Vagas remanescentes do Fies: inscrições serão retomadas dia 26

As inscrições para o preenchimento das cerca de 50 mil vagas remanescentes do Fies serão retomadas a partir do dia 26 de outubro, em virtude da instabilidade ocorrida no sistema no primeiro período de inscrições. Conheça as regras e veja e quem pode participar!

As inscrições para as cerca de 50 mil vagas remanescentes do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) serão retomadas a partir do dia 26 de outubro. Essa medida foi necessária em virtude da instabilidade causada no sistema de inscrições pelo alto volume de candidaturas nos dias 6 e 7 de outubro. Assim, muitos não conseguiram completar suas inscrições, de maneira que se fez necessário prorrogar o período de inscrições para as vagas remanescentes.

Com a prorrogação, as inscrições para as vagas remanescentes do Fies vão de 26 de outubro a 3 de novembro para candidatos não matriculados. Já para os candidatos que possuem matrícula, o prazo vai até o dia 27 de novembro.

Contudo, o edital de prorrogação das vagas remanescentes do Fies ressalta que as vagas das inscrições concluídas nos dias 6 e 7 de outubro ficarão resguardadas. Ou seja, se você conseguiu concluir sua inscrição, pode ficar tranquilo.

O que são as vagas remanescentes do Fies

As vagas remanescentes são aquelas que não foram preenchidas no período anterior do processo seletivo do Fies. Ou seja, são as vagas que “sobraram”, seja pela desistência dos candidatos ou por falta de documentação. Assim, as vagas não preenchidas são chamadas de “vagas remanescentes”, e são novamente colocadas à disposição dos candidatos nesta nova etapa de seleção.

O edital das vagas remanescentes do Fies contempla apenas as vagas da modalidade Fies, isto é, aquelas direcionadas para estudantes com renda familiar per capita mensal de até três salários mínimos. Desta forma, o edital não abarca a categoria do P-Fies, que é direcionada aos candidatos com renda familiar mensal per capita de até cinco salários mínimos.

Inscrições para as vagas remanescentes do Fies

As inscrições para as vagas remanescentes do Fies acontecem em períodos diferentes para os candidatos matriculados ou não em instituições de ensino superior.

Para os candidatos não matriculados, as inscrições para as vagas remanescentes do Fies serão abertas na página do Fies no dia 6 de outubro e ficarão abertas até o dia 13 de outubro. Para os candidatos já matriculados em uma instituição de ensino superior, as inscrições começarão em 6 de outubro e ficarão abertas até o dia 13 de novembro.

Nos primeiros 3 dias de inscrições (6, 7 e 8 de outubro) serão ofertadas somente vagas para cursos prioritários. Alguns exemplos são as graduações da área de saúde, engenharias, licenciaturas e ciência da computação.

Preste atenção: as vagas remanescentes serão ocupadas de acordo com a ordem de conclusão das inscrições! Ou seja, quanto antes você se inscrever, maior sua chance de conseguir o financiamento com juro zero.

Prorrogação das inscrições

Devido ao alto volume de candidaturas nos dias 6 e 7 de outubro, o sistema de inscrições para as vagas remanescentes do Fies ficou sobrecarregado e muitos estudantes não conseguiram concluir suas inscrições. Por isso, o Ministério da Educação publicou um edital de prorrogação das inscrições.

Nele, está previsto que as inscrições serão retomadas no dia 26 de outubro, com prazo até dia 03 de novembro para estudantes não matriculados, e até dia 27 de novembro para alunos já matriculados em uma instituição de ensino.

Além disso, o edital de prorrogação prevê a garantia das inscrições dos candidatos que tiverem conseguido concluir suas inscrições nos dias 06 e 07 de outubro.

Quem pode se inscrever nas vagas remanescentes do Fies

De acordo com o edital, podem se inscrever nas vagas remanescentes do Fies os candidatos que atendam, cumulativamente, às seguintes condições:

  1. Ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a zero;
  2. Possua renda familiar mensal bruta per capita de até 3 (três) salários mínimos.

Aprenda a calcular a renda familiar mensal per capita para descobrir se você pode se inscrever:

O edital das vagas remanescentes do Fies ainda faz a ressalva de que o candidato que tiver sido pré-selecionado no processo seletivo regular do Fies do 2º semestre de 2020 não poderá se inscrever nas vagas remanescentes “enquanto perdurar a situação de pendência nas fases de complementação no FiesSeleção, de validação de suas informações pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA ou de validação de suas informações pelo agente financeiro”.

Além disso, não poderão se inscrever nas vagas remanescentes do Fies os candidatos que já tenham sido beneficiados com o Fies e ainda se encontrem em período de utilização do financiamento ou ainda não o tenham quitado.

Como funciona o Fies

O Fies é um programa de financiamento estudantil em universidades particulares com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Com o Fies, o estudante financia as mensalidades da faculdade com juros zero ou com uma taxa de juros menor que a praticada no mercado.

No entanto, o estudante beneficiado deve pagar mensalmente, durante o curso, o valor da coparticipação, que corresponde a uma parcela dos encargos educacionais que não foram financiados. Assim que o estudante concluir o curso, começará a pagar o restante do financiamento de acordo com a sua renda. Caso não exista uma renda mensal, será devido apenas o pagamento mínimo.

A partir de 2020, o financiamento foi dividido em duas modalidades: o Fies e o P-Fies. O Fies é destinado aos candidatos que comprovem renda mensal familiar per capita de até 3 salários mínimos. Nele, os estudantes são beneficiados com financiamento com juros zero.

Ou seja, se você concluir a universidade em 2026 e for beneficiado com o Fies, você irá pagar o mesmo valor que foi acordado no início do financiamento. Assim, o valor das mensalidades não sofre alteração conforme mudanças da universidade ou inflação, por exemplo.

Por sua vez, o P-Fies é a modalidade destinada a estudantes que comprovem renda familiar mensal familiar, por pessoa, de até 5 salários mínimos. No P-Fies, as condições de concessão do financiamento ao estudante serão definidas entre o agente financeiro operador do crédito (banco), a instituição de ensino superior e o estudante. Ou seja, a taxa de juros variará de acordo com o banco.

Avatar

Jade Philippe

Diretora de Conteúdo do Blog do Enem. Formada em Direito, descobriu na comunicação um caminho mais direto para ajudar as pessoas. Foi assim que passou a integrar a equipe do Curso Enem Gratuito, plataforma dedicada a entregar educação livre, de qualidade e gratuita a todos os estudantes do Brasil.
Categorias: FIES Tags: , ,