Prazo de convocação da lista de espera do Fies é prorrogado até 2 de junho

Estudantes que se inscreveram e aguardam a oportunidade de ingresso no ensino superior receberam uma ótima notícia: o prazo de convocação da lista de espera do Fies foi estendido pelo Ministério da Educação (MEC) até o dia 2 de junho. A informação foi divulgada em um Edital publicado no Diário Oficial da União no dia 18 de maio.

A princípio, a data limite para convocação da lista de espera do Fies era até o dia 18 de maio, mas agora foi prorrogada para o dia 2 de junho. Segundo o MEC, essa decisão visa atender às solicitações dos interessados em financiar seus estudos.

Desde o início da seleção, o MEC já realizou sete chamadas de candidatos da lista de espera.

É o seu caso? Então, vamos saber mais! 

Como acontece a convocação da lista de espera Fies

O processo de convocação da lista de espera do Fies ocorre quando uma vaga que foi destinada a outro candidato durante a chamada regular retorna ao sistema por não ter sido preenchida. 

Dessa forma, essa mesma oportunidade é oferecida ao próximo candidato da lista de espera, seguindo a ordem de classificação.

O interessado na vaga deve acompanhar as convocações na página do Fies, no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Uma vaga na lista de espera do Fies não é ocupada quando o candidato pré-selecionado não atende aos critérios exigidos ou não completa as etapas anteriores à assinatura do contrato. A vaga também pode ficar disponível quando o candidato não tem mais interesse no financiamento.

Em 2023, o Fies oferece 112.168 vagas e aquelas que não forem ocupadas na edição do primeiro semestre poderão ser ofertadas, novamente, no processo seletivo do segundo semestre.   

O que é o Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do MEC, instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001. O objetivo é conceder financiamento a estudantes de cursos de graduação, em instituições de educação superior privadas aderentes ao programa e com avaliação positiva no Sinaes.

Desde 2018, o Fies possibilita juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato. 

Pode se inscrever no Fies, o candidato que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e tenha obtido média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação. 

Também é necessário possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.  

O Fies vale a pena? 

Algumas das principais vantagens do Fies incluem:

  • Possibilidade de financiar até 100% do valor da mensalidade do curso de graduação;
  • Juros baixos ou zero, dependendo da modalidade de financiamento escolhida e da renda do estudante;
  • Carência de 18 meses após a conclusão do curso antes de começar a pagar as parcelas do financiamento;
  • Prazo de até três vezes a duração do curso para quitar o financiamento;
  • Possibilidade de aditamento do contrato para solicitar a redução do valor das parcelas ou a suspensão temporária do pagamento em caso de dificuldades financeiras;
  • Não é necessário apresentar fiador para os estudantes que optarem pelo financiamento com juros zero.

Com isso, o Fies vale a pena e se torna, sim, uma opção bastante interessante para estudantes que desejam ingressar no ensino superior, mas que não têm condições financeiras para arcar com os custos da mensalidade de forma integral no momento. 

Outras formas de conseguir bolsas de estudos 

Há quem ache o Fies arriscado, devido à obrigatoriedade de pagar as parcelas do financiamento após a conclusão do curso. 

Nesses casos, é possível optar por uma bolsa de estudos em uma universidade privada, como a Uniasselvi e a Unicesumar

O processo seletivo para a escolha de bolsistas oferece oportunidades de ingresso através da nota no Enem, Encceja, para quem deseja cursar uma segunda graduação, concurso de redação, transferência ou indicação premiada. 

Ficou interessado? Faça uma consulta e receba ofertas Bolsa de Estudos ou descontos

O Enem está chegando: saiba como estudar de graça

O período de inscrições para o Enem 2023 está chegando. Este é o momento ideal para você focar na sua preparação para as provas. Lembre-se de que o seu desempenho no exame abre portas e pode garantir o seu ingresso na universidade através dos programas do governo federal ou bolsas de estudos. 

O Curso Enem Gratuito oferece uma plataforma completa, com aulas, videoaulas, e-books e simulados para que você possa estudar sem nenhum custo. 

Basta escolher o Plano de Estudos de sua preferência e começar! 

Estamos te esperando! 

Melina Zanotto

Melina Zanotto é Jornalista, formada pela Universidade de Caxias do Sul em 2007. De lá para cá, sempre atuou com conteúdo digital em seus mais diversos formatos. Hoje, é redatora da Rede Enem, produzindo textos para o Blog do Enem e Curso Enem Gratuito.
Categorias: FIES
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Sisugapixel

Sisugapixel