Redação e Português Enem – Leitura e Interpretação de Texto

A importância do desenvolvimento da capacidade leitora e de uma postura crítica para o bom desempenho na Redação e nas demais provas do Enem e dos vestibulares. Veja os fundamentos de Interpretação de Texto para chegar lá!

Na sociedade atual, nossas ações, sejam individuais ou coletivas, estão permeadas por textos, verbais ou não verbais; que se completam no objetivo de estabelecer a comunicação que se estabelece nas relações sociais.

Sem fazer a correta Interpretação de texto não há diálogo. Sem ler não se consegue escrever com fluidez. Já imaginou uma Redação Enem de quem tem pouca leitura? Vai faltar vocabulário, gramática, costura entre as ideias e por aí a nota vai ladeira abaixo. Veja o que nos dizem os mestres Paulo Francis, Machado de Assis e Marina Colasanti, que são autores nota 10!

Por meio de textos, informamos, esclarecemos, expomos pontos de vistas, manifestamos ideologias, etc. E é por intermédio deles que estabelecemos um elo com nossos interlocutores, que interagem conosco; refutando, concordando, desenvolvendo nossas ideias, ao mesmo tempo em que repassam as suas. Interpretação de texto em Machado de Assis

Mas não basta apenas produzir ou recebe textos. Diante de uma infinidade de linguagens e mídias, é preciso que você saiba compreendê-los e estabelecer relações, aptidões essenciais para nos tornarmos leitores competentes e ocuparmos o nosso espaço na sociedade.

Dica 1 – Denotação e Conotação – Aprenda como identificar e diferenciar os sentidos conotativo e denotativo na linguagem literária. Post especial do professor Jackson Gil: https://blogdoenem.com.br/denotacao-conotacao-linguagem-literaria/
  • → Veja o que nos dizem alguns intelectuais a respeito da leitura crítica:
  • “Quem não lê não pensa, e quem não pensa será para sempre um servo”. Paulo Francis
  • “É preciso ler isto, não com os olhos, mas com a memória e a imaginação”. Machado de Assis
  • “O bom leitor lê sentidos. Quanto mais uma criança se apega ao sentido, melhor leitora ela será”. Marina Colasanti
  • Você pode ir mais além, aprofundando essas dicas sobre interpretação de texto. E não se esqueça: pesquise, estude para o vestibular e ENEM!

Leitor Competente é Leitor Crítico

A palavra ler tem muitos sentidos: percorrer com a vista, interpretando por relações entre sequências de sinais gráficos ou linguísticos; conhecer, pelo exame mais ou menos extenso, o conteúdo de uma obra; dedicar-se à leitura como hábito ou paixão; interpretar e compreender ideia ou conceitos de um autor; atribuir significado, sentido ou forma;

Ler é decifrar sentimentos ou pensamentos ocultos, guiando-se por indícios mais ou menos subjetivos; inferir, guiando-se por indícios objetivos, alguma coisa não declarada; conjecturar algo, formular hipóteses, a partir de dados objetivos. (Fonte: Dicionário Houaiss da língua portuguesa)

Como você pode perceber, ler é uma atividade mais complexa do que parece. A linguagem tem um grande poder de expressão, é o mais eficaz meio de interação entre interlocutores, mas também uma poderosa arma de dominação; daí a importância do desenvolvimento da capacidade leitora e crítica.

Dica 2 – Veja o que mais cai nas questões de português no Enem:
o que mais cai no Enem - Português
Veja o que mais cai de Português no Enem

Atenção a estes pontos para mandar bem no Enem e nos Vestibulares:

1.  O leitor competente não compreende apenas o que está sendo dito, bem como o não dito, as entrelinhas, o implícito do texto. É aquele que, diante de qualquer texto verbal ou não verbal, coloca-se numa posturaresponsiva-ativa, analisando, respondendo ao texto lido e percebendo as situações de produção: quem está falando, para quem se destina a mensagem, em qual contexto e momento histórico houve a produção textual e qual a intenção do autor.

2. Nenhum autor de texto se coloca numa postura neutra e despretensiosa, sempre há a intenção de produzir sentido no seu interlocutor, levando em consideração que poderá interagir com ele, informá-lo, emocioná-lo, ensiná-lo, incutir-lhe uma ideia, modificar seu comportamento.

3. O leitor competente consegue enxergar nas entrelinhas; percebendo, além dos sentidos das palavras e descobrindo o significado da pontuação, das pausas, das metáforas, etc. É preciso reconhecer todos os implícitos, os subterfúgios do autor, para que cheguemos a uma interpretação crítica e competente, que nos possibilite o verdadeiro exercício da cidadania.

interpretação de texto machado
Veja aula completa sobre Machado de Assis

Fique Ligado nas Obras que abordam a descoberta do gosto pela leitura:

Livros: “No mundo dos Livros” – José Mindlin (Agir); “A Paixão pelos Livros” – Org. Júlio Silveira e Martha Ribas (Casa da Palavra); “Como e por que ler o romance brasileiro” – Marisa Lajolo (Objetiva).

Filmes: “Sociedade dos Poetas Mortos” de Peter Weir; “Minhas tardes com Margueritte” de Jean Becker.

Sites: www.bibvirt.futuro.usp.br/; www.dominiopublico.gov.br/

Dica 3 – Redação Enem – Apostila gratuita as principais dicas para uma Redação nota 1000: https://blogdoenem.com.br/redacao-enem-apostila-gratuita/

Agora chegou a sua vez! Responda a questão abaixo sobre Interpretação de Texto que o Blog do ENEM preparou para você.

1. Qual das palavras abaixo, destacadas do poema de Mario Quintana, foi utilizada no sentido figurado?

Poeminho do contra

Todos esses que aí estão

Atravancando o meu caminho,

Eles passarão…

Eu passarinho!

(In: Caderno H, p, 28)

a) esses                               b) atravancando              c) eles                  d) passarão                        e)passarinho

Resposta: A alternativa correta é a letra… “e”.

Comentário: O sentido figurado, também chamado de conotativo, é aquele que atribui à palavra um significado que não é o real, o do dicionário; e, portanto, precisa ser inferido a partir do texto. O poeta se utilizou da imagem de liberdade atribuída para o passarinho para se definir como alguém livre, mesmo diante dos que tentam atrapalhá-lo.

Jackson Gil - Redação
O texto foi preparado pelo professor Jackson Gil Avila para o Blog do Enem. Jackson é licenciado em letras Português/Espanhol; especialista em Literatura Contemporânea e em Gramática do Texto; e mestrando em Ciências da Linguagem, todos pela UNISUL.