FIES 2019 – Veja como conseguir um financiamento estudantil Juro Zero

Tem nova rodada do FIES na metade do ano! Se liga aí para ficar de olho: Medicina, Direito, Engenharias e Veterinária com juro zero. Vale para todos os cursos, com cem mil vagas. Fique em dia também com as Bolsas de Estudo com ingresso simplificado das universidades privadas, com inscrições abertas.

Saiba quem pode e quem não pode pedir financiamento pelo Programa de Financiamento Estudantil (FIES ). Aqui você vai entender todo o processo e fazer tudo com segurança, confira!

Os valores para financiar um curso universitário são altos e a dívida é longa, mesmo com os juros baixos do programa. Então, não aceite pagar mensalidades acima da média. O Ministério da Educação (MEC) prometeu uma nova rodada do FIES para a metade do ano de 2019, inclusive com vagas de Juro Zero de novo. Veja o que é o Fies, e como conseguir uma vaga:

Mudanças no FIES

O FIES tem agora como pilares a ampliação do acesso ao ensino superior, a maior transparência para os estudantes e para a sociedade, e a melhoria na governança e na sustentabilidade do Fundo. O novo FIES está dividido em duas modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, o novo FIES ofertará vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.

A outra modalidade de financiamento, denominada P-Fies, é destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. A referida modalidade funciona com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento e ainda, com os recursos dos Bancos privados participantes. 

Os financiamentos com Juro Zero do FIES têm 100 mil vagas todo ano. Veja as novas regras para você se garantir e conquistar a sua chance. No segundo semestre tem nova oferta do FIES.

Mas, se ligue: quando se trata de financiar algo tão importante para o seu futuro, como a formação superior, não pode haver dúvidas antes de assinar o contrato do Fies. Os valores são altos e a dívida é longa, mesmo com os juros baixos do programa. Não aceite pagar mensalidades acima da média. 

Para quem ainda não conseguiu uma vaga no Sisu, no Prouni ou no FIES, existem alternativas descomplicadas de Bolsas de Estudo de até 75% do valor da mensalidade: Bolsas de Estudo

Veja aqui as Bolsas de Estudo disponíveis para ingresso em 2019. Dá tempo ainda para as turmas que começam agora.

Lista de Espera do FIES

Tudo sobre as mudanças no Fies – Para ajudar você o Blog do Enem traz todos os detalhes envolvendo a solicitação do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Há regras muito claras: Só podem concorrer ao financiamento do Fies 2019 com Juro Zero quem se enquadrar no critério econômico-social de ter Renda Familiar Mensal per capital de até 3 salários mínimos.

E,  os financiamentos com juros reduzidos valem para candidatos com Renda Familiar Mensal Per Capita de até cinco salários mínimos. Parece pouco, mas não é. Cabe muita gente aí, e pode ser a sua chance.

Veja como é feito o cálculo da Renda Familiar Mensal Bruta Per Capita. É simples, e você aprende em cinco minutos e descobre se pode ou se não pode concorrer ao Financiamento Estudantil.

Saiba tudo sobre as inscrições do FIES 2019

O Novo Fies é mais moderno. O Financiamento Estudantil foi dividido em duas modalidades, oferecendo condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

A primeira modalidade (Fies) oferta vagas com juro zero, reservadas para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.

Candidatos incluídos nessa situação começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda; dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente.

Já o P-Fies vale para os candidatos que comprovarem renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.

  • Cronograma do Fies 2019 Segundo semestre:

    • Inscrições
    • Resultado da pré-seleção do Fies e P-Fies:
    • Complementação da inscrição:
    • Pré-seleção da lista de espera do Fies:
    • Conclusão da inscrição no FiesSeleção:

.

Bolsas de estudo alternativas

Há vagas para estudar com desconto para cursos como Direito, Pedagogia, Administração, Enfermagem, Contábeis e mais 139 cursos com inscrições abertas aqui no Guia de Bolsas Remanescentes. Há vagas disponíveis em todo o país. Confira os cursos e bolsas para a sua cidade:

Encontre a bolsa de Estudos que você procura:

Digite pelo menos 3 caracteres.

 

Exigências do FIES – veja os requisitos para participar e calcule suas chances:

  • O candidato precisam ter média mínima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem;
  • Não pode ter zerado na redação;
  • Vale a nota do Enem de qualquer edição desde 2010;
  • Cursos avaliados com notas 4 e 5 (muito altas)  nos critérios do MEC têm a prioridade para ofertar vagas pelo FIES;
  • O MEC dá prioridade de vagas para cursos em Microrregiões com baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH);
  • 60% das vagas serão para cursos das áreas da saúde, das engenharias e licenciaturas;

.

.

Qual o perfil de quem NÃO pode solicitar o FIES 2019?

  • Quem estiver em situação de trancamento geral das disciplinas do curso no momento da inscrição no programa. Se você estiver com a faculdade trancada, volte, para só depois se inscrever.
  • Quem já contou com o benefício do programa em situação anterior. Você só pode financiar sua faculdade uma vez pelo FIES!
  • Quem esteja devendo parcelas do Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC), que era um benefício semelhante e foi desativado em 1999, com a implantação do FIES.
  • O estudante cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a três salários mínimos.
  • O estudante cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta por pessoa seja inferior a 20%.
  • Quem já tem curso superior completo não pode também solicitar o Fies.

.

Confira o passo a passo do MEC para você solicitar o FIES 2019

1° Passo: Inscrição no Sistema de Seleção do Fies (Fies Seleção)

O primeiro passo para efetuar a inscrição consiste em acessar o Sistema de Seleção do FIES (FIES Seleção) e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informará seu número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que o estudante acessar o Sistema.

Após informar os dados solicitados, o estudante receberá uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o FIES Seleção e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição. Fonte: http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq

2° Passo: Inscrição no SisFIES

O estudante pré–selecionado deverá acessar o SisFIES e efetivar sua inscrição, em até 5 (cinco) dias corridos a contar da divulgação de sua pré–seleção, informando os dados de financiamento a ser contratado.

3º Passo: Validação das informações

Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até 10 (dez) dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição. A CPSA é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

4º Passo: Contratação do financiamento

Após a validação das informações, o estudante, e se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

No ato da inscrição no SisFIES, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais Agentes Financeiros do Programa.

Atenção! Os prazos para validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no SisFIES e da validação da inscrição na CPSA, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados.

Como o processo tem uma tramitação burocrática que pode chegar a um ou dois meses, em muitas instituições você tem que arcar com a despesa da matrícula e, provavelmente, das primeiras mensalidades. Mas, quando o processo estiver concluído, estas primeiras parcelas que você pagou deverão ser reembolsadas a você pela faculdade ou universidade.

O Ministério da Educação publicou uma página completa com Perguntas e Respostas sobre o FIES 2019. Confira aqui para tirar suas dúvidas.

 Simulador do FIES

Você pode fazer agora mesmo uma simulação do FIES 2019, para saber quanto você teria que pagar depois se contratar um financiamento pelo FIES. Basta você acessar o Simulador do FIES no site do próprio Ministério da Educação e preencher os campos solicitados de valor da semestralidade (a soma das 6 mensalidades de um semestre), e a duração do curso, em anos. O próprio sistema calcula os juros e o valor da parcela futura. Acesse aqui.

Confira aqui um Passo a Passo sobre como fazer a sua inscrição para o FIES