Enem seriado: entenda o que é e como vai funcionar

Com o Enem seriado, os estudantes farão provas ao final de cada ano do ensino médio e a nota final poderá ser usada no Sisu e no Prouni. O Enem seriado começará a ser aplicado em 2021 para os alunos do 1º ano do ensino médio.

Em busca de um modelo mais completo de avaliação dos estudantes, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou que começará a aplicar o Enem seriado. A novidade faz parte de um pacote de mudanças no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), e já começa a valer em 2021.

O que é o Enem seriado

O Enem seriado é a aplicação de provas anuais que avaliam o conteúdo de cada ano do ensino médio. Assim, a nota do Enem será calculada com base no desempenho obtido em cada uma das provas seriadas. Ou seja, a nota do Enem será composta pelas notas das provas do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio.

Atualmente, o Enem é composto por uma prova, aplicada em dois dias, que avaliam todo o conteúdo do ensino médio de uma vez só. Com tanto conteúdo para um número limitado de questões, frequentemente temas importantes acabam ficando de fora da prova, ou são abordados de maneira rasa.

O Enem seriado se propõe a solucionar esses problemas. Com a aplicação de provas anuais, acredita-se ser possível avaliar o conhecimento dos estudantes sobre mais conteúdos ensinados durante o ensino médio, e em maior nível de profundidade.

Portanto, o Enem seriado pretende ser uma avaliação completa da trajetória do estudante durante o ensino médio, e não apenas do terceiro ano.

Como vai funcionar o Enem seriado

Os estudantes de cada ano ensino médio, das redes pública e privada, participarão de provas anuais que avaliarão os conhecimentos referentes ao ano que estão cursando. Por exemplo, no final do ano letivo um aluno do segundo ano do ensino médio fará uma prova geral para avaliar o que ele aprendeu sobre o conteúdo do segundo ano, de acordo com a BNCC.

As notas das provas do primeiro, segundo e terceiro ano vão compor a pontuação final, isto é, a nota do Enem seriado. O estudante poderá utilizar essa nota para participar do Sisu e do Prouni.

Vale destacar que no Enem seriado a provas de cada ano do ensino médio serão as mesmas, independentemente do local de aplicação ou rede de ensino. Ou seja, os alunos da rede privada farão a mesma prova dos alunos da rede pública, em todo o Brasil.

Como fica o Enem tradicional?

Com a introdução do Enem seriado, ficou a dúvida sobre o futuro do Enem tradicional, ou seja, a prova única que avalia todo o conteúdo do ensino médio.

De acordo com o Inep, o Enem tradicional continuará existindo mesmo com a aplicação do Enem seriado. Assim, o estudante terá a opção de participar de ambos os modelos, o que representa mais chances de obter um bom desempenho e entrar na faculdade com a nota do Enem.

Quem pode participar do Enem seriado

O Enem seriado será aplicado em escolas públicas e particulares, ou seja, estudantes do ensino médio de ambas as redes de ensino poderão participar.

Em 2021 o Enem seriado será opcional aos alunos do primeiro ano, mas a ideia é que a prova se torne obrigatória aos alunos do ensino médio após um período de testes de sua implementação.

Como funcionam outros vestibulares seriados

O Enem seriado pode parecer novidade, mas ele é inspirado em outros vestibulares seriados que já existem no Brasil.

O maior deles é o Programa de Avaliação Seriada (PAS), da Universidade de Brasília (UnB). Nele, os candidatos prestam uma prova ao final de cada ano do ensino médio. As pontuações das três provas compõem a nota final, que serve para participar no processo seletivo da UnB.

Outras universidades que oferecem o vestibular seriado para seus candidatos são a Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de Roraima (UFRR) e a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Em alguns vestibulares seriados, o candidato que não participou da avaliação no primeiro ano pode fazer as provas do primeiro e do segundo ano juntas. Também há modelos em que os conteúdos das provas vão se acumulando: no 1º ano é cobrado o conteúdo do 1º ano; no 2º ano, os conteúdos do 1º e do 2º; e no 3º ano é cobrado todo o conteúdo do ensino médio. Tais formatos, porém, são exceções.

Avatar

Jade Philippe

Diretora de Conteúdo do Blog do Enem. Formada em Direito, descobriu na comunicação um caminho mais direto para ajudar as pessoas. Foi assim que passou a integrar a equipe do Curso Enem Gratuito, plataforma dedicada a entregar educação livre, de qualidade e gratuita a todos os estudantes do Brasil.
Categorias: Sem categoria