Questões de Biologia do Enem 2016 comentadas para você!

Vem com a gente decifrar as questões de biologia da prova de Ciências da Natureza do Enem 2016!

A prova do Enem deste ano, ao contrário do que aconteceu em 2015 (onde tivemos uma prova mais conteudista), voltou a cobrar questões relacionadas à ecologia e meio ambiente, assim como questões relativas à saúde humana.

O nível de dificuldade da maior parte das questões estava entre fácil e intermediário. Poucas questões de biologia deste ano podem ser consideradas mais desafiadoras, como a questão relacionada ao hormônio ADH.

E você, o que achou das questões de Biologia na prova de Ciências da Natureza? Fáceis? Não? Então se liga nesse post com a resolução das questões, assim você aproveita para aprender um pouco mais de biologia para os vestibulares que você ainda vai enfrentar neste ano.

questoes-de-biologia

Questões de Biologia da prova amarela do Enem 2016:

(Enem 2016) Questão 48 – A vegetação apresenta adaptações ao ambiente, como as plantas arbóreas e arbustivas com raízes que se expandem horizontalmente, permitindo forte ancoragem no substrato lamacento; raízes que se expandem verticalmente, por causa da baixa oxigenação do substrato; folhas que têm glândulas para eliminar o excesso de sais; folhas que podem apresentar cutícula espessa para reduzir a perda de água por evaporação.

As características descritas referem-se a plantas adaptadas ao bioma:

a) Cerrado.
b) Pampas.
c) Pantanal.
d) Manguezal.
e) Mata de Cocais.

Questão molezinha, né? Falou em raízes verticais por conta da baixa oxigenação do solo, falou de mangue! Os mangues possuem essas adaptações de raízes, chamadas de pneumatóforos, para que os tecidos das raízes possam fazer trocas gasosas, uma vez que o solo lamacento dos manguezais possui baixa quantidade de oxigênio.

Resposta: C

Saiba mais sobre os diferentes biomas brasileiros neste post de biologia da professora Juliana: https://blogdoenem.com.br/os-biomas-brasileiros-biologia-enem/

(Enem 2016) Questão 50 – Os ecossistemas degradados por intensa atividade agrícola apresentam, geralmente, diminuição de sua diversidade e perda de estabilidade.

Nesse contexto, o uso integrado de árvores aos sistemas agrícolas (sistemas agroflorestais) pode cumprir um papel inovador ao buscar a aceleração do processo sucessional e, ao mesmo tempo, uma produção escalonada e diversificada.

Essa é uma estratégia de conciliação entre recuperação ambiental e produção agrícola, pois:

a) Substitui gradativamente as espécies cultiváveis por espécies arbóreas.
b) Intensifica a fertilização do solo com o uso de técnicas apropriadas e biocidas.
c) Promove maior diversidade de vida no solo com o aumento da matéria orgânica.
d) Favorece a dispersão de sementes cultivadas pela fauna residente nas áreas florestais.
e) Cria condições para o estabelecimento de espécies pioneiras com a diminuição da insolação sobre o solo.

Essa já era um pouquinho mais difícil, pois há alternativas que parecem bem plausíveis. Para responder a esta questão, você precia lembrar um pouquinho de sucessão ecológica. A letra e, por exemplo, fala que a presença de espécies arbóreas cria condições para o estabelecimento de plantas pioneiras. Isto está incorreto, uma vez que plantas pioneiras gostam de bastante luz e, com árvores no local, há bastante sombreamento.

Já a letra d traz algo que pode ser um dos problemas dos sistemas agroflorestais: o espalhamento de espécies invasoras de plantas pelos animais nativos. Ocorre que, a maior vantagem dos sistemas agroflorestais é a grande ciclagem de matéria orgânica e o favorecimento dos solos. Quando se mantém algumas espécies arbóreas, temos a manutenção de espécies que vivem no solo associadas às raízes dessas plantas, como fungos. Além disso, as folhas e frutos que caem das espécies arbóreas contribuem para uma ciclagem de matéria orgânica que será decomposta pelos seres vivos presentes nos solos.

Resposta: C

Estude mais sobre sucessão ecológica com este super post de biologia do Blog do Enem: https://blogdoenem.com.br/sucessao-ecologica-biologia-enem/

(Enem 2016) Questão 52 – Um pesquisador investigou o papel da predação por peixes na densidade e tamanho de suas presas, como possível controle de populações de espécies exóticas em costões rochosos. No experimento colocou uma tela sobre uma área da comunidade, impedindo o acesso dos peixes ao alimento, e comparou o resultado com uma área adjacente na qual os peixes tinham acesso livre. O quadro apresenta os resultados encontrados após 15 dias de experimento:

1

O pesquisador concluiu corretamente que os peixes controlam a população dos(as):

a) Algas, estimulando o crescimento.
b) Cracas, predando especialmente animais pequenos.
c) Mexilhões, predando especialmente animais pequenos.
d) Quatro espécies testadas, predando indivíduos pequenos.
e) Ascídias, apesar de não representares os menores indivíduos.

Questãozinha típica do Enem – análise de gráficos e tabelas. Analisando a tabela, fica bem fácil de perceber que após os 15 dias de experimentos, o número de mexilhões diminuiu consideravelmente. Percebemos também que os indivíduos que passaram a constituir a população são animai maiores. Isso significa que os peixes predaram preferencialmente os mexilhões menores.

Resposta: C

Revise as diferentes relações ecológicas e sua importância no controle do tamanho das populações com este post: https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-ecologia/

(Enem 2016) Questão 53 – Ao percorrer o trajeto de uma cadeia alimentar, o carbono, elemento essencial e majoritário da matéria orgânica que compõe os indivíduos, ora se encontra em sua forma inorgânica, ora se encontra em sua forma orgânica. Em uma cadeia alimentar composta por fitoplâncton, zooplâncton, moluscos, crustáceos e peixes ocorre a transição desse elemento da forma inorgânica para a orgânica.

Em qual grupo de organismos ocorre essa transição?

a) Fitopâncton.
b) Zooplâncton.
c) Moluscos.
d) Crustáceos.
e) Peixes.

Essa questão é bem fácil! Como os seres vivos fixam carbono? O processo mais abundante de fixação de carbono na natureza é a fotossíntese! A fotossíntese faz com que o carbono presente no gás carbônico (forma inorgânica) seja fixado na glicose (forma orgânica). E, dentre os seres vivos citados no enunciado, quem é capaz de fazer fotossíntese? O fitoplâncton!

Resposta: A

Estude as cadeias alimentares com este super post de biologia: https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-ecologia-2/

(Enem 2016) As proteínas de uma célula eucariótica possuem peptídeos sinais, que são sequências de aminoácidos responsáveis pelo seu endereçamento para as diferentes organelas, de acordo com suas funções. Um pesquisador desenvolveu uma nanopartícula capaz de carregar proteínas para dentro de tipos celulares específicos. Agora ele quer saber se uma nanopartícula carregada com uma proteínasbloqueadora do ciclo de Krebs in vitro é capaz de exercer sua atividade em uma célula cancerosa, podendo cortar o aporte genético e destruir essas células.

Ao escolher essa proteína bloqueadora para carregar as nanopartículas, o pesquisador deve levar em conta um peptídeo sinal de endereçamento para qual organela?

a) Núcleo.
b) Mitocôndria.
c) Peroxissomo.
d) Complexo golgiense.
e) Retículo endoplasmático.

Iiii… um monte de palavras complicadas nesse enunciado, certo? Mas, não precisava se apavorar. Tem um termo chave que você poderia ter ficado atento: ciclo de Krebs. O ciclo de Krebs é a segunda etapa da respiração aeróbia. Nas células eucarióticas, esta etapa ocorre dentro de uma organela especializada na respiração: a mitocôndria.

Resposta: B

Conheça melhor o ciclo de Krebs com este post: https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-respiracao-celular-ciclo-krebs/

(Enem 2016) A coleta das fezes dos animais domésticos em sacolas plásticas e o seu descarte em lixeiras convencionais podem cria condições de degradação que geram produtos prejudiciais ao meio ambiente (Figura 1).

2

A Figura 2 ilustra o Projeto Park Spark, desenvolvido em Cambridge, MA (EUA), em que as fezes dos animais domésticos são recolhidas em sacolas biodegradáveis e jogadas em um biodigestor instalado em parques públicos; e os produtos são utilizados em equipamentos no próprio parque.

5

 

Uma inovação desse projeto é possibilitar a(o):

a) Queima de gás metano.
b) Armazenamento de gás carbônico.
c) Decomposição aeróbica das fezes.
d) Uso mais eficiente de combustíveis fósseis.
e) Fixação de carbono em moléculas orgânicas.

A decomposição de matéria orgânica em geral, libera gás metano. Esse é o gás liberado no “pum” e que causa o mau cheiro nas fezes e no lixo em decomposição. Esse gás pode ser queimado para a produção de energia. No projeto representado pela ilustração, o gás liberado pela decomposição das fezes dos animais será reaproveitado para a produção de energia elétrica que será utilizada na iluminação pública.

Resposta: A

Saiba mais sobre o gás metano e outros gases do efeito estufa neste post: https://blogdoenem.com.br/aquecimento-global/

(Enem 2016) Portadores de diabetes insipidus reclamam da confusão feita pelos profissionais da saúde quanto aos dois tipos de diabetes: mellitus e insipidus. Enquanto o primeiro tipo está associado aos níveis ou à ação da insulina, o segundo não está ligado à deficiência desse hormônio. O diabetes insipidus é caracterizado por um distúrbio na produção ou no funcionamento do hormônio antidiurético (na sigla em inglês, ADH), secretado pela neuro-hipófise para controlar a reabsorção de água pelos túbulos renais.

Tendo em vista o papel funcional do ADH, qual é um sintoma clássico de um paciente acometido por diabetes insipidus?

a) Alta taxa de glicose no sangue.
b) Aumento da pressão arterial.
c) Ganho de massa corporal.
d) Anemia crônica.
e) Desidratação.

O ADH, como seu próprio nome diz, é um hormônio que diminui a quantidade de água na urina. Logo, se a pessoa tem deficiência na produção desse hormônio, irá eliminar muita água na urina, podendo vir a ficar desidratado.

Resposta: E.

Saiba mais sobre o ADH e outros hormônios neste post incrível com uma videoaula super divertida da Khan Academy: https://blogdoenem.com.br/sistema-endocrino-hormonios-biologia/

(Enem 2016) Apesar da grande diversidade biológica, a hipótese de que a vida na Terra tenha tido uma única origem comum é aceita pela comunidade científica. Uma evidência que apoia essa hipótese é a observação de processor biológicos comuns a todos os seres vivos atualmente existentes.

Um exemplo de tal processo é o (a)

a) Desenvolvimento embrionário.
b) Reprodução sexuada.
c) Respiração aeróbica.
d) Excreção urinária.
e) Síntese proteica.

Essa questão era bem fácil. Você poderia responder ela facilmente através de eliminação. O enunciado diz que você deve assinalar um processo comum a TODOS os seres vivos atuais. Então, pense: a) Nem todos têm desenvolvimento embrionário! Lembre-se dos unicelulares! b) Vários seres vivos não realizam reprodução sexuada, como muitas bactérias. c) Existem vários seres anaeróbios (vermes, bactérias, fungos…). d) Planta faz xixi? E) Só sobrou essa! Todos os seres vivos, sem exceção, precisam produzir proteínas.

Resposta: E

Estude a teoria sintética da evolução (Neodarwinismo) neste post: https://blogdoenem.com.br/darwin-evolucao-neodarwinismo/

(Enem 2016) O Brasil possui um grande número de espécies distintas entre animais, vegetais e microrganismos, envoltos em uma imensa complexidade e distribuídos em uma grande variedade de ecossistemas.

SANDES. A. R. R.; BLASI. G. Biodiversidade e diversidade química e genética. Disponível em: http://novastecnologias.com.br. Acesso em 22 det.2015 (adaptado).
O incremento da variabilidade ocorre em razão da permuta genética, a qual propicia a troca de segmentos entre cromátides não irmãs na meiose.

Essa toca é determinante na

a) Produção de indivíduos mais férteis.
b) Transmissão de novas características adquiridas.
c) Recombinação genética na formação dos gametas.
d) Ocorrência de mutações somáticas nos descendentes.
e) Variação do número de cromossomos característico da espécie.

A permuta genética, também chamada de crossing-over, corresponde à troca de pedaços entre cromossomos do mesmo par durante a meiose quando da produção de gametas. Isso produz alta variabilidade, um dos fatores que leva irmãos serem diferentes entre si, mesmo sendo filhos dos mesmos genitores.

Resposta: C

Estude o crossing-over e a meiose neste post: https://blogdoenem.com.br/biologia-meiose-aula-khan-academy/

(Enem 2016) A formação de coágulos em veias e artérias é um dos fatores responsáveis pela ocorrência de doenças cardiovasculares, como varizes, infarto e acidentes vasculares cerebrais. A prevenção e o tratamento dessas doenças podem ser feitos com drogas anticoagulantes. A indústria farmacêutica estimula a pesquisa de toxinas animais com essa propriedade.

Considerando as adaptações relacionadas aos hábitos alimentares, os animais adequados ao propósito dessas pesquisas são o(as)

a) Moluscos fitófagos.
b) Moscas saprófagas.
c) Pássaros carnívoros.
d) Morcegos frugívoros.
e) Mosquitos hematófagos.

Um animal fitófago é aquele que se alimenta de fitoplâncton. Um saprófago se alimenta de seres em decomposição. Carnívoros, de animais. Frugívoros, de frutas. Já os hematófagos, comem sangue. E, para se alimentarem, é necessário que o sague flua para os seus organismos. Para que isso ocorra, geralmente animais hematófagos possuem em suas salivas elemento anticoagulantes.

Resposta: E.

(Enem 2016) Vários métodos são empregados para prevenção de infecções causadas por microrganismos. Dois desses métodos utilizam organismos vivos e são eles: as vacinas atenuadas, constituídas por patógenos avirulentos, e os probióticos que contêm bactérias benéficas. Na figura são representados cinco diferentes mecanismos de exclusão de patógenos pela ação de probióticos no intestino de um animal.

4

Qual mecanismo de ação desses probióticos promove um efeito similar ao da vacina?

a) 5
b) 4
c) 3
d) 2
e) 1

As vacinas são constituídas de patógenos. Esses patógenos na forma de vacina não são capazes de causarem doenças. Porém, ao entrarem em nosso organismo serão percebidos por nosso sistema imunológico, que irá produzir anticorpos (imunoglobulinas).

Resposta: B

Estude o sistema imunológico e as vacinas com este post: https://blogdoenem.com.br/sistema-imunologico-biologia-enem/

(Enem 2016) O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (na sigla em inglês, IPCC) prevê que nas próximas décadas o planeta passará por mudanças climáticas e propõe estratégias de mitigação e adaptação a elas. As estratégias de mitigação são direcionadas à causa dessas mudanças, procurando reduzir a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera. As estratégias de adaptação, por sua vez, são direcionadas aos efeitos dessas mudanças, procurando prepara os sistemas humanos às mudanças climáticas já em andamento, de modo a reduzir seus efeitos negativos.

IPCC, 2014. Climate Change 2014: synthesis report. Disponível em: http://ar5-syr.ipcc.ch. Acesso em 22 out. 2015(adaptado).

Considerando as informações do texto, qual ação representa uma estratégia de adaptação?

a) Construção de usinas eólicas.
b) Tratamento de resíduos sólidos.
c) Aumento da eficiência dos veículos.
d) Adoção de agricultura sustentável de baixo carbono.
e) Criação de diques de contenção em regiões costeiras.

As medidas citadas nas alternativas a até d são todas medidas para diminuir a emissão de gases do efeito estufa. Logo, são medidas de mitigação. Já a alternativa e traz uma medida de adaptação a uma das possíveis consequências do aquecimento global: a elevação dos níveis dos oceanos.

Resposta: e

(Enem 2016) Recentemente um estudo feito em campos de trigo mostrou que níveis elevados de dióxido de carbono na atmosfera prejudicam a absorção de nitrato pelas plantas. Consequentemente, a qualidade nutricional desses alimentos pode diminuir à medida que os níveis de dióxido de carbono na atmosfera atingem as estimativas para as próximas décadas.

BLOOM, A.J. et al. Nitrate assimilation isinhibited by elevated CO2, in field-grown wheat. Nature Climate Change, n.4, abr,2014 (adaptado).

Neste contexto, a qualidade nutricional do grão de trigo será modificada primariamente pela redução de:

a) Amido.
b) Frutose.
c) Lipídeos.
d) Celulose.
e) Proteínas.

Será prejudicada a produção de proteínas, uma vez que estas têm em sua composição composto nitrogenados provenientes dos nitratos absorvidos.

Resposta: E

Estude as proteínas com este post: https://blogdoenem.com.br/proteinas-enem-biologia/

(Enem 2016) A figura ilustra o movimento da seiva xilêmica em uma planta.

3

Mesmo que essa planta viesse a sofrer ação contínua do vento e sua copa crescesse voltada para baixo, essa seiva seguiria naturalmente seu percurso.
O que garante o transporte dessa seiva é a:

a) Gutação
b) Gravidade
c) Respiração
d) Fotossíntese
e) Transpiração

Segundo a teoria da sucção-tensão, para que o transporte de seiva bruta ocorra, é necessário que a planta elimine água na forma de transpiração.
Resposta: E.

Saiba mais sobre o transporte de seiva bruta com este post incrível da professora Juliana: https://blogdoenem.com.br/transporte-seiva-bruta-fisiologia-vegetal/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.