Faltam:
para o ENEM

Biologia – Revise tudo o que você precisa saber sobre os peixes!

Você sabe quais são as principais características dos peixes? Não? Então revise aqui, com o Blog do Enem!

Os peixes foram os primeiros vertebrados a surgirem em nosso planeta. Apesar de tradicionalmente chamarmos os animais aquáticos que respiram por brânquias em todas as fases da vida de peixes, esses animais não formam um grupo único com valor taxonômico para a sistemática, uma vez que não possuem ancestrais comuns (não é um grupo monofilético). Por isso, estudaremos três classes de animais que chamamos popularmente de peixes: Classe Agnatha (agnatos), Classe Chondrichthyes ( condrictes) e Classe Osteichthyes (osteíctes). E aí, quer saber tudo sobre este grupo de vertebrados? Então revise os peixes aqui, com o Blog do Enem, e arrase nas questões de biologia do Enem e dos vestibulares!

Dica 1: Antes de continuar estudando os peixes, que tal revisar as características gerais do Filo dos Cordados? Então veja este super post com vídeo-aula do professor Zé Rucker e dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-filo-cordados-enem/

Para iniciar sua revisão, veja esta super vídeo-aula do professor Artur Ramos, do canal Kinapse do Youtube:

E aí, gostou do vídeo? Legal, não é? Beleza! Agora, para saber tudo sobre os peixes, fique ligado na revisão que preparamos para você:

Os peixes foram os primeiros vertebrados a surgirem no planeta. Mas, o que é um vertebrado? Você talvez se lembre da “tia” lá da escolinha explicando para você que os vertebrados têm ossos e os invertebrados não. Pois é, a sua professorinha do primário não estava correta, pois outros animais podem ter “ossos”, como os equinodermos, e ainda assim não serem considerados vertebrados. Na verdade, o que caracteriza os vertebrados são duas características principais: 1 – os vertebrados geralmente possuem notocorda apenas na fase embrionária, pois ela é substituída pela coluna vertebral (cartilaginosa ou óssea) que protege o tubo neural (prolongamento do sistema nervoso também chamada de medula espinal); 2 – Presença de esqueleto interno que cresce juntamente com o animal e que serve de apoio para a musculatura que permite os movimentos. Outra característica importante dos vertebrados é a presença de crânio para proteger o encéfalo. Além disso, como todos os Cordados, os vertebrados são deuterostômios, celomados, triblásticos com simetria bilateral.

Dica 2: Que tal revisar também os conceitos e características básicas do Reino dos Animais? Então, veja este super post com vídeo-aula do professor Rubens Oda e dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-reino-animais/

Características gerais dos peixes: Os peixes são animais aquáticos que ocupam as águas salgadas dos mares e oceanos e as águas doces dos rios, lagos e açudes. Nesse grupo, existem cerca de 25 mil espécies, das quais mais da metade vive em água salgada. O tamanho médio dos peixes pode variar de um centímetro a até cerca de 18 metros. São tipicamente pecilotérmicos, ectotérmicos ou heterotérmicos, ou seja, estes animais não conseguem dominar a sua temperatura, sendo que a sua temperatura corporal geralmente é a mesma do ambiente. Os peixes possuem o corpo fusiforme (em forma de fuso, que facilita o deslocamento na água) com os membros transformados em barbatanas ou nadadeiras ( que podem estar ausentes em alguns grupos). A maior parte das espécies de peixes possui o corpo revestido de escamas.

Respiração dos peixes: A respiração da grande maioria dos peixes se dá através das brânquias, que são órgãos especializados em trocar gases com a água. Porém, existem algumas espécies de peixes que são chamadas de “pulmonadas”, uma vez que sua bexiga natatória é modificada para trocar gases com o ar. Esses peixes poderão respirar através de brânquias ou subir à superfície para absorver oxigênio do ar.

Dica 3: Revise também a Classe dos Crustáceos do Filo dos Artrópodes! Veja este post com muitos vídeos interessantes sobre o assunto: https://blogdoenem.com.br/biologia-crustaceos-filo-arthropoda/

Sistema digestório dos peixes: Os peixes possuem sistema digestório completo, com boca e ânus.

Sistema cardiovascular dos peixes: Os peixes possuem sistema cardiovascular fechado, com coração de duas cavidades. A circulação dos peixes é considerada simples e completa, uma vez que o sangue passa apensas uma vez pelo coração desses animais, porém o sangue arterial e o sangue venoso não se misturam.

Excreção dos peixes: Os peixes filtram o sangue para retirar as excretas celulares através de rins. A sua excreta é feita através de amônia, que é muito tóxica, porém bastante solúvel (ótimo para o ambiente aquático).

Sistema nervoso dos peixes: Os peixes possuem sistema nervoso ganglionar. Possuem dois olhos bem desenvolvidos, que percebem imagens. Possuem olfato bem desenvolvido, principalmente nos peixes cartilaginosos como os tubarões. Nos peixes ósseos há também outro órgão sensorial: a linha lateral. Esta estrutura ajuda o animal a se orientar na água.

Dica 4: Os insetos constituem o maior grupo de animais do mundo! Eles podem aparecer no Enem e nos vestibulares! Revise aqui com o Blog do Enem! https://blogdoenem.com.br/classe-insetos-filo-arthropoda/

Classificação dos peixes:

Classe dos Agnatos: 

Peixes - Biologia EnemOs agnatos são os peixes mais primitivos e têm como principal característica a ausência de mandíbula (daí seu nome a= sem gnato=mandíbula). Nesta classe de peixes estão as lampreias e as feiticeiras, animais que podem viver tanto em água doce quanto em água salgada. Sua boca é circular e possui forte musculatura para sugar seu alimento que se constitui principalmente de cadáveres ou sangue de outros animais (podem ser ectoparasitas). Não possuem nadadeiras pares nem escamas. Seu esqueleto é cartilaginoso e a notocorda persiste durante toda a vida.

Classe dos Condrictes ou peixes cartilaginosos:

Peixes - Biologia Enem

Os peixes cartilaginosos, como o tubarão e a raia, vivem principalmente em água salgada. Mas algumas espécies de raia vivem em água doce. A principal característica dos condrictes é a presença de um esqueleto cartilaginoso e relativamente leve. Podemos também notar na lateral posterior à cabeça a presença de cinco pares de fendas branquiais. A boca dos condrictes está localizada ventralmente e  seus intestinos terminam em uma espécie de bolsa chamada cloaca – nela, convergem os dutos finais do sistema digestório, urinário e genital. Estes peixes possuem dentes pontiagudos organizados em mais de uma fileira, como é possível observar na boca dos tubarões. Em geral, a pele dos condrictes é revestida de escamas placoides, que dão um aspecto áspero ao animal. Realizam reprodução sexuada, geralmente com fecundação interna (os machos possuem uma modificação nas nadadeiras pélvicas chamadas de clásper, que ajudam a colocar os espermatozoides dentro da fêmea). Podem ser ovíparos ou ovovivíparos.

Classe dos osteítes ou peixes ósseos:

Peixes - Biologia EnemOs peixes ósseos são abundantes tanto em água salgada (tainhas, robalos, cavalos-marinhos, pescadas, etc.) como em água doce (lambaris, dourados, pintados, pacus, acarás-bandeiras, etc.). Possuem esqueleto predominantemente ósseo. Seu sistema respiratório se abre para o ambiente em quatro pares de fendas branquiais protegidas por uma estrutura denominada opérculo (aquela estrutura em meia lua no fim da cabeça do peixe). Ao contrário dos peixes cartilaginosos, a boca dos osteíctes se localiza na região anterior do animal e seu intestino termina no ânus, não há cloaca. A maioria das espécies de peixes ósseos possui uma vesícula armazenadora de gases chamada bexiga natatória ou vesícula gasosa. Ausente nos peixes cartilaginosos, a bexiga natatória – que pode aumentar e diminuir de volume de acordo com a profundidade em que o peixe se encontra – favorece a flutuação e, com isso, permite ao animal economizar energia, já que ele pode permanecer mais ou menos estável numa determinada profundidade sem que para isso necessite de grande esforço muscular para a natação. Realizam reprodução sexuada, geralmente com fecundação externa. São ovíparos e podem ter desenvolvimento indireto (larvas, chamadas de alevinos).

Dica 5: Quer conhecer um pouco mais sobre os peixes do litoral brasileiro? Então dê uma espiadinha no site do Instituto Larus (http://www.larus.com.br/)! Eles têm um trabalho lindíssimo! Veja só que bacana este vídeo produzido pelos pesquisadores do Larus: http://www.youtube.com/watch?v=o0H9Bd-9-as#t=15

Agora que você já sabe tudo sobre os peixes, que tal testar seus conhecimentos?

1)    (PUC – RJ-2007) Os peixes são animais pecilotérmicos. Essa afirmativa é:

a) correta e significa dizer que, nesses animais, a temperatura corporal varia com a do ambiente.
b) incorreta e significa dizer que esses animais possuem respiração pulmonar.
c) correta e significa dizer que esses animais apresentam respiração branquial.
d) correta e significa dizer que, nesses animais, a temperatura corporal não varia em relação ao ambiente.
e) incorreta e significa dizer que, nesses animais, a temperatura corporal varia com a do ambiente.

Resposta: a.

2) (PUC – RJ-2007) O princípio da capacidade de submersão dos submarinos é o mesmo presente na bexiga natatória de alguns peixes. Indique qual a alternativa que explica corretamente este funcionamento.

a) Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica menos denso do que a água e sobe à superfície.
b) Quando a bexiga natatória se enche de água, o peixe fica menos denso que o meio e sobe à superfície.
c) Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica mais denso do que a água e sobe à superfície.
d) Quando a bexiga natatória se enche de água, o peixe fica menos denso que a água e submerge.
e) Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica menos denso do que a água e submerge.

Resposta: a.

Dica 6: Precisa revisar mais conteúdos de biologia? Veja os vídeos de Biologia da Khan Academy já traduzidos para o Português pela equipe da Fundação Lemann no http://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/#videos
Dica 7: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.