Faltam:
para o ENEM

Meristemas e Tecidos de Revestimento – Biologia para o Enem

Venha revisar os tecidos vegetais aqui com o Blog do Enem e arrase nas questões de Biologia!

Os tecidos vegetais  podem ser divididos em meristemas e tecidos permanentes. Os meristemas são os tecidos vegetais responsáveis pelo crescimento das plantas. Já os tecidos permanetes são tecidos diferenciados e já especializados em determinadas funções dos vegetais. Os tecidos permanentes são originados a partir dos tecidos meristemáticos. Ih… Ficou difícil? Que nada! O Blog do Enem te ajuda a revisar os tecidos vegetais e arrasar nas questões do Enem e dos vestibulares.

Dica 1: Que tal revisar os vegetais mais simples do planeta? Então veja este post sobre as Briófitas com uma divertida aula da Khan Academy! 

Para iniciar sua revisão, veja esta super  videoaula do professor Artur Ramos sobre os meristemas e os tecidos de revestimento:

E aí, curtiu o vídeo? Legal, não é mesmo? Agora, para você ficar fera e saber tudo sobre histologia vegetal, fique ligado(a) no resumão que preparamos para você:

Antes de continuar, só um aviso rápido: este é um dos posts sobre os tecidos vegetais que o Blog do Enem dispõe. Neste post você vai aprender sobre os meristemas e os tecidos de revestimento (alguns dos tipos de tecidos permanentes dos vegetais).

Dica 2: Estude também as pteridófitas com dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos e videoaula do professor Artur Ramos:

Meristemas ou tecidos embrionários: Muitas espécies de plantas que você conhece crescem basicamente de dois jeitos: longitudinalmente (no comprimento) e/ou transversalmente (em espessura).  Para isso, haverá dois grandes grupos de tecidos: os meristemas primários, responsáveis pelo crescimento longitudinal , e meristemas secundários, que realizam o crescimento transversal.

Meristemas primários: Apesar de os meristemas serem chamados também de tecidos embrionários, eles não são encontrados apenas nos embriões dos vegetais. Podemos encontrar meristemas primários nas extremidades de caules e raízes. Há três tipos de meristemas primários: a protoderme (que origina a epiderme), o meristema fundamental (que origina os parênquimas e tecidos de sustentação) e o procâmbio (que forma os tecidos de condução). Veja na imagem a seguir a localização destes tecidos na raiz de uma planta.

Tecidos vegetais 1 – Revisão de Biologia para o Enem

Meristemas secundários: São os tecidos relacionados com o crescimento transversal do vegetal.  Esse tipo de crescimento ocorre basicamente em gimnospermas e angiospermas dicotiledôneas.  As células dos meristemas secundários surgem a partir de desdiferenciação (células de tecidos adultos readquirem a alta capacidade de divisão).  Assim, as células da casca se tornam um meristema secundário chamado de felogênio, enquanto células do interior, do cilindro central, formam o câmbio. O felogênio, internamente se diferencia em um tecido chamado de feloderma e, externamente, em súber. Já o câmbio formará os tecidos de condução: internamente forma o xilema e externamente o floema. Veja a posição destes tecidos vegetais no esquema a seguir:

Tecidos vegetais 1 – Revisão de Biologia para o Enem

Dica 3: Aproveite para revisar as Gimnospermas com uma excelente aula do professor Artur Ramos e dicas quentíssimas do Blog do Enem! Veja este post: 

Sistema de revestimento: Há dois tipos de tecidos de revestimento – a epiderme e o súber. A epiderme é principalmente encontrada em estruturas jovens e folhas  e, em geral, contém apenas uma camada de células vivas e aclorofiladas. Nas partes aéreas da planta (como as folhas)  as células da epiderme possuem uma camada de cutina (denominada cutícula), especialmente desenvolvidas em plantas de regiões secas, pois impede a perda de água para o ambiente. Já o súber é formado de várias camadas de células (pluriestratificado). As células do súber são mortas, ocas e altamente impregnadas de um lipídeo chamado de suberina. O súber é o que conhecemos popularmente como “casca da árvore”. O súber do carvalho sobreiro (Quercus suber) é coletado para produzir rolhas e é conhecido popularmente como cortiça.

Tecidos vegetais 1 – Revisão de Biologia para o Enem

E aí, conseguiu revisar os tecidos vegetais? Agora, que tal testar seus conhecimentos?

1) (Fatec – 1992) Nos vegetais encontramos tecidos responsáveis pelo crescimento da planta por meio de mitose. Estes tecidos são chamados

a) parênquimas.
b) esclerênquimas.
c) meristemas.
d) colênquimas.
e) floema e xilema.

Resposta: C

2) (Puc 2005) A organização do corpo dos vegetais é bem diferente da organização do corpo dos animais. A maior parte dessas diferenças deve ser interpretada como adaptação ao modo autotrófico de vida que caracteriza os vegetais, em oposição ao modo heterotrófico dos animais. Assim, podemos afirmar:

a) As células vegetais são formadas por parede espessa, que dão resistência e sustentação às diferentes partes da planta, constituindo os chamados tecidos de sustentação, representados pelos vasos condutores de seiva.
b) Revestindo os vegetais, há estruturas que fornecem proteção mecânica e, nas plantas terrestres, evitam a desidratação, como a epiderme (nas folhas e nas partes jovens do caule e da raiz) e o súber (nas células mais velhas do caule e da raiz).
c) As Briófitas, as Pteridófitas, as Gimnospermas e as Angiospermas desenvolveram um sistema de transporte de seiva bruta e elaborada através de tecidos condutores de seiva, representados pelos vasos lenhosos e liberianos.
d) A água e o gás carbônico usado na fotossíntese para produzir glicídios e outros compostos orgânicos, são distribuídos para todo corpo da planta, pelos vasos liberianos.
e) Há tecidos que fabricam diversas substâncias úteis à planta, como o néctar que atrai aves e insetos polinizadores, favorecendo a fecundação cruzada entre os indivíduos vegetais, permitindo, assim, a manutenção do padrão genético da espécie, sem provocar alterações fenotípicas.

Resposta: B.

Dica 4: Você quer ver vídeos legais de Biologia? Então acesse a plataforma da Khan Academy em português! Lá você encontrará vídeo-aulas e exercícios de várias disciplinas que podem te ajudar no Enem! Confira: https://pt.khanacademy.org/welcome
Dica 5: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.