Cálculo da Renda Familiar Mensal Per Capita para o Prouni, Fies e Sisu

Veja se você pode concorrer às Bolsas de Estudo do Prouni, nas cotas do Sisu, ou no Financiamento Juro Zero pelo FIES. A sua Renda Familiar Mensal Per Capita pode beneficiar você nestes programas. Veja como é simples e rápido calcular. Muita gente que poderia concorrer deixa a chance passar sem saber. Veja abaixo o cálculo da Renda Familiar.

Cálculo da Renda Familiar Mensal Per Capita: tire suas dúvidas sobre quem pode e quem não pode concorrer às Cotas nas disputas do Sisu, nas Bolsas de Estudo Prouni e ver os limites de financiamento pelo Fies.

As regras são claras, mas nem tão simples que se ‘entenda de primeira’, e nem tão complicadas para ‘quebrar a cabeça’. Para ter bolsa de estudo de 100% pelo Prouni é preciso ter Renda Familiar Mensal Per Capita de até 1,5 salário mínimo. Para bolsa de 50%, a renda pode ir a até três salários mínimos mensais por pessoa. E, no Sisu há vagas por cotas sociais e raciais onde o critério de renda familiar mensal Per Capita também existem.cálculo da Renda Familiar Mensal Per CapitaNo Fies vale o limite de até três salários mínimos para financiamento com juro zero, e de até cinco salários mínimos per capita para os financiamentos com juros subsidiados.  Veja abaixo como calcular em cinco minutos. Você pode ter uma surpresa e perceber que pode sim concorrer! Veja no post os sistemas de cotas por faixa de Renda Familiar em cada programa, e mais abaixo aprenda a fazer o Cálculo da Renda Familiar Mensal Per Capita. É bem simples.

Mas, fique de olho bem aperto, pois existem outras formas de conseguir Bolsas de Estudo e descontos radicais de até 75% no valor das mensalidades nas universidades de todo o país. Então, a dica do Blog do Enem é sempre tentar o Sisu, o Prouni e o Fies.

Saiba como a nota do Enem é importante para aumentar as suas chances de conseguir bolsa com 100% ou 50% de gratuidade no curso pelo Prouni. A novas regras do Fies exigem nota mínima de 450 pontos de média nas provas objetivas, e não pode ter zerado na redação!

Mas, se não der para entrar nestes problemas, há, sim, outras formas de Bolsas com ingresso simplificado para você começar a faculdade. Veja, para não perder a chance: Bolsas de Estudo em trê passosVeja na imagem acima as alternativas de Bolsas de Estudos de até 75% em mais de 800 faculdades e universidades em todo o país cadastradas no programa Quero Bolsa. Veja como fazer  a inscrição gratuita para estas bolsas em três passos aí na imagem.

As Bolsas de Estudo do Prouni

Com as Bolsas de Estudo Prouni, do Programa Universidade para Todos, você pode fazer sua faculdade privada gratuitamente. Isso irá depender da sua nota do Enem e da comprovação da sua situação financeira. A bolsa integral, de 100%, é destinada aos estudantes que possuam renda familiar bruta mensal por pessoa de até um salário mínimo e meio.  Bolsas de Estudo do Prouni - Veja quem pode e quem não podeJá a bolsa parcial de 50%, atende os estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.  No Fies as regras desde 2015 já são diferentes. Só podem concorrer aos financiamentos do Fies quem tem renda familiar mensal per capital de até 2,5 salários mínimos. Parece pouco, mas é muito dinheiro. Veja abaixo no post como calcular.

Cotas no Sisu

Na disputa das vagas para as universidades federais e para os institutos federais de educação a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) estabelece que 50% das vagas devem ir para candidatos que fizeram todo o Ensino Médio em escola pública. Alem disso, metade das vagas para os cotistas ficam reservadas para candidatos com renda familiar mensal de até 1,5 salários mínimos.

Cálculo da Renda Familiar Mensal Per Capita

Parece complicado de entender, mas é bastante simples a regra socioeconômica da Renda Familiar Bruta Mensal Per Capita. Se você tem um irmão (ou irmã) e mora contigo e mais seu pai e sua mãe, então são quatro pessoas na família.

Se apenas seus pais trabalham, e a renda mensal bruta somada deles dois for de R$ 4 mil, você pega este valor total e divido por quatro membros do grupo familiar. Se for mãe e padrasto, conta do mesmo jeito. Se for morando com o pai e madrasta, da mesma forma. Se for meio-irmão ou meia-irmão, conta igual. Se tiver um primo, um tio ou avós agregados ali, também conta. O que importa é o núcleo familiar que mora junto.

O resultado, então, para o exemplo de dois filhos e pai e mãe, com renda mensal bruta de R$ 4 mil, para o cálculo de Renda Familiar Mensal Bruta Per Capita (por pessoa) dá R$ 1 mil reais ‘por pessoa’. Este valor, no exemplo demonstrado, corresponde a menos do que 1,5 salário minimo mensal de renda bruta per capita. Resultado: O candidato poderia concorrer em todos os programas! E você?

Veja como calcular a Renda Familiar Mensal Per Capita:

Quem está dentro desta linha de corte de até 1,5 salários mínimos pode concorrer uma bolsa de 100% do Prouni. Na faixa de até três salarios mínimos, concorre a Juro Zero no Fies. Deu para você? Mas, é claro, você tem que preencher também outros requisitos vinculados do Prouni, como ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública, ou ter feito o Ensino Médio em escola particular com bolsa integral. Há outros descritos no final do post.

O FIES também tem exigências bem claras. Veja aqui os critérios gerais do FIES:

  • Não vale ‘zerar’ na Redação;
  • Não vale ter menos de 450 pontos de média nas provas objetivas;
  • Vale a nota do Enem desde a edição de 2010;
  • Renda familiar per capita de até 3 salários mínimos no Fies 1, e renda de até 5 salários nos Fies 2 e 3.
  • E, é preciso cumprir o critério socioeconômico de Renda Familiar exigido.

Outro exemplo de cálculo da Renda Familiar:

Acompanhe o raciocínio para fazer as contas: Vamos supor que a renda somada do pais de um candidato fosse de 7 mil reais por mês, para um núcleo familiar total de 4 pessoas (pai, mãe, e dois filhos). Você pega este valor de sete mil reais e faz a divisão por 4 pessoas, e chega ao valor de R$ 1.750,00 de Renda Familiar Mensal Bruta Per Capita. Como o salário mínimo para o ano de 2018 é de R$ 965,00, este valor de R$ 1.750,00 significa 1,81 salários mínimos.

Então, nesta conta, o candidato passou da linha de corte de 1,5 salários mínimos, mas está abaixo da linha dos três salários mínimos de renda per capita. Então, ele poderia concorrer pelo Prouni apenas para as bolsas de estudo correspondentes a 50% do valor da mensalidade.

O candidato só ficaria fora das regras do Prouni se a renda familiar bruta mensal per capita ficasse acima de 3 salários mínimos por pessoa, e isso dá R$ 2.895,00. Mas, pelas regras do FIES 2018, mesmo com esta renda per capita e R$ 1.750,00 dá para concorrer nas 100 mil vagas com financiamento a juro zero.

Viu como é simples? E cabe quase o Brasil inteiro dentro destes critérios. Muita gente não sabe disso e fica de fora perdendo a oportunidade. Pegue ai um pedaço de papel ou a calculadora do celular e faça as contas da sua casa, e descubra e você pode ou não disputar as bolsas de estudo Prouni. Vale muito a pena!

fies 100 Veja aqui as regras no Fies para saber se você pode pode financiar 50%, 75%, ou 100% da mensalidade do curso. Para os financiamentos com Juro Zero, o limite da renda familiar mensal per capita é de até três salários mínimos. E, para os demais financiamentos, limite de até 5 salários mínimos. Clique na imagem acima para ver tudo sobre o FIES.

E aí, valeu? Mas, não é tudo ainda: Existem situações especiais de financiamento e de pagamento para estudantes matriculados em cursos de Licenciatura, para formar professores, e também alunos de Medicina. Veja também o site oficial do Fies no portal do MEC, para ajudar a esclarecer suas dúvidas:http://sisfiesportal.mec.gov.br/fies.html

 Critérios gerais de inclusão por cotas Prouni

Além de tirar nota boa no Enem e possuir renda dentro dos padrões de até 1,5 salário minímo ou de até 3 salários mínimos de renda familiar bruta mensal per capita do programa, para participar do Prouni você precisa atender a pelo menos um dos itens da regra geral abaixo:

  • Ter estudado o ensino médio completo em escola pública
  • Ter estudado o ensino médio completo em escola particular, mas com bolsa integral
  • Ter estudado o ensino médio completo parte em escola pública, parte em escola particular, mas também na condição de bolsista integral na escola particular
  • Ser pessoa com deficiência
  • Se você já é professor da rede pública e está dando aulas na educação básica, sendo funcionário fixo contratado pela escola, você pode concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura e, nesses casos, não há requisito de renda.