Faltam:
para o ENEM

Fique atento às dicas de última hora para Redação dos Vestibulares e Enem

No momento final ainda é possível seguir algumas dicas para uma redação nota 10. As dicas do professor Wilson Rochenbach Nunes vão ajudá-lo nessa conquista. Assista às videoaulas também.

Na redação,  levam-se em consideração três aspectos para a correção: o tipo de textoe aabordagem do tema, estrutura e expressão. Vamos ver o que é cada um desses critérios?

Dica 1 – Veja como fazer uma boa introdução: https://blogdoenem.com.br/redacao-iniciar-introducao/

Tipo de texto e abordagem do tema: Não se esqueça de que você deve fazer uma dissertação, um texto dissertativo-argumentativo. Nele, você deve defender uma tese, um ponto de vista, e usar argumentos que justifiquem por que você pensa daquela forma, e ainda convencer o seu leitor, ou tentar convencê-lo, com suas razões, a concordar com seu ponto de vista.

Além disso, o candidato deve demonstrar a habilidade de compreender a proposta da redação; para isso, é necessário ler com cuidado e atenção a proposta e os textos-base, jamais copie ou parafraseie partes deles. Organize bem a introdução para não fugir ao tema ou tangenciá-lo.

Dica 2 – Veja as dicas para produzir uma redação nota 10: https://blogdoenem.com.br/redacao-vestibular-nota-dez/

Estrutura: A redação deve ter, pelo menos, quatro parágrafos: um de introdução, dois de desenvolvimento e um de conclusão; cada um deles com início meio e fim. Uma forma prática, para que você não se atrapalhe é construir a introdução com a contextualização do tema, a apresentação da sua tese e dos dois argumentos que serão desenvolvidos um em cada parágrafo de desenvolvimento.

Observam-se também os aspectos da coesão textual (nas frases, períodos e parágrafos) e de coerência de ideias, e a capacidade de relacionar os argumentos a fim de elaborar um texto significativo.

Dica 3 – Veja como estruturar bem sua redação: https://blogdoenem.com.br/redacao-texto-organizada/

Expressão: Aqui, avaliam-se o domínio do padrão culto da língua e a clareza na expressão das ideias. A ortografia, a morfologia e a sintaxe são observadas, portanto evite usar gírias, frases clichês e frases muito longas. Use um vocabulário simples, de fácil compreensão e que expresse com objetividade, clareza e precisão a sua argumentação.

Assista à vídeoaula de 3 minutos e 12 segundos do Professor Fabius da Oficina do Estudante:

Valeu! E até o próximo! 

Wilson Redação
Este post foi elaborado pelo professor Wilson Rochenbach Nunes para o Blog do Enem. Wilson é formado em Letras pela Unilassale Canoas – RS e Mestre em Linguística Aplicada pela PUCRS. Dá aulas de Português para concursos em cursos da Grande Florianópolis e Grande Porto Alegre desde 2002.