Biomas Terrestres: veja a Floresta Tropical, o Cerrado, e os Desertos. Biologia Enem

Vem com a gente revisar os biomas Floresta Tropical, Campos e Desertos para arrasar em Biologia e Geografia no Enem!

Biomas são grandes ecossistemas caracterizados por paisagens específicas, geradas pelo conjunto das características geográficas, climáticas e biológicas de certas regiões do planeta.

 

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

Existem seis grandes biomas terrestres: a Tundra, a Taiga, a Floresta Temperada (que você confere no post que contém a primeira parte deste assunto), a Floresta Tropical, os Campos e os Desertos.

Neste post iremos trabalhar três desses biomas: a Floresta Tropical, os Campos e os Desertos. Você conhece as principais características de cada um desses biomas? Não? Então revise os biomas terrestres com este super post, pois eles podem aparecer nas questões de Biologia e Geografia do Enem e dos vestibulares!

Bioma da Floresta Tropical:

As grandes florestas presentes nas regiões próximas à linha do Equador, constituem o bioma mais biodiverso da Terra: o bioma das florestas tropicais. Este bioma ocupa boa parte das Américas Central e do Sul, assim como algumas áreas da África. Da Ásia e da Austrália.

As florestas tropicais estão localizadas em áreas de temperaturas elevadas (com médias entre 21ºC e 32ºC) com altos índices de precipitação. Neste bioma encontramos vegetação abundante e densa, composta por vários extratos vegetais (plantas herbáceas, arbustivas, lianas e espécies arbóreas).

 

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

A maioria das plantas da floresta tropical apresenta crescimento rápido e permanecem sempre verdes, ou seja, não perdem todas as suas folhas de uma só vez em determinada estação do ano. Por isso, são chamadas de perenifólias.

No solo destas florestas, a matéria orgânica é degradada rapidamente por conta das altas temperaturas, disponibilizando nutrientes para as plantas. Uma das características mais marcantes deste bioma é o fato de os troncos das árvores estarem geralmente repletos de líquens e musgos que se desenvolvem por conta da umidade, assim como plantas epífitas, como bromélias e orquídeas.

Para aprender um pouco mais sobre as florestas tropicais, veja esta excelente videoaula do canal O Kuadro, do Youtube:

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

Bioma dos Campos:

Os campos são formações abertas encontras tanto em regiões tropicais, quanto em temperadas, onde a pluviosidade é baixa. A vegetação dos campos é basicamente formada por gramíneas e outras plantas herbáceas, permeadas por arbustos e árvores de pequeno porte.

Dependendo das características fitogeográficas, os campos podem ser classificados em estepes e savanas. As savanas são campos onde encontramos gramíneas, arbustos e árvores.  Ocorrem principalmente nas Américas do Sul e do Norte, na Ásia, na África e na Austrália.

O Cerrado, que cobre cerca de 25% do território brasileiro e a caatinga são exemplos de savanas. As estepes são campos onde predominam as gramíneas. Ocorrem em regiões onde há períodos de seca. As pradarias da América do Norte e os pampas na Argentina, no Uruguai e no Brasil são exemplos de estepes.

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

Desertos:

Os desertos são biomas encontrados próximos às latitudes 30º Norte e 30º Sul, em regiões onde há baixíssima pluviosidade e umidade no ar. Por conta da falta de vegetação, durante o dia as temperaturas são altas e, durante a noite, são muito baixas. A grande amplitude térmica encontrada nos desertos é uma das suas principais características.

 

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

O bioma de deserto ocorre principalmente na África (deserto do Saara), na Austrália, nos Estados Unidos e no Chile (deserto do Atacama). Os desertos podem ter o solo coberto predominantemente por areia ou por rochas. A vegetação dos desertos é pouco desenvolvida e muito esparsa. Em geral, é composta basicamente de gramíneas e plantas arbustivas (como os cactos) adaptadas aos ambientes secos (plantas xerófitas).

A fauna dos desertos, assim como a vegetação, é pouco diversificada, composta basicamente de lagartos, serpentes, poucos mamíferos e aracnídeos.

Para finalizar sua revisão e aprender um pouco mais sobre os Campos e os Desertos, veja esta videoaula do canal O Kuadro, do Youtube:

Agora que você já sabe tudo sobre os desertos, campos e florestas tropicais, que tal testar seus conhecimentos?

01 – (UFTM MG/2013)   A decomposição da matéria orgânica nas florestas tropicais ocorre em poucos meses enquanto nas florestas temperadas demora de quatro a seis anos. Isso ocorre devido a dois fatores característicos das florestas tropicais e ausentes nas florestas temperadas, a saber,

a) precipitação mais abundante e altas temperaturas.
b) baixa umidade do ar e elevada pressão atmosférica.
c) alta umidade do ar e baixas temperaturas.
d) precipitação menos abundante e baixas temperaturas.
e) baixa pressão atmosférica e elevada altitude.

Gab: A

02 – (UERJ/2013)   Considere três ecossistemas: deserto, floresta tropical perenifólia e mar aberto.

Os gráficos abaixo indicam as medidas obtidas nesses ecossistemas em relação a três diferentes parâmetros:

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

Adaptado de Savada, D. e outros. Vida: a ciência da biologia. Porto Alegre: Artmed, 2009.

a) Identifique o ecossistema correspondente à floresta tropical perenifólia, justificando sua resposta.
b) Identifique, também, qual é o ecossistema A e explique por que a luz pode ser considerada o fator abiótico que limita a produtividade primária líquida média neste ecossistema.

Gab:

Ecossistema C

A floresta tropical perenifólia apresenta maior produtividade primária líquida por m2, uma vez que as folhas largas de suas grandes árvores têm muita disponibilidade de água.
Mar aberto.
A luz consegue penetrar na água do mar até a profundidade máxima de 200 m, formando uma zona fótica e, consequentemente, diminuindo a taxa fotossintética.

03 – (UEM PR/2012)   A separação dos continentes por grandes massas de água, desertos ou cordilheiras impede ou dificulta a dispersão das espécies animais, que tendem a se estabelecer em áreas compatíveis com suas características adaptativas. A esse respeito, é correto afirmar que

01. a região faunística tropical abrange a África e parte da Ásia, tendo como animais típicos elefantes, gorilas, onças, tatus e uma imensa variedade de aves.
02. o bioma taiga situa-se no hemisfério norte e apresenta fauna composta por alces, ursos, lobos, raposas, martas e esquilos.
04. alguns animais do deserto saem das tocas apenas à noite, produzem urina concentrada, e outros passam a vida inteira sem beber água, extraindo-a do alimento que ingerem.
08. o lobo do ártico, do bioma tundra, apresenta a pelagem acinzentada no verão e branca no inverno, camuflando-se para facilitar a captura de presas.
16. o bioma savana caracteriza-se por apresentar árvores de grande porte e tem uma fauna composta de grandes herbívoros (antílopes, zebras, girafas).

Gab: 14

04 – (UEM PR/2012)   Os biomas são sistemas em que solo, clima, relevo, fauna e demais elementos da natureza interagem entre si formando tipos semelhantes de cobertura vegetal, como florestas tropicais, florestas temperadas, pradarias, tundras e desertos. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. A savana é um bioma formado por plantas herbáceas, como o capim e os arbustos, com árvores retorcidas e esparsas. Esse bioma se desenvolve em zonas climáticas tropicais, caracterizadas pela presença de vegetação tropófila.
02. As espécies endêmicas correspondem àquelas encontradas em comunidades ecológicas, sendo essas espécies únicas e restritas a determinadas áreas geográficas.
04. A biopirataria é adotada por muitas empresas para garantir a exploração futura de matéria-prima para as indústrias farmacêutica e de cosméticos. Apesar de ilegal, a biopirataria provoca o surgimento de espécies endêmicas, devido à exploração intensa das comunidades ecológicas, como é o caso da Mata Atlântica.
08. As florestas equatoriais e tropicais estão localizadas nas regiões quentes e úmidas do planeta. As espécies vegetais dessas florestas apresentam grande e médio portes, como o mogno, o jacarandá, a castanheira, o cedro, entre outras, podendo ser caracterizadas como plantas higrófilas e latifoliadas.
16. A vegetação sofre grandes variações em função da altitude e da latitude. Portanto, com o aumento da latitude e da temperatura, os solos ficam mais espessos e a vegetação fica mais densa. A situação é inversa com a altitude, ou seja, com o aumento da altitude as temperaturas ficam mais baixas, os solos mais rasos e a vegetação fica mais esparsa.

Gab: 11

05 – (UNICAMP SP/2012)   O mapa abaixo mostra a distribuição global do fluxo de carbono. As regiões indicadas pelos números I, II e III são, respectivamente, regiões de alta, média e baixa absorção de carbono.

Saiba tudo sobre os biomas terrestres

(Extraído de Beer et al. Science, 329:834-838, 2010.)

Considerando-se as referidas regiões, pode-se afirmar que os respectivos tipos de vegetação predominante são:

a) I-FlorestaTropical; II-Savana; III-Tundra e Taiga.
b) I-Floresta Amazônica; II-Plantações; III-Floresta Temperada.
c) I-Floresta Tropical; II-Deserto; III-Floresta Temperada.
d) I-Floresta Temperada; II-Savana; III-Tundra e Taiga.

Gab: A

06 – (PUC RJ/2012)   Assinale a alternativa que indica o que é correto afirmar sobre a diversidade de espécies.

I. As florestas temperadas apresentam maior diversidade de espécies do que as florestas tropicais.
II. As savanas apresentam maior diversidade de espécies do que as florestas tropicais.
III.   Com o aumento da altitude, aumenta a diversidade de espécies.
IV. Com o aumento da latitude, aumenta a diversidade de espécies.

a) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
b) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
c) Apenas as afirmativas II e IV estão corretas.
d) Apenas as afirmativas III e IV estão corretas.
e) Nenhuma afirmação está correta.

Gab: E

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.