Estatística: Média Aritmética Simples e Ponderada. Matemática Enem.

Nesta aula você aprende dois temas muito importantes aplicados na Estatística: Média Aritmética Simples e Ponderada. Faça parte deste universo estatístico conferindo essa aula de matemática que vai te deixar por dentro de mais um conteúdo do Enem! E no final, tem Simulado Enem Online de Matemática com apenas 10 questões para você estudar!

Não é de agora que a Estatística é uma ferramenta importante para a humanidade. Atualmente o estudo da Estatística permeia os mais diversos campos do conhecimento, sendo aplicado não somente com o intuito de constatar fatos, mas também de percepção de tendências.

É importante que ao nos depararmos com uma informação tratada na estatística, que tenhamos a capacidade de interpretar, compreender, estabelecer relações e realizar suposições a partir de dados expostos. Esta aula lhe trará o tratamento estatístico das medidas de tendência Central.

Podemos entender a Estatística como sendo o método de estudo de comportamento coletivo, cujas conclusões são traduzidas em resultados numéricos. Podemos, intuitivamente, dizer que Estatística é uma forma de traduzir o comportamento coletivo em números.

1

  • Universo Estatístico ou População Estatística: Conjunto formado por todos os elementos que possam oferecer dados pertinentes ao assunto em questão.
  • Amostra: É um subconjunto da população estatística. Quando o Universo Estatístico é muito vasto ou quando não é possível coletar dados de todos os seus elementos, retira-se desse universo um subconjunto chamado amostra. Os dados são coletados dessa amostra.
  • Rol: É toda sequência de dados numéricos colocados em ordem decrescente ou crescente.

Medidas de Tendência Central

As medidas de tendência central são utilizadas quando é necessário representar um conjunto de dados, obtidos em uma pesquisa, por meio de um único valor. Essas medidas indicam que os dados tendem a concentrar-se em torno deste valor.

2

A média aritmética simples também é conhecida apenas por média. É a medida de posição mais utilizada e a mais intuitiva de todas. Ela está tão presente em nosso dia-a-dia que qualquer pessoa entende seu significado e a utiliza com frequência.

A média aritmética de um conjunto de valores numéricos é calculada somando-se todos estes valores e dividindo-se o resultado pelo número de elementos somados, que é igual ao número de elementos do conjunto, ou seja, a média de n números é sua soma dividida por n.

Considere a seguinte situação:

A tabela abaixo mostra as notas de matemática de um aluno em um determinado ano:

3

Ou seja; calcular uma média aritmética significa calcular o quociente (divisão) entre a soma de todos os elementos pela quantidade de elementos obtidos.

Obs.: (Interpretação do resultado)  Ter média 6,5 significa dizer que, apesar de ele ter obtido notas mais altas ou mais baixas em outros bimestres, a soma das notas (26) é a mesma que ele alcançaria se tivesse obtido nota 6,5 em todos os bimestres.

Para melhor compreender este conceito, assista ao vídeo selecionado abaixo que mostra a representação matemática generalizada de uma média aritmética:

4

Nos cálculos envolvendo média aritmética simples, todas as ocorrências têm exatamente a mesma importância ou o mesmo peso. Dizemos então que elas têm o mesmo peso relativo. No entanto, existem casos onde as ocorrências têm importância relativa diferente. Nestes casos, o cálculo da média deve levar em conta esta importância relativa ou peso relativo. Este tipo de média chama-se média ponderada.

  Ponderar é sinônimo de pesar. No cálculo da média ponderada, multiplicamos cada valor do conjunto por seu “peso”, isto é, sua importância relativa.

Considere a seguinte situação:

Cinco baldes contêm 4 litros de água cada um, três outros 2 litros de água, cada um e, ainda, dois outros  contém 5 litros de água, cada um. Se toda essa água fosse distribuída igualmente em cada um dos baldes, com quantos litros ficaria cada um?

Solução:

A quantidade de litros que ficaria em cada balde é a média aritmética ponderada:

5

Ou seja, a quantidade, em litros, de água em cada balde é chamada de média ponderada dos valores 4 litros, 2 litros e 5 litros, com pesos 5; 3 e 2.

Exemplo (Média aritmética e ponderada)

As médias escolares podem ser calculadas por meio das médias simples. Se para passar de ano, você precisa tirar média 7, e a média é calculada com quatro provas, precisaremos pegar as notas que tirou em todas as provas, e dividir por quatro, que é o número de avaliações realizadas. Na primeira prova você tirou 8, na segunda tirou 7, na outra tirou 6 e na última tirou 7. Partimos então para o cálculo:

6

Sua média, nesse caso, seria 7 e você estaria aprovado.

Usando o mesmo exemplo da nota escolar, imagine que cada uma das notas tem um peso distinto. A primeira prova, possuía peso 2, a segunda peso 2, a terceira peso 3 e a quarta peso 3. Como isso pode ser calculado? Multiplica-se o valor pelo seu peso, somando aos resultados das outras multiplicações e então divide-se pela soma de todos os pesos. Confira o cálculo do exemplo:

7

Nesse caso, a média seria 6,9.

Na média ponderada, ao contrário da média simples, a alteração da posição dos números pode ocasionar em resultados errados. Se você errasse, por exemplo, aplicando peso 1 às duas primeiras notas e peso 2 às seguintes, sua média seria diferente:

8

Isso faria bastante diferença, certo? Lembre-se sempre de fazer a multiplicação dos pesos com cada um dos valores antes de somá-los e de conferir se os pesos estão aplicados ao valor correto. Gostou da revisão? Tem muito mais. Veja os 10 Temas de Matemática que mais caem.

matemática enem destacada
Confira os temas que mais caem

Exercícios sobre Estatística

Exercício – 1

(PUC) Na revisão de prova de uma turma de quinze alunos, apenas uma nota foi alterada, passando a ser 7,5. Considerando-se que a média da turma aumentou em 0,1, a nota do aluno antes da revisão era:

a) 7,6

b) 7,0

c) 7,4

d) 6,0

e) 6,4

Solução. Considerando N a nota alterada, temos:

9

Alternativa d

Exercício – 2

10

a) ímpar

b) primo

c) quadrado perfeito

d) maior que 30

e) múltiplo de 13

Solução. Considere N o número retirado. Temos:

 11

Exercício – 3

(UFRN) José, professor de Matemática do Ensino Médio, mantém um banco de dados com as notas dos seus alunos. Após a avaliação do 1º bimestre, construiu as tabelas a seguir, referentes à distribuição das notas obtidas pelas turmas A e B do 1º ano. Ao calcular a média das notas de cada turma, para motivar, José decidiu sortear um livro entre os alunos da turma que obteve a maior média.

12

A média da turma que teve o aluno sorteado foi:

a) 63,0

b) 59,5

c) 64,5

d) 58,0

Solução. Calculando a média em dados agrupados para cada turma, temos:

i) 13

ii) 14

Alternativa b

Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Jaceli Eccher para o Blog do Enem. Jaceli é formada em Matemática habilitação Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Catarina com Especialização no ensino de Ciências pelo Instituto Federal de Santa Caratina. Facebook: https://www.facebook.com/Jacelieccher

Estatística

.

Veja aqui aulões gratuitos de Matemática!