Saiu o Resultado do Fies – E agora? – Veja como fazer faculdade agora e pagar depois

Veja o que fazer para quem foi aprovado. Para quem ainda não conseguir passar, tem a Lista de Espera e as Bolsas de Estudo descomplicadas, com vagas abertas em todo o país. Conheça aqui o que é e como funciona o FIES. Você pode estudar em universidade particular e financiar o valor do seu curso superior.

O Ministério da Educação já publicou a relação dos aprovados para o FIES 2019.

Fique atento aos prazos para as próximas etapas. Afinal, para quem tirou a sorte grande de conseguir o Juro Zero, nem pensar em vacilar e ficar de fora.

Para quem ainda não conseguiu o FIES, existem alternativas descomplicadas de Bolsas de Estudo de até 75% do valor da mensalidade: Bolsas de Estudo

Veja aqui as Bolsas de Estudo disponíveis para ingresso em 2019. Dá tempo ainda para as turmas que começam agora.

Lista de Espera do FIES

Veja a informação oficial da Assessoria de Comunicação do MEC, com as dicas da Lista de Espera e o passo a passo para garantir a matrícula. Você pode conferir o Resultado do Fies aqui.

Se você foi pré-selecionado na modalidade Fies, tem até o dia 7 de março para complementar os dados informados na sua inscrição. Após a complementação dessas informações, você terá cinco dias para comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição na qual foi pré-selecionado.

A partir do terceiro dia útil após a validação da inscrição pela CPSA, dirija-se ao banco para efetuar a contratação do financiamento. Mas atenção: no caso do Fies, somente a Caixa Econômica Federal está apta a formalizar o financiamento.

A quem não foi pré-selecionado na modalidade Fies, ainda há uma oportunidade – sua participação na lista de espera está garantida e sua convocação poderá ocorrer entre os dias 27 de fevereiro e 10 de abril. Por isso, fique atento à página do Fies e acompanhe o resultado de eventual pré-seleção.

Se você foi pré-selecionado na modalidade P-Fies, compareça à CPSA da instituição de ensino para validar suas informações. Caso seja emitido o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) ou documento equivalente, procure o agente financeiro, entre os que pré-aprovaram seu financiamento, para formalização do contrato. Fonte: http://portal.mec.gov.br/component/content/index.php?option=com_content&view=article&id=73661:pre-selecao-da-primeira-edicao-do-fies-2019-ja-tem-resultado&catid=212&Itemid=86

Saiba quem pode e quem não pode pedir financiamento pelo Programa de Financiamento Estudantil (FIES ). Aqui você vai entender todo o processo e fazer tudo com segurança, confira!

Os valores são altos e a dívida é longa, mesmo com os juros baixos do programa. Não aceite pagar mensalidades acima da média. O Ministério da Educação (MEC) prometeu uma nova rodada do FIES para a metade do ano de 2019, inclusive com vagas de Juro Zero de novo.

Mudanças no FIES

O FIES tem agora como pilares a ampliação do acesso ao ensino superior, a maior transparência para os estudantes e para a sociedade, e a melhoria na governança e na sustentabilidade do Fundo. O novo FIES está dividido em duas modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, o novo FIES ofertará vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.

A outra modalidade de financiamento, denominada P-Fies, é destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. A referida modalidade funciona com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento e ainda, com os recursos dos Bancos privados participantes.

Confira as datas do FIES 2019

    • Resultado da pré-seleção do Fies e P-Fies: 25 de fevereiro Veja aqui
    • Complementação da inscrição: 26 de fevereiro a 7 de março (às 23h59)
    • Pré-seleção da lista de espera do Fies: 27 de fevereiro a 10 de abril (às 23h59)
    • Conclusão da inscrição no Fies Seleção: 28 de fevereiro a 11 de março (às 23h59)
    • Inscrições aqui

 

Independente da área, o mercado de trabalho vem se tornando cada vez mais exigente, esperando de seus candidatos às vagas, nada menos do que uma graduação em ensino superior. Isso você já está cansado de saber, mas nem sempre o dinheiro dá para pagar. É aí que entra o Fies.

fies-100

E o dinheiro para pagar a faculdade? Tirar de onde? Quase sempre o valor das mensalidades é bem elevado e, justamente, acaba sendo difícil conseguir um emprego com um “bom” salário para pagar a faculdade, pois, geralmente, os maiores cargos (e salários) exigem formação superior.

Mas nem tudo está perdido, pois é aí que entra o Fies! Se você quiser saber a fundo as condições para concorrer a dica é começar tirando as suas dúvidas sobre renda familiar mensal bruta per capita. 

Veja como a Renda Familiar é importante para saber se você pode financiar ou não um curso superior pelo Fies. Quem tiver mais de 3 salários mínimos de resultado nesta conta já está fora do financiamento pelo Fies. Veja aqui como calcular a Renda Familiar.

O que é o Fies?

Quase ninguém sabe, mas o Financiamento Estudantil pelo FIES  também pode ser feito para quem já está matriculado há um ano, dois, três ou mais na faculdade. Ou seja, o FIES vale para os novos alunos, os calouros, e também para os veteranos, que podem pedir o financiamento para pagar as parcelas que ainda faltam até concluir o curso na faculdade.

A partir do primeiro semestre de 2015 o Fies passou a exigir que o candidato tenha alcançado pelo menos 450 pontos de média nas provas objetivas do Enem. E não pode ter zerado na Redação. Valem os exames desde o ano de 2010. Estas regras já existiam no Prouni – Programa Universidade para Todos.

O que o programa Fies propõe é o seguinte:

Vamos dizer que você quer fazer uma faculdade com duração de quatro anos, mas ainda não tem como arcar com todas as mensalidades.

O que o Fies vai fazer é pagar a conta pra você e “jogar pra frente” esta sua dívida, mais precisamente, jogar lá pra quando você já estiver formado. Dependendo da sua renda familiar, o Fies permite que você financie até 100% do valor total do curso.

Tudo sobre as mudanças no Fies – Para ajudar você o Blog do Enem traz todos os detalhes envolvendo a solicitação do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Há regras muito claras: Só podem concorrer ao financiamento do Fies 2019 com Juro Zero quem se enquadrar no critério econômico-social de ter Renda Familiar Mensal per capital de até 3 salários mínimos.

E,  os financiamentos com juros reduzidos valem para candidatos com Renda Familiar Mensal Per Capita de até cinco salários mínimos. Parece pouco, mas não é. Cabe muita gente aí, e pode ser a sua chance:O cálculo da renda familiar para o FiesVeja como é feito o cálculo da Renda Familiar Mensal Bruta Per Capita. É simples, e você aprende em cinco minutos e descobre se pode ou se não pode concorrer ao Financiamento Estudantil.

As novas regras do FIES  – O Ministério da Educação concluiu os estudos para mudar as regras do FIES a partir do ano de 2018. As novas condições para a oferta dos financiamentos buscam corrigir distorções que se verificaram desde 2010.

  • Calendário do FIES 2019
  • Inscrições:
  • Resultado:
  • Complementação da inscrição:
  • Lista de Espera:
  • O P-Fies não tem lista de espera.

Uma delas, que é super importante para os candidatos, é que o financiamento mínimo para o Fies ‘Juro Zero’ passa a ser de pelo menos 50% do valor da mensalidade.Desde aquele ano e até 2014 a expansão de contratos sem exigências de contrapartida dos candidatos na garantia da dívida, e com pouco comprometimento das instituições de ensino para os casos de inadimplência acima de 45% provocaram um rombo nas contas do programa.

A página Fies Seleção é a única porta oficial de consulta autorizada pelo Ministério da Educação para consultar o Resultado do Fies. Fique de olho e faça a consulta clicando aqui neste botão de acesso: Resultado do FiesAlém do Fies com Juro Zero há outras oportunidades para quem está mesmo com vontade de começar a faculdade agora.

Veja as Bolsas de Estudo alternativas para Direito, Pedagogia, Administração, Enfermagem, Contábeis e mais 139 cursos com inscrições abertas aqui no Guia de Bolsas Remanescentes. Há vagas disponíveis em todo o país. Confira os cursos e bolsas para a sua cidade:

Encontre a bolsa de Estudos que você procura:

Digite pelo menos 3 caracteres.

As Regras do FIES

Podem concorrer candidatos que tenham nota do Enem a partir de 2010 (vale qualquer ano). O programa foi renovado com três níveis de financiamento: FIES 1, 2 e 3. Confira as condições para participar e como fazer sua inscrição!

Milhares de vagas no FIES – Só para você ter uma ideia da quantidade de oportunidades de vagas com financiamento pelo FIES, só no primeiro semestre de 2016 foram 148 mil contratos realizados. No FIES 2018 são mais de 300 mil vagas! Além disso, há muitas vagas ociosas e sempre abrem listas de espera e processos de matrícula simplificada para vagas remanescentes. Veja neste post as regras para disputar uma vaga no FIES!

Renda Familiar Per Capita – O principal requisito para concorrer ao FIES 1, com juro zero, é ter renda familiar mensal per capita de até 3 salários mínimos. No Fies 2 e no Fies 3 a renda mensal per capita não pode passar de 5 salários mínimos.

Muita gente fica de fora sem nem tentar saber qual é a renda familiar per capita. A confusão que a maioria das pessoa faz é com a renda total da família. Não é isso! Clique na imagem para aprender a fazer a conta direito: Cálculo da Renda Familiar Per Capita

O cálculo certo envolve a a renda total dividida pelo número de membros que residem no mesmo espaço e que dependem da renda de todos que ali também moram e trabalham (ou recebem aposentadorias e pensões). Se você fizer bem a conta, cabe quase o Brasil inteiro ali nesta nova regra. Confira aqui como calcular sua Renda Familiar

  • FIES I – 100 mil vagas com juro zero.

Esta modalidade é para atender os alunos comprovadamente em situação de carência socioeconômica, ou seja, aqueles cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos. O financiamento será concedido com juro zero e, após a conclusão do curso, o aluno passa a pagar o equivalente a até 10% do salário nas parcelas do financiamento. O dinheiro para financiar sairá do FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação). A garantia em caso de inadimplência seria coberta pelo Governo Federal e pelas instituições de ensino. Já imaginou se você consegue uma vaga dessas no Fies 2018?!

  • FIES II – 150 mil vagas com juros de 3% ao ano.

Esta segunda categoria do FIES  é para candidatos com faixa de renda familiar mensal entre três e cinco salários mínimos mensais per capita, preferencialmente das regiões Norte, Nordeste, e Centro-Oeste.

Os juros cobrados serão de 3% ao ano, mais a correção monetária da inflação. O pagamento do financiamento começaria logo após o curso, com desconto das parcelas no salários dos candidatos que estiverem empregados, no limite de 10% da remuneração. O dinheiro não sai mais do FNDE, mas virá de fundos regionais de desenvolvimento. As garantias, neste caso, terão os riscos compartilhados entre as instituiões de ensino, bancos públicos e bancos privados.

  • FIES III – 60 mil vagas com juros acima de 3% (mas abaixo dos juros do mercado)

Por fim, o FIES  tem uma terceira categoria, com financiamento para candidatos com renda familiar mensal per capita na faixa de três a cinco salários mínimos. Os juros serão maiores que 3%, mas com um teto abaixo dos juros do mercado. Não há limite de Região do país para a obtenção do Fies III. Neste plano as demais regras são idênticas às do FIES II.

Exigências do FIES – veja os requisitos para participar e calcule suas chances:

  • O candidato precisam ter média mínima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem;
  • Não pode ter zerado na redação;
  • Vale a nota do Enem de qualquer edição desde 2010;
  • Cursos avaliados com notas 4 e 5 (muito altas)  nos critérios do MEC têm a prioridade para ofertar vagas pelo FIES;
  • O MEC dá prioridade de vagas para cursos em Microrregiões com baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH);
  • 60% das vagas serão para cursos das áreas da saúde, das engenharias e licenciaturas;
  • O limite de renda familiar mensal per capita é de 3 salários mínimos para o financiamento sem juros, e de até 5 salários mínimos para o financiamento com juros. Veja aqui como calcular sua Renda Familiar em apenas 5 minutos;
  • Você pode financiar até 100% da mensalidade. Isto depende do ‘grau de comprometimento’ da sua Renda Familiar com a mensalidade do curso. Veja aqui a tabela oficial do MEC para este cálculo;
  • Desde 2017 o MEC estabeleceu o teto máximo de R$ 30 mil a ser financiado por semestre. Ou seja, um curso de Medicina não poderia custar pelo FIES mais do que R$ 5 mil ao mês. Na prática, o MEC sinalizou que não vai concordar com preços abusivos cobrados pelas instituições de ensino.
  • Inscrições do Fies 2019: Aguarde a nova data
  • Site das inscrições do Fies: http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br

Disputa pela Nota do Enem

As vagas disponíveis para FIES 2018 entram num Sistema de Leilão pelas notas de corte (como no Sisu e no Prouni), e o candidato seleciona o curso que pretende. A disputa pelo financiamento se dá pelas maiores Notas do Enem em cada categoria de disputa em cada curso. A nota da redação do Enem é critério de desempate. Quem tem as maiores notas e preenche os critérios socioeconômicos fica com  a vaga do financiamento subsidiado.

Clique na imagem abaixo para conferir as 10 maiores e as 10 menores notas de corte do FIES nos cursos mais concorridos!As Notas de Corte do Fies

Se você pretende uma vaga para Medicina no Fies, não tem moleza! Em 2017 só passou quem fez entre 720 e 830 pontos no Enem. A maior das Notas de Corte FIES foi para o curso de Medicina, com 831,04 pontos, na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Além disso, as oito maiores notas de corte Fies ficaram todas para os concorrentes da Medicina.  Veja as notas de corte para Medicina no Fies.

Confira o nosso Simulador de Notas de Corte

Funciona assim: você coloca a sua nota e o simiador mostra as instituições que tiveram seleção ‘dentro’ da nota que você coloca no sistema. É claro que o futuro não repete o passado, mas as notas de corte já registradas pelo MEC funcionam como um “radar” para você ir se planejando na escolha do curso de graduação e da instituição de ensino! Clique na figura abaixo para testar o simulador.

Simulador de Notas de Corte do Fies

 

Faculdades e Universidades com vagas sobrando dão Bolsas de Estudo de até 75%

Uma alternativa que você tem para o FIES é conseguir uma Bolsa de Estudos diretamente com as Faculdades e Universidades particulares de todo o Brasil. O Programa Rede Alumni Quero Bolsa agrupa a oferta de 396 instituições. A inscrição é gratuita. Veja aqui como fazer o cadastro para Bolsas de Estudo.

Veja como fazer seu cadastro gratuito para Bolsas de Estudo
Veja como fazer seu cadastro gratuito para Bolsas de Estudo

As Universidades e Faculdades criaram programas próprios para conceder bolsas de estudo e descontos para quem não conseguir entrar nestes programas do governo. É o Programa Quero Bolsa, com o cadastro gratuito de vagas em cursos de graduação com bolsas e descontos em todo o País. Concluir o Ensino Superior vale super a pena. Não deixe de conferir a oportunidade das Bolsas de Estudo.

Bolsa é melhor que financiamento

A palavra assusta um pouco, mas seria o seguinte: Após os 18 meses do período de carência, o valor total que o Fies lhe adiantou pode ser dividido para ser pago em até 13 anos, se se o seu curso tiver duração de 4 anos, por exemplo.

A conta seria assim: 3 x 4 anos (período financiado do curso) = 12 anos + um bônus de 12 meses = 13 anos para pagar. Se você fizer um curso com  cinco anos de duração, e com R$ 1.000,oo de mensalidade, você vai pagar parcelas de R$ 628,00 no futuro. Vale a pena!

Veja como ganhar uma Bolsa de Estudos e começar a Faculdade

Veja como ter uma Bolsa de Estudos de até 70%
Veja como ter uma Bolsa de Estudos de até 70%

Há uma grande disputa por alunos nas Universidades e Faculdades particulares. Esta concorrência abre oportunidades para os candidatos, pois as instituições oferecem Bolsas de Estudos e descontos de até 70% do valor da mensalidade.

A Rede Alumni criou o Programa Quero Bolsa, que reuniu a oferta de vagas de 300 faculdades e universidades com Bolsas em todo o país.

Confira as vagas disponíveis. Todas as informações e o cadastro para se candidatar a uma Bolsa de Estudos são gratuitos. Acesse aqui o formulário de informações e cadastro do Programa Quero Bolsa.

Dica 3 – Saiba quem pode ou não recorrer ao financiamento pelo programa e porque o Fies pode não estar disponível para todos os cursos – https://blogdoenem.com.br/fies-saiba-tudo/

INSCRIÇÕES NO FIES – Acesse aqui a página do Fies no site do MEChttp://fiesselecao.mec.gov.br/

Confira as novas regras e veja o link de Inscrições no FIES

1 – Candidatos precisam ter média mínima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem e não podem ter zerado na Redação. A nota do Enem passa a ser classificatória na disputa entre os candidatos. Vale o Enem desde 2010;

 2 – Cursos avaliados com notas 4 e 5 (muito altas)  nos critérios do MEC têm a prioridade para ofertar vagas pelo Fies;

3 – Prioridade para Microrregiões com baixos Índices de Desenvolvimento Humano;

4 – 70% das vagas serão para cursos das áreas da Saúde, das Engenharias, e para Formar Professores;

5 – Os juros passaram de 3,4% ao ano para 6,5% ao ano;

6 – O limite de renda familiar mensal per capita passou para 3 (três)  salários mínimos. Veja aqui como calcular sua Renda Familiar em apenas 5 minutos;

7 – As vagas para o Fies são disputadas pelos candidatos num sistema ‘similar ao Prouni’. O candidato escolhe o curso que pretende e ‘joga’ a nota do Enem para disputar uma das vagas que serão financiadas. Ganha o financiamento pelo Fies quem tiver as melhores notas. Mas, no Fies o candidato pode concorrer a apenas um curso;

8 – Inscrições para o Financiamento Estudantil aqui: Inscrições FIES

E você, vai tentar um financiamento pelo “novo” Fies na próxima edição? Tem sempre no primeiro e no segundo semestre de cada ano. 

No site do Fies você pode fazer uma simulação do empréstimo, inserindo o valor da mensalidade e o total de semestres do seu curso, quanto você quer financiar, e que tipo de estudante você é; com estas informações o site gera uma tabela de como ficaria o seu financiamento.

Como assim, “que tipo estudante eu sou”?

O Fies pode ser aberto a dois tipos de estudantes: O que se matriculou na faculdade particular e já começou a pagar as mensalidades, ou, os bolsistas parciais do Prouni, que mesmo com bolsa de 25% ou 50% , podem fazer parte do processo de seleção  para financiar o valor restante do curso.

Lembrando que desde 2010 o Enem é item obrigatório para aderir ao Fies, os estudantes que concluíram o ensino médio antes desta data e quiserem solicitar o benefício do FIES, devem comprovar sua escolaridade apresentando diploma, certificado ou documento equivalente de conclusão do ensino médio emitido por sua instituição de ensino.

Para solicitar o financiamento a partir de 2015 os candidatos ao Fies precisam ter feito pelo menos 450 pontos nas provas objetivas do Enem, e não podem ter zerado na redação.

Dica 4 – Conheça o passo a passo para se inscrever no Fies e saiba como funciona a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA – https://blogdoenem.com.br/fies-inscricao/