As Características do Continente Americano: resumo de Geografia Enem & Encceja

Na aula de hoje confira as principais diferenças existentes entre os países do continente americano. Revise e mande muito bem na prova de Geografia do Enem!

Você já percebeu que os locais quando são muito grandes, a melhor coisa a se fazer, é dividir para melhor administrar e estudar. Pois bem, isso acontece com os continentes também. E na aula de hoje, falarei sobre a regionalização da América. Vamos lá se preparar para a prova de Geografia do Enem?

O Continente Americano tem uma grande  extensão latitudinal. Isso significa que o continente é muito extenso de norte a sul.  Ele quase chega no Polo Sul e no Polo Norte. Confira na figura abaixo!

1A sua dimensão somada ao contexto histórico do continente, como a questão da colonização, fez com que ele apresentasse características bastante distintas. Assim, houve a necessidade de regionalizar o continente.

Mas há apenas uma forma de dividir o continente? Claro que não! A divisão depende da referência e da intenção do autor do mapa. Dessa forma, surgiram várias maneiras de dividir a América, mas apenas duas são as mais utilizadas: a Geográfica, e a Cultura. Confira:

1 – Divisão Geográfica

Você estuda o Continente Americano com uma divisão clássica em em três partes: América do Norte, América Central e América do Sul. A estrutura física, ou seja, a formação das bordas continentais, e a origem da ocupação europeia é que “mandaram” nessa divisão.2

2 – Divisão Cultural

Também chamada de divisão sócio-econômica, divide a América em duas partes apenas: a América Anglo-Saxônica, com as populações predominantes por ondas de imigrantes originados da Inglaterra, Irlanda, Holanda, Escócia, França e Alemanha;

E, a América Latina, constituída neste conceito pelos países que se constituíram a partir da ocupação de imigrantes originados da Espanha e de Portugal nos primeiros séculos após o Descobrimento, e depois complementada por imigrantes em menor número da Itália, Alemanha, Japão e pequenos contingentes de países do Leste Europeu.3

Essa divisão, leva em conta a língua falada e condição econômica dos países. Para entender um pouquinho melhor, veja um resumo simples e rápido sobre como estavam organizados os Povos das Américas antes da chegada dos Europeus.

É um resumo simples e rápido com o professor Rafael Carrieri, do canal Curso Enem Gratuito.

Gostou da Aula? Veja agora a descrição geográfica de cada região do continente Americano:

América Anglo-Saxônica: formada pelo Canadá e os Estados Unidos, é a região que predomina o maior desenvolvimento econômico e social das Américas. A colonização foi de povoamento em que as metrópoles pouco exploraram dessa área.

A língua predominante é o inglês, porém, há um grande grupo dentro do Canadá que tem o Francês como língua oficial.4

Dica 1: Não lembra quase nada sobre colonização? Clique aqui e revisa na aula de história. Não guarde suas dúvidas para a prova de geografia do Enem.

América Latina: formada pelos países que estão mais ao sul dos Estados Unidos. É um grupo bastante heterogêneo quando se trata de economia, pois há países emergentes, como o Brasil, Argentina, Chile e México, mas há também países que apresentam um grau econômico de muita miséria, como o caso do Haiti.

A língua predominante é o castelhano, porém, há países que falam português, francês, holandês e inglês. Quando é feito um comparativo entre as duas regionalizações (Anglo-Saxônica e Latina) tudo que é de positivo, bom e desenvolvido tecnológica e economicamente é Anglo-Saxão. O que é de ruim, pobre, pouco desenvolvido, é considerado Latino.5

Analisando a situação colonial da América Latina, é facilmente explicada a situação atual dos países. Foram colônias de exploração, que conseguiram suas independências já com dívidas externas e com problemas sociais enormes.
Dica 2: Para saber como aconteceu as independências dessas colônia, confira esta aula de história. Revise sempre e mande muito bem na prova de Geografia do Enem

As Características Geográficas do Continente Americano. Então, assunto tranquilo, né? Se restou alguma dúvida, assista agora a este resumo do professor Carrieri com as Características Geográficas do Continente Americano.

Depois da videoaula corre pra fazer os exercícios, ok? Força na preparação para a prova de geografia do Enem!

Exercícios

1 – (UFRN/2013) Os mapas a seguir apresentam duas formas de regionalização do continente americano.

6

Considerando que a regionalização do espaço geográfico se realiza a partir de diferentes critérios, a divisão regional desse continente representada no

a) mapa 2 está definida a partir de aspectos físico-ambientais.

b) mapa 1 está baseada em elementos político-territoriais.

c) mapa 1 está definida a partir de aspectos socioeconômicos.

d) mapa 2 está baseada em elementos histórico-culturais.

2 – Com relação à colonização dos países que integram a América Anglo-saxônica, é correto afirmar que:

a) Não houve diferença entre a colonização da América Anglo-saxônica e da América Latina, pois ambas foram colônias de povoamento, ou seja, o principal objetivo da Metrópole era explorar as riquezas naturais da colônia.

b) Não houve diferença entre a colonização da América Anglo-saxônica e da América Latina, pois ambas foram colônias de exploração, ou seja, o principal objetivo da Metrópole era explorar as riquezas naturais da colônia.

c) Na colonização da América Anglo-saxônica, os colonizadores incentivaram a fixação da população na colônia, disponibilizando parte do lucro adquirido na exploração para o desenvolvimento dela.

d) A colonização da América Anglo-saxônica ficou conhecida como colonização de povoamento, pois o principal objetivo dos colonizadores era explorar as riquezas naturais da região.

e) A colonização da América Anglo-saxônica ficou conhecida como de exploração, pois um dos objetivos dos colonizadores era promover o desenvolvimento das colônias a fim de obter mais lucros com a sua exploração.

3 – O continente americano foi colonizado por povos de várias nações europeias, dentre eles: portugueses, espanhóis, franceses, ingleses e holandeses. Esses povos passaram a explorar toda a América e a impor sua cultura de maneira forçada aos povos nativos do continente. Essa influência cultural oriunda de diferentes nacionalidades produziu distinções entre os países do continente, especialmente no que se refere ao idioma. Diante desse fator, o continente é regionalizado em América Latina e América Anglo-Saxônica. Essa distinção acontece, pois:

a) são considerados países latinos todos aqueles que possuem línguas derivadas do latim, como por exemplo: espanhol, francês e português. Já as nações que falam língua de origem anglo-saxônica, como o inglês, formam a América Anglo-Saxônica.

b) os Estados Unidos, antiga colônia de exploração, haviam sido primeiramente colonizados pelos portugueses e espanhóis, estando assim inseridos na América Anglo-Saxônica.

c) a chamada América espanhola fala a língua inglesa e francesa, inserindo-os na América Anglo-Saxônica, enquanto que o Brasil e Canadá estão na América Latina.

d) o Brasil, mesmo estando na América do Sul, faz parte da América Anglo-Saxônica.

GABARITO

1 – D

2 – C

3 – A

Os textos e exemplos acima foram produzidos pelo professor Leandro, formado em Geografa pela Udesc. Leandro é professor de Geografia em escolas da Rede Particular de Ensino da Grande Florianópolis.