Hidrosfera: Terra, planeta água. Resumo de Geografia Enem e vestibular

A maior porção da superfície da terra é formada por uma camada de água. Veja os principais conceitos para você entender o Ciclo da Água e a nossa Hidrosfera. Assim você não vai “boiar” nas questões de Geografia do Enem e dos vestibulares. Vem!

A hidrosfera corresponde a toda a água que tem relação com a Terra, independente do seu estado físico – líquido, sólido ou gasoso. A maneira mais visível é o oceano, que ocupa cerca de 70% da superfície terrestre.

Apesar disso, lembre-se de que a água não ocupa a maior parte do planeta, porque na parte interna, temos muito material rochoso (mesmo que se comprove a existência de um oceano subterrâneo, que estimam ser maior do que três oceanos juntos).

De todo modo, as águas superficiais são fundamentais para a existência de vida na Terra. No entanto, quando se fala de existência de vida em outro planeta, uma das primeiras coisas a ser investigada é a existência de água, pode observar.

Porém, não adianta nada ficarmos falando sobre a hidrosfera sem ver como ela funciona na prática, ou seja, temos que falar sobre o Ciclo Hidrológico.1O ciclo hidrológico é o responsável por manter a água “ativa” na Terra, ou seja, ela está sempre em movimentação, mas cabe ressaltar. A água NÃO SAI DO PLANETA, na verdade, não sai nem da troposfera.

O maior volume de água está em forma de oceano, com águas salgadas. Estas, na verdade, são 98% do total das águas, ficando apenas 2% de água doce. Desses 2%, a maior parte está congelada nos polos ou no alto das montanhas e uma parte está bastante poluída.

Dica 1: Revise também a atmosfera! Veja este super post: https://blogdoenem.com.br/atmosfera-geografia-enem/

OCEANOS

Os oceanos são responsáveis pela maior aglomeração de água. Como já falei anteriormente, ocupa cerca de 70% da superfície terrestre e é composto por água salgada.

Para os especialistas, o oceano é um só, numa formação contínua, mas para um entendimento geral, foi dividido em 5 oceanos diferentes (mas também afirmam que são apenas os três principais): Pacífico, Atlântico, Índico.2

  • Oceano Pacífico – é o maior e mais profundo oceano. Banha a América, Oceania e Ásia. Dizemos que de pacífico, só tem o nome, pois é extremamente “movimentado” geologicamente, com várias ocorrências de maremotos e surgimento de vulcões. É nele que encontramos o chamado Círculo de Fogo.
  • Oceano Atlântico – é o mais movimentado economicamente, banhando a América, Europa e África, é bem estável geologicamente.
  • Oceano Índico – costuma ser o oceano do reflexo, pois acaba recebendo a maior parte dos maremotos que ocorrem no Pacífico. Banha a Oceania, África e Ásia.
  • Oceano Ártico – é a porção mais ao norte do planeta, quase que isolado.
  • Oceano Antártico – ocupa a parte mais ao sul, sendo bastante “aberto”, não conseguindo ter uma definição de seus limites.

Os oceanos são responsáveis diretos por mudanças climáticas também, no seu aquecimento ou resfriamento (El niño e La niña). Além disso, são responsáveis por fluxos de animais, que pegam carona com as correntes marinhas, que são os “rios” que existem nos oceanos, graças ao movimento de rotação da Terra.3Essas correntes são responsáveis por formações de alguns desertos, por exemplo, já que não apresentam muita umidade. Dentro desse movimento, podemos observar que as correntes que passam pelos polos são frias, enquanto as que passam pelo Equador são quentes.

Dica 2: Estude também a hidrografia brasileira: https://blogdoenem.com.br/hidrografia-do-brasil/

Então, curtiu o conteúdo? Tudo compreendido? Caso não, dê uma olhadinha na videoaula e depois teste seus conhecimentos nos exercícios logo abaixo, ok? Bons estudos!

Videoaula

Exercícios

1 – (Enem) O sol participa do ciclo da água, pois além de aquecer a superfície da Terra dando origem aos ventos, provoca a evaporação da água dos rios, lagos e mares. O vapor da água, ao se resfriar, condensa-se em minúsculas gotinhas, que se agrupam formando as nuvens, neblinas ou névoas úmidas. As nuvens podem ser levadas pelos ventos de uma região para outra.

Com a condensação e, em seguida, a chuva, a água volta à superfície da Terra, caindo sobre o solo, rios, lagos e mares. Parte dessa água evapora retornando à atmosfera, outra parte escoa superficialmente ou infiltra-se no solo, indo alimentar rios e lagos. Esse processo é chamado de ciclo da água.

Considere, então, as seguintes afirmativas:

I. a evaporação é maior nos continentes, uma vez que o aquecimento ali é maior do que nos oceanos.

II. a vegetação participa do ciclo hidrológico por meio da transpiração.

III. o ciclo hidrológico condiciona processos que ocorrem na litosfera, na atmosfera e na biosfera.

IV. a energia gravitacional movimenta a água dentro do seu ciclo.

V. o ciclo hidrológico é passível de sofrer interferência humana, podendo apresentar desequilíbrios.

a) somente a afirmativa III está correta.

b) somente as afirmativas III e IV estão corretas

c) somente as afirmativas I, II e V estão corretas.

d) somente as afirmativas II, III, IV e V estão corretas.

e) todas as afirmativas estão corretas.

2 – (Fesp-PE) Todos os seres vivos participam de alguma forma e constantemente do ciclo da água na natureza porque consomem água do meio e liberam depois em decorrência de suas atividades vitais. Assinale:

a) Se a afirmação e a razão estiverem corretas.

b) Se a afirmação estiver correta e a razão estiver errada.

c) Se a afirmação estiver errada e a razão estiver correta.

d) Se a afirmação e a razão estiverem erradas.

e) Se a afirmação e a razão estiverem corretas, mas a razão não justificar a afirmação.

3 – A circulação dos oceanos tem uma influência direta sobre a vida na Terra. Sem os oceanos, extensas áreas do nosso planeta seriam excessivamente quentes ou frias.

Assim, para melhor compreender o sistema climático do planeta, devemos estudar a circulação oceânica, analisando os efeitos simultâneos da distribuição da temperatura em toda a superfície do globo terrestre conjuntamente com a distribuição dos ventos marítimos.

No início, os navios foram os únicos meios de transporte usados para estudar as correntes oceânicas. Seu levantamento limitava-se a alguns meses de observações quase sempre regionais. Com o uso dos satélites foi possível desenvolver novas e mais completas e preciosas técnicas de observação da circulação global das correntes marítimas a partir do espaço, por intermédio do estudo topográfico da superfície marítima. […].

MOURÃO, R. R. F. Os Oceanos e o Clima. Revista ECO-21, ed. 41. Disponível em: <http://www.eco21.com.br>. Acesso em: 22/11/2013.

A importância e influência dos oceanos sobre os climas devem-se à:

I. capacidade de transportar o calor das zonas equatoriais e tropicais para os polos, ajudando a reduzir as diferenças térmicas entre as diferentes regiões do planeta;

II. manutenção das baixas temperaturas durante todo o ano nas regiões costeiras em função da ação de suas águas gélidas sobre o litoral;

III. habilidade em conter a amplitude térmica nas regiões litorâneas em razão do aumento da umidade do ar por eles proporcionada.

Está(ão) correta(s) a(s) alternativa(s):

a) I

b) II

c) I e II

d) I e III

e) II e III

GABARITO

1 – D

2 – A

3 – D

Os textos e exemplos acima foram produzidos pelo professor Leandro, formado em Geografa pela Udesc. Leandro é professor de Geografia em escolas da Rede Particular de Ensino da Grande Florianópolis.