso, mantém um dos maiores índices de biodiversidade dentre as demais florestas do planeta.

Biomas Braisleiros - Questão 6

Em relação a esse ecossistema e à análise da figura abaixo, que representa esquematicamente o seu perfil, assinale a(s) proposição(ões) VERDADEIRA(S).

(Floresta Ombrófila Densa da Encosta Atlântica de Santa Catarina. Retirado de Klein, 1979)

01. A figura mostra a estratificação vertical da floresta constituída por quatro estratos bem definidos.
02. As espécies epífitas podem ser representadas pelas orquídeas, enquanto as parasitas podem ser exemplificadas pelas ervas-de-passarinho.
04. Na figura, em A, temos o estrato superior, constituído pelas macrofanerófitas, que se caracterizam por grandes árvores emergentes, como as bromélias.
08. O palmiteiro e o xaxim ocupam o mesmo estrato da floresta.
16. A Mata Atlântica, a segunda maior floresta úmida do Brasil, foi a mais atingida pelo desmatamento.
32. O mico-leão, o sagüi e o gambá, espécies animais presentes nesse ecossistema, estão ameaçados de extinção.
64. As ações antrópicas, como o desmatamento, a queimada e a implantação de pastagens, apesar de estarem contribuindo para a destruição desse ecossistema, não estão alterando sua biodiversidade.

Gab: 19

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.