Faltam:
para o ENEM

Aquecimento Global – Problemas Ambientais: Aula de revisão para Geografia Enem

Revise sobre os Problemas Ambientais e fique preparado para as provas do Enem e do Vestibular. Nesta aula de revisão veja sobre Aquecimento Global e as diversas rodadas de negociação sobre o Meio Ambiente. Confira abaixo. O Aquecimento Global pode cair em Biologia, Geografia, Atualidades ou virar Tema de Redação.

Problemas Ambientais  e Aquecimento Global

Você está em dia com estes conteúdos para as provas do Enem e do Vestibular? Podem cair em Biologia, Geografia, Atualidades ou mesmo virar Tema da Redação. Vamos lá revisar?

Aquecimento global –  O aquecimento global refere-se ao aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra.

Há uma constatação por medições de que o ano de 2015 foi o mais quente dos últimos seculos. Estudos científicos buscam confirmar através de evidências o real impacto da ação do homem neste processo.

O aquecimento, nesta direção, seria uma consequência direta de apões e processos determinados pelos humanos, tais como a queima de combustíveis fósseis, o desmatamento, a produção de diversos gases que no conjunto ‘blindam’ a Terra, impedindo que o planeta devolva para o espaço uma parte do calor recebido do Sol.

Se este aumento se deve a causas naturais ou antrópicas (provocadas pelo homem) ainda é objeto de muitos debates entre os cientistas, embora muitos meteorologistas e climatólogos tenham recentemente afirmado publicamente que consideram provado que a ação humana realmente está influenciando na ocorrência do fenômeno.

As perspectivas não são nada otimistas. Conferências globais tentam definir o papel de cada país na redução de atividades que contribuem fortemente para o aquecimento do planeta, e sem chegar a acordos objetivos em profundidade.

Os presidentes das maiores potências mundiais discutem se adotam ou não o limite de aquecimento global de 1 (um) ou (dois) graus na temperatura do planeta no século XXI. Mas, para a Terra, ninguém perguntou ainda.

aquecimento global
Ameaça pode levar ao derretimento do gelo polar

Fenômeno El Niño e La Niña

Consequências básicas

Região

El Niño

La Niña

Norte

Menor precipitação / secas / incêndios

Aumento da precipitação e do volume de água dos rios

Nordestes

Longos períodos de forte estiagem

Aumento da precipitação / elevação da vazão dos rios

Centro-Oeste

Tendências de chuva acima da média e pequena elevação das temperaturas

Sem grandes alterações

Sudeste

Pequena elevação nas temperaturas médias no inverno

Sem grandes alterações

Sul

Aumento das temperaturas médias e dos índices pluviométricos

Longos períodos de estiagem

Principais conferências sobre Meio Ambiente

ECO 92

Em 1992, no Rio de Janeiro, representantes de quase todos os países do mundo reuniram-se para decidir que medidas tomar para conseguir diminuir a degradação ambiental e garantir a existência de outras gerações. A intenção, nesse encontro, era introduzir a ideia do desenvolvimento sustentável, um modelo de crescimento econômico menos consumista e mais adequado ao equilíbrio ecológico. A pauta já continha discussões sobre o Aquecimento Global.

Os encontros ocorreram no centro de convenções chamado Rio Centro. A diferença entre 1992 e 1972 (quando teve lugar a Conferência de Estocolmo) pode ser traduzida pela presença maciça de Chefes de Estado, fator indicativo da importância atribuída à questão ambiental no início da década de 1990. Já as ONGs fizeram um encontro paralelo no Aterro do Flamengo.

A ECO-92 frutificou a elaboração dos seguintes documentos oficiais: A Carta da Terra; três convenções (Biodiversidade, Desertificação e Mudanças Climáticas); uma declaração de princípios sobre florestas; a Declaração do Rio sobre Ambiente e Desenvolvimento; e a Agenda 21 (base para que cada país elabore seu plano de preservação do meio ambiente).

O protocolo de Kyoto (1997)

Como estava previsto na convenção do clima, assinada durante a ECO-92, deveria ocorrer um novo encontro internacional para discutir a emissão de gases responsáveis pelo aumento da temperatura do planeta. Tal reunião ocorreu em Kyoto no Japão em 1997: líderes de 160 países assinaram um compromisso que ficou conhecido como Protocolo de Kyoto. O Protocolo corre o risco de não sair do papel, pois não foi assinado pelos Estados Unidos, responsáveis pela emissão de um quarto do gás carbônico na atmosfera.

A Rio+10

Em 2002, mais uma vez a ONU tentou estabelecer ações globais para a melhoria da qualidade de vida. Tal medida ficou conhecida como Rio+10, a Cúpula do Desenvolvimento Sustentável, que se realizou em Johanesburgo na África do Sul.

Dica 1 – Relembre sobre os Principais Oceanos em mais esta aula de revisão para a prova de Geografia Enem. Estude com a gente para o Exame Nacional do Ensino Médio!

Algumas das discussões que causaram mais polêmicas em Johanesburgo foram:

Clima e energia.
Subsídio agrícola.
Kyoto.
Biodiversidade.
Água e saneamento.
Transgênicos.
Pesca e Oceano.

Rio+20: temas e debates

A Rio+20 foi realizada em 2012. na paura pauta de discussões estava o termo “desenvolvimento sustentável”, que já fora apresentado no Relatório “Nosso Futuro Comum”, de 1987, tendo como diretriz a ideia de um desenvolvimento “que atenda às necessidades das gerações presentes sem comprometer a habilidade das gerações futuras de suprirem suas próprias necessidades”.

O desenvolvimento sustentável é concebido na interação entre três pilares: o pilar social, o pilar econômico e o pilar ambiental.

Na Rio+20, assim como ocorreu na Rio-92, espera-se pensar o futuro. Além de refletir sobre as ações adotadas desde 1992, deseja-se estabelecer as principais diretrizes para orientar o desenvolvimento sustentável pelos próximos vinte anos.

Dica 2 – Entenda como identificar as variações do Clima através das características dos Domínios Morfoclimáticos em mais uma aula de Geografia Enem.

Sob o tema “economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza”, o desafio proposto à comunidade internacional é o de pensar um novo modelo de desenvolvimento que seja ambientalmente responsável, socialmente justo e economicamente viável. Assim, a “economia verde” deve ser uma ferramenta para o desenvolvimento sustentável. O Brasil propõe-se a facilitar as discussões, uma vez que o debate sobre o tema encontra-se em estágio inicial.

Sob o tema da estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável, insere-se a discussão sobre a necessidade de fortalecimento do multilateralismo como instrumento legítimo para solução dos problemas globais. Busca-se aumentar a coerência na atuação das instituições internacionais relacionadas aos pilares social, ambiental e econômico do desenvolvimento.

Saiba mais sobre O Aquecimento Global nesta aula do canal INSTRUCAODIGITAL, disponível no Youtube. Após assistir o vídeo do professor Charles, revise o que você aprendeu sobre Problemas Ambientais e Aquecimento Global respondendo aos nossos desafios!

Desafios para você resolver e compartilhar a resposta

Questão 01

O Protocolo de Kyoto consagrou o princípio da responsabilidade comum, porém, diferenciada, que definiu que:

a) todos os países devem reduzir emissões de gases estufa, mas aqueles que emitiram mais no passado devem reduzi-las antes que os demais.

b) os países ricos devem deixar de emitir gases estufa, para que sejam estabelecidas metas de crescimento econômico dos países pobres.

c) todos os países são responsáveis pelo aquecimento global, porém, apenas os países de renda baixa podem vender créditos de carbono.

d) todos os países devem reduzir a mesma quantidade de gases estufa até 2012, menos os de industrialização tardia.

e) os países ricos não precisam reduzir as emissões de gases estufa e podem comprar créditos de carbono de países pobres.

Questão 02

O aquecimento superficial das águas do Oceano Pacífico provocando o fenômeno El Niño foi destaque na imprensa e nos centros de pesquisa nas últimas décadas. Assinale a alternativa que não se relaciona ao El Niño:

a) a forte seca ocorrida na Indonésia provocou queimadas na Floresta Tropical que ocasionaram sérios problemas ambientais, como a poluição atmosférica.

b) a circulação atmosférica modificou-se, causando diminuição da intensidade dos ventos Alísios na área do Pacífico Tropical.

c) as precipitações que ocorreram no norte da Austrália e na Indonésia foram abaixo do normal.

d) o vulcanismo ocorrido na ilha de Montserrat (Caribe) fez com que sua população fosse evacuada para as ilhas vizinhas.

e) as fortes chuvas e as enchentes, que ocorreram no sul do Brasil, no sudeste do Paraguai e no nordeste da Argentina, foram provocadas pela retenção de frentes frias vindas do sul do continente pelos ventos quentes e úmidos do noroeste.

Questão 03

(UFPA – Universidade Federal do Pará) A apropriação da natureza pelas sociedades contemporâneas é marcada pela geração de impactos ambientais decorrentes do modelo de desenvolvimento e de consumo, da mundialização da economia, da forma de distribuição de riquezas e do padrão tecnológico existente no mundo atual. Em decorrência disso, muito se tem debatido sobre os impactos ambientais. Nesse sentido:

a) O Protocolo de Kyoto é um acordo internacional, que entrou oficialmente em vigor em 2005 e visa reduzir as emissões de gases poluentes, responsáveis pelo efeito estufa e aquecimento global. No documento, há um cronograma em que os países são obrigados a reduzir, em 5,2%, a emissão de gases poluentes, entre os anos de 2008 e 2012.

b) Em 1972, foi realizada a Conferência das Nações Unidas sobre o Homem e o Meio Ambiente, em Estocolmo (Suécia). Nesse encontro, surgiram as primeiras polêmicas acerca da abertura do mercado mundial, privatização da economia e meio ambiente. A delegação brasileira esteve presente e defendeu posições contrárias às posturas preservacionistas dominantes nas discussões.

c) Em 1987, foi publicado pela ONU um estudo denominado Uma Verdade Inconveniente. Neste estudo, ficou cientificamente provado que a emissão de gases na atmosfera, como, por exemplo, o dióxido de carbono, o dióxido de enxofre, o óxido de azoto e, principalmente, os CFC (Clorofluorocarbonetos), é causada pelo homem e tem diminuído ao longo do tempo.

d) A Eco-92 criou um plano de ação chamado Agenda 21. Trata-se de um ambicioso programa para a implantação, em todo o mundo, de um modelo de indústria automobilística movida a biodiesel, no século XXI.

e) O Greenpeace é a maior organização governamental internacional. Ele atua em vários campos da preservação ambiental, principalmente na organização de protestos contra a caça predatória, como a das baleias, e contra testes nucleares subterrâneos, como os realizados na Polinésia Francesa.

Questão 04

(UNEAL/AL – Universidade Estadual de Alagoas) Com o advento da revolução industrial, os problemas ambientais começaram a agravar-se cada vez mais, primeiro nos países desenvolvidos e depois no restante do mundo. O que pode ser considerado um problema ambiental presente nos centros urbanos?

a) A irregular ocupação das margens dos rios com agricultura temporária.

b) A expansão do mercado consumidor e o desmatamento de áreas de vegetação natural.

c) O aumento da produtividade dos cultivos agrícolas e a inovação da biotecnologia.

d) A intensificação da urbanização e da industrialização que poluiu excessivamente os centros urbanos.

e) A poluição das águas que é um problema localizado nas áreas de bacia hidrográfica.

Questão 05

(UFVJM – Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri). Leia este texto.

Os gases causadores do efeito estufa na atmosfera terrestre aumentaram desde 1750 devido ao consumo de combustíveis fósseis, às novas formas de uso da terra e à agricultura. Embora a poluição atmosférica tenha tido um efeito de resfriamento durante os últimos séculos, o aumento maciço de gases estufa ocasionou uma elevação de 0,74º Celsius nas temperaturas médias desde 1901. Os cientistas têm 90% de certeza de que a última metade do século XX foi o período mais quente no hemisfério norte em 500 anos.

Fonte: Relatório da ONU sobre Aquecimento Global – In: Knowledge. Allianz.com.br

Analise estas afirmações.

I – O efeito estufa é um processo natural e essencial para a manutenção da vida na Terra.

II – A emissão de gases que provocam alteração no efeito estufa está ligada à Revolução Industrial.

III – O aquecimento global aumenta a proliferação de doenças infecciosas através da maior incidência de pestes.

IV – Um dos resultados diretos do aumento do calor foi a migração de mosquitos responsáveis pela malária e febre amarela para regiões litorâneas e de baixa altitude.

Com base no texto e nas afirmações, ASSINALE a alternativa correta.

a) Apenas I, II e III.

b) Apenas I, II e IV.

c) Apenas II, III e IV.

d) Apenas I, III e IV.

 

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!