E na hora de escolher o curso? – O que você quer: dinheiro, ou realização?

Qual é a melhor pergunta: “O que você vai ser?” ou “O que você quer ser?”. Com certeza você já deve ter ouvido em vários momentos da sua vida essas duas perguntas.  Só que você cresceu. E agora, quais são as respostas?  Quem vai escolher seu futuro? - Você, ou seus pais?

Todo mundo na maior tensão: Como escolher o meu curso?  É, mas na Orientação Profissional nos anos 80 não era bem assim: os pais é que escolhiam o futuro dos filhos.

Mas, e agora, como é que se escolhe o seu futuro? É você que decide, ou alguém decide por você? Confira!

No post de hoje, a professora Ana Célia Bohn, que atua na orientação profissional e vocacional de jovens em Santa Catarina, vai ajudar você a iluminar o seu caminho e responder a essas perguntas.

Até um tempo atrás (nas décadas jurássicas de 1980/90) o leque das profissões era restrito aos clássicos: Medicina, Odontologia, Psicologia, Advocacia, Engenharias (mais para os meninos), Pedagogia (mais para as meninas) e Administração, em menor intensidade. A vida era assim. Sempre houve outros cursos, só que, esses eram os mais concorridos nos concursos de vestibular. Ainda nem existia o Enem.
qual caminho escolherEntão, ficava fácil para os pais dizerem: “faça isso” ou “faça aquilo”. Eles opinavam na escolha do curso de seus filhos. Dura realidade da qual fiz parte, mas hoje posso dizer às minhas filhas: “vocês podem ser o que quiserem, desde que, assumam os riscos, as oportunidades, os sucessos e insucessos de suas escolhas.”

Acontece que, nós, pais de hoje, não podemos mais opinar de forma tão incisiva na escolha do curso superior dos filhos e, consequentemente, na carreira que eles vão seguir. E você sabe o porquê?  – Porque você é nascituro da era do conhecimento, cujas palavras de ordem são: tecnologia, informação, comunicação, redes e inovação. Vacilou com o ‘nascituro’? É simples: nascituro é o ser humano já concebido, cujo nascimento (ou chegada) é dado como certo!

Orientação profissional na era do conhecimento

Na era agrícola, quem detinha o capital era o dono da terra. Séculos depois, na Era Industrial, já na época em que o capital era o dinheiro, quem possuía o poder era o dono das indústria. Hoje, quem retém o capital é quem tem o conhecimento, ou seja, estamos em uma era em que importamos e exportamos “cérebros”.

O mundo passou de grande para pequeno, as negociações são globalizadas e sua carreira se expandiu de regional para mundial.  Mas enfim, o que tudo isso quer dizer? Quer dizer que, expandimos os horizontes…

Você define o seu horizonte

orientacao profissional
Quem vai escolher o seu caminho?

Quaisquer das profissões que você escolher terá oportunidade aqui no Brasil ou fora dele. Bastam alguns cliques, contatos virtuais, visitas aos sites de seu interesse e disposição para mudanças e internalização de novas culturas. Isso significa que, não importa o curso que você escolher, sempre haverá um bom lugar ou o melhor lugar para você trabalhar. Vai depender do teor de seu esforço e comprometimento com o que estará fazendo.

Por exemplo…

Não basta ser médico, é necessária uma especialidade. A bola da vez é o nutrólogo. O carinha que cuida de você, antes mesmo de ficar doente: “manutenção preventiva” ao invés de corretiva”.  Mas, se for a formação médica o que você quer, o blog do Enem já deu algumas dicas sobre o curso de Medicina.  Medicina o curso e notas de corte

Não basta ser odontólogo, é preciso entender de estética. O sorriso tem que ser lindo. Lá vai você para a especialidade e as inovações da medicina bucal… Quer ver como é o curso de graduação e a vida de dentista? O blog do Enem já mostrou como funciona o mercado de trabalho na área de odontologia.  odontologia

Também não basta ser Engenheiro, é preciso compreender os preceitos da sustentabilidade e encontrar soluções inovadoras para o descarte e reutilização de materiais. Quer saber mais como são as carreiras e o mercado de trabalho nas Engenharias? Confira aqui os cursos de engenharia.

Não basta ser Agrônomo, é importante que você viabilize formas de plantio sustentável, produtos orgânicos, e assim vai…  Já pensou em atuar nessa área? Veja o panorama da profissão de agrônomo que o blog do Enem selecionou para você!

Espero ter ajudado você a pensar. Sei que não posso dizer qual o melhor curso, mas posso afirmar: “A tendência é para quem está disposto a inovar, desafiar-se, aprender sempre”, pois o mundo chegou a um patamar que iremos transpor a era do conhecimento para a era da sabedoria.

Seja o que você quer ser… Bons ventos! Sucesso!

Gostou de nossas dicas para ajudar em sua orientação profissional? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!

orientacao profissionalEste post foi escrito pela professora Ana Célia Bohn. Ela é formada em Administração, com especialização em Gestão de Recursos Humanos e tem Mestrado em Administração. Ana Célia Bohn dá aulas no Centro Universitário Católica de Santa Catarina, e na Faculdade SENAC na cidade de Jaraguá do Sul.

Ana Célia Bohn foi premiada em 2015 com o melhor artigo científico brasileiro com o tema “Educação à Distância”, no XXV ENANGRAD, e também atua como orientadora educacional para graduação e pós-graduação.  Contato: ana.bohn@catolicasc.org.br