Exercícios sobre Platão e suas ideias de justiça e política

Teste seus conhecimentos sobre Platão com questões do Enem e de vestibulares! São 10 exercícios com gabarito e um resumo para relembrar de suas principais ideias!

Você lembra dos pensamentos do criador do Mito da Caverna e responsável por revelar o pensamento de Sócrates? Neste post você encontra 10 exercícios sobre Platão e um resumo para relembrar das principais ideias sobre política do filósofo!

Resumo sobre Platão

Depois da morte de seu mestre Sócrates, Platão ficou desgostoso com a forma como a democracia ateniense estava se desenhando. Isso o motivou a iniciar uma reflexão crítica sobre a forma como a política em Atenas era feita, sobretudo em relação à administração da polis e dos interesses da comunidade.

Dos seus livros, três são voltados aos problemas políticos: “A República”, “O Político” e “As Leis”. No livro “A República”, a filosofia de Platão já aponta para a organização da polis.

Já no livro “O Político”, Platão descreve as qualidades intelectuais necessárias ao governante para exercer sua função dentro do bom e do justo. Por fim, no livro “As leis”, chama a atenção para o exercício da cidadania por parte dos cidadãos e como as leis são feitas.

Platão acreditava que o governante ideal deveria ser alguém dotado de conhecimento (Rei-Filósofo). Isso porque só o conhecimento garantiria o agir corretamente e a aplicação da justiça. Advertia, ainda, que essa função não era para todos.

A cidade ideal

Platão também desenvolveu a teoria da cidade ideal, onde haveria três classes. Cada uma delas corresponderia a uma função específica, o que, por consequência, favoreceria a justiça.

O filósofo acreditava que as qualidades de cada classe da sociedade estavam relacionadas a três virtudes da alma (alma tripartite):

  • Racionalidade (sabedoria, comando e ordem);
  • Irascibilidade(coragem, vontade);
  • Concupiscência( suprir as necessidades).

As três virtudes estavam associadas, respectivamente, à cabeça, ao tronco e ao baixo ventre.

Os comerciantes, artesãos e o povo estariam na base da sociedade, responsáveis pelo seu desenvolvimento econômico. Os guerreiros são fundamentais para a proteção do rei e a ordem da sociedade.

Por fim, o Rei-Filósofo fica no topo, pois é ele quem deve guiar a sociedade, já que detém o conhecimento do que é bom e justo para o seu povo.

Como você pode notar, Platão acreditava que a organização da sociedade se dá pela justiça, que leva, por consequência à felicidade do povo.

Videoaula sobre Platão

Antes de partir para os exercícios sobre Platão, confira a aula do professor Alan sobre o tema:

Exercícios sobre Platão

Saiba de que forma as ideias de Platão sobre justiça e política aparecem no Enem e nos vestibulares com nossa lista de questões:

.

Ilustração de Platão
Platão em sua Academia (1879), ilustração por Carl Wahlbom
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.