Clarice Lispector: a ‘autora das Redes Sociais’ – Literatura vestibular e Enem

Clarice Lispector cai nos vestibulares e no Enem. E ainda está entre os escritores mais citados nas redes sociais. O que a torna tão especial? Veja nesta revisão gratuita sobre a autora do clássico A Hora da Estrela.

Quem estuda para o Enem e para os vestibulares om certeza já deve ter lido alguma obra da autora ou teve aula sobre Clarice Lispector.

O livro dela mais citado por todos os professores e que teve maior número de exemplares vendidos é ‘A hora da estrela’, que narra o modo muito particular e de viver a vida de Macabéia, e personagem central do romance. Veja!

Macabéia é uma retirante nordestina que tem a vida contada por um personagem masculino, Rodrigo, que faz o papel de narrador. O livro é genial, uma obra-prima da literatura brasileira. Quer uma dica? Depois desta aula veja um um resumo do UOL Vestibular sobre A Hora da Estrela  e o perfil de Clarice Lispector.lit-clarice-lispector-FB

Clarice Lispector fez parte da Terceira fase do Modernismo no Brasil (1945 – +/- 1960). Clarice imprimiu em suas obras uma literatura intimista, de sondagem psicológica e introspectiva.

Outra característica que chama atenção é que Clarice deixa em segundo plano a trama de suas histórias e detém-se no registro de incidentes do cotidiano ou no mergulho para dentro dos personagens. Guimarães Rosa também se destacou nessa fase da Literatura Brasileira.

O contexto em que viveu Clarice Lispector

A Terceira fase do Modernismo é marcada por transformações sócio-políticas. Em 1945 foi o final da Segunda Guerra Mundial e início da Era Atômica (Hiroxima e Nagasaki). Surge a ONU, Organização das Nações Unidas, ocorre a Guerra Fria. No Brasil, temos o fim da ditadura Vargas, redemocratização brasileira, retomada de perseguições políticas, ilegalidades e exílios.

Clarice Lispector morou na Itália durante a Segunda Guerra. O marido era diplomata e trabalhava na embaixada brasileira. Ela foi voluntária e trabalhou no apoio aos soldados brasileiros que serviram na Força Expedicionária Brasileira. Era de poucas palavras e quase nunca dava entrevistas.

Simulado Enem de Literatura

Aumente suas chances nas provas do Enem e nos vestibulares com o tira-dúvidas de Literatura do Simulado Enem Online. Provas com dez questões sobre cada tema, com gabarito na mesma hora e aulas de reforço para os temas que você não acertar. Veja aqui o Simulado Enem Online de Literatura:  simulado-enem-online-de-literatura-fino

A ‘Autora das Redes Sociais’

Agora que você já sabe um pouquinho do contexto em que as obras de Clarice Lispector ganharam vida, vamos falar sobre a sua popularidade nas redes sociais.

No blog sobre Clarice Lispector mantido pelo Instituto Moreira Salles há um post da autora Elizama Almeida que traz informações surpreendentes sobre a popularidade de Clarice Lispector nas Redes Sociais: “Segundo pesquisa feita pelo youpix em junho de 2012, Clarice é a escritora mais citada no Twitter.

São postadas diariamente no microblog mais de 3,5 mil frases de sua autoria – ou atribuídas a ela. Com o pequeno limite de 140 toques para cada publicação, não sobram caracteres para se incluir uma básica referência bibliográfica. Isso quando há intenção de quem posta as frases. E se quem conta um conto aumenta um ponto, quem cita uma frase aumenta pontos, vírgulas, palavras e enredos bastante equivocados.” Veja o post completo aqui: http://claricelispectorims.com.br/Posts/index/14

Dica 3 – Para conhecer mais detalhes da vida e obra de Clarice Lispector acesse o site oficial da autora: http://www.claricelispector.com.br/

O que acaba acontecendo é que os usuários das redes sociais nem sempre tomam cuidado para saber se a fase referenciada como de Clarice Lispector é mesmo da autora.  Assim, vários equívocos são feitos. No Facebook alguns internautas começaram um tipo de protesto ao uso indiscriminado dessas citações. Um dos motivos é o fato de que muitos que postam as frases da autora nunca terem lido sequer uma obra dela. Por isso, volta e meia aparece em nossas time lines brincadeiras, como um trecho de música popular com a foto e assinatura da autora. Abaixo um exemplo com uma das frases mais citadas da autora:

Literatura Clarice Lispector

Veja uma das montagens que brinca com o fato da autora ser tão citada nas redes sociais, a ideia é “agora, tudo é frase de Clarice Lispector”. Na imagem um verso da música da dupla João Lucas e Marcelo, “Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha”, é referenciado como da autora.

Literatura Clarice Lispector

Brincadeiras a parte, não podemos deixar de conhecer a obra incrível autora. Atualmente, a atriz Beth Goulart encena Clarice Lispector nos palcos como o monólogo “Simplesmente Eu, Clarice Lispector”.

O release de apresentação nos fala o que nos aguarda o espetáculo: “Beth faz reflexões sobre temas como criação, vida e morte, Deus, cotidiano, solidão, arte, loucura, aceitação e entendimento e trabalha pontos característicos da obra de Lispector, como o vazio, o silêncio e o instante-já, “aquele momento único, que é como um flash, um insight”, explica a atriz. Para o monólogo, que ela também dirige, passou dois anos mergulhada em longa pesquisa.

A narrativa se constrói a partir de trechos de entrevistas, depoimentos e correspondências. Segundo Beth, toda essa ligação se dá por uma única linha: o amor. “Ela falava sobre o amor maternal, o do relacionamento, o amor a Deus, à natureza, ao próximo. Escolhi esse viés para apresentá-la ao público.” Para a atriz, representar Clarice Lispector é realizar um antigo desejo. “Eu sempre acalentei essa vontade de um dia poder dar meu corpo, minha voz, minhas emoções para colocá-la viva em cena.”

Para mergulhar no que foi a Terceira fase do Modernismo, onde surge Clarice Lispector, assista a esta aula da Professora Greice da Cunha, do portal Aula Livre. A professora Greice situa a obra do pernambucano João Cabral de Melo Neto na primeira parte da aula.

Logo em seguida trabalha sobre Clarice Lispector na metade da aula. No final, aborda a obra original de Guimarães Rosa que pesquisou e retrata o linguajar típico do sertanejo do interior do Brasil:

Dica 1 – Livros Gratuitos de Clarice Lispector: Neste link você encontra três livros da Clarice Lispector para baixar gratuitamente: A hora da estrela, A paixão segundo G.H., e, A maçã no escuro: http://canaldoensino.com.br/blog/3-livros-de-clarice-lispector-gratis

Abaixo separamos dois vídeos com trechos da peça. Caso ela entre em cartaz na sua cidade, vale a pena conferir!

Dica 3: Literatura: Revisão sobre a vida e a obra de Machado de Assis: https://blogdoenem.com.br/literatura-revisao-machado-de-assis/
Dica 4: Literatura – Quais os Livros mais requisitados nos vestibulares? https://blogdoenem.com.br/literatura-livros-vestibulares/
Dica 5: Literatura: Revisão sobre o Simbolismo – Aula Grátis: https://blogdoenem.com.br/literatura-simbolismo/
Amanda Enem Literatura
Este post foi elaborado por Amanda Nascimento. Ela é formada em jornalismo pela Unisul. Atualmente é acadêmica do curso de Letras – Português e Literaturas, na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, editora de revistas, e colaboradora do Blog do Enem. Amanda está aqui no Facebook: https://www.facebook.com/amanda.nascimento.9066 .