Interpretação de Textos com exercícios. Vale para Redação Enem.

Nesta aula de Redação Enem vamos abordar dois textos para exercitarmos interpretação: “O Pavão” de Rubem Braga e “Poeminha Sentimental” de Mario Quintana

Interpretação de Texto é o que mais cai nas provas do Enem.

O conteúdo de Interpretação de Texto vale para todas as matérias, e não apenas para a prova de Linguagens. Se você não conseguir ‘ler’ e ‘entender’ os enunciados das questões objetivas não vai conseguir estruturar o raciocínio para organizar o problema e chegar à solução.

Na prova de Redação a questão é ainda mais grave. Você precisa ‘interpretar’ a proposição da Redação para conseguir criar a sua proposta de Introdução, Desenvolvimento, e de Conclusão da Redação.

Aprenda mais sobre interpretação de texto com “O pavão”, de Rubem Braga, e também o “Poeminha Sentimental”, de Mário Quintanda.

A interpretação de texto é uma das habilidades mais requisitadas nas provas do Enem e Vestibulares, vamos praticá-la?

O Pavão

Rubem Braga

Eu considerei a glória de um pavão ostentando o esplendor de suas cores; é um luxo imperial. Mas andei lendo livros, e descobri que aquelas cores todas não existem na pena do pavão. Não há pigmentos. O que há são minúsculas bolhas d’água em que a luz se fragmenta, como em um prisma. O pavão é um arco-íris de plumas.

Eu considerei que este é o luxo do grande artista, atingir o máximo de matizes com o mínimo de elementos. De água e luz ele faz seu esplendor; seu grande mistério é a simplicidade.

Dica 1 – O Exame Nacional do Ensino Médio está cada vez mais próximo, fique pronto para a Redação Enem com esta aula sobre interpretação de texto – https://blogdoenem.com.br/interpretacao-de-texto-aula-1-redacao-enem/

Considerei, por fim, que assim é o amor, oh! minha amada; de tudo que ele suscita e esplende e estremece e delira em mim existem apenas meus olhos recebendo a luz de teu olhar. Ele me cobre de glórias e me faz magnífico.

Rio, novembro, 1958

Quatro passos para a Redação Enem Nota 1000

1A Estrutura da Redação
2Como fazer a Introdução da Redação
3Como defender um ponto de vista
4Três técnicas para fazer uma boa Conclusão

Poeminha Sentimental

Mario Quintana

O meu amor, o meu amor, Maria

É como um fio telegráfico da estrada

Aonde vêm pousar as andorinhas…

De vez em quando chega uma

E canta

(Não sei se as andorinhas cantam, mas vá lá!)

Canta e vai-se embora

Outra, nem isso,

Mal chega, vai-se embora.

A última que passou

Limitou-se a fazer cocô

No meu pobre fio de vida!

No entanto, Maria, o meu amor é sempre o mesmo:

As andorinhas é que mudam.

Dica 2 – Saiba como tirar 1000 na Redação Enem. Os candidatos que já conseguiram nos mandaram suas redações para analisarmos e servir de exemplo, também nos informaram para qual instituição a nota do Enem os levou, confira! – https://blogdoenem.com.br/enem-2013-1000-na-redacao/

Saiba mais sobre Interpretação de texto nesta aula do canal Aula De, disponível no Youtube. Após assistir, revise o que você aprendeu respondendo aos nossos desafios!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=sMM4Rc-bylw]

Desafios

Questão 01

O primeiro texto apresentado tem como título O Pavão porque

(A) descreve cientificamente uma ave bem grande.

(B) descreve como ser um grande artista.

(C) diz que o amor é igual a um pavão, cheio de água e brilho..

(D) compara o amor e a arte com a simplicidade expressa no esplendor das cores de um pavão.

Questão 02

No trecho “O pavão é um arco-íris de plumas”, pode-se entender que

(A) o arco-íris é uma espécie de pavão.

(B) o autor utiliza o sentido real, denotativo, das palavras.

(C) o pavão é um arco-íris disfarçado com plumas.

(D) o autor utiliza o sentido figurado, conotativo, das palavras.

Dica 3 – É normal que no último parágrafo da redação do Enem, você já esteja ansioso para terminar a prova logo. Nesta aula você vai entender a importância do último parágrafo.  – https://blogdoenem.com.br/redacao-enem-conclusao/

Questão 03

O texto 2 trata PRINCIPALMENTE

(A) das andorinhas que existem nas grandes cidades e pousam nos fios de luz.

(B) da despreocupação das andorinhas ao pousarem nos fios das estradas.

(C) da comparação entre o amor do poeta e um fio telegráfico onde andorinhas podem pousar.

(D) do fato do poeta jamais ter amado de verdade, por isso a dor da perda das andorinhas.

Questão 04

No texto 2, pode-se perceber que

(A) o poeta não sabe se realmente andorinhas podem cantar.

(B) da preocupação do poeta em fazer ficar sobre o fio telegráfico cada andorinha que aparece, mesmo que seja para fazer cocô na estrada.

(C) toda andorinha que pousa no fio telegráfico canta e vai embora.

(D) o poeta está contando a Maria o que lhe aconteceu ao passar sob um fio telegráfico na estrada.

Questão 05

Os dois textos apresentados têm em comum

(A) a maneira de se expressar no espaço da folha de papel, ambos se utilizam da prosa.

(B) a maneira de se expressar no espaço da folha de papel, ambos se utilizam da poesia.

(C) a temática do amor.

(D) o fato de tratarem denotativamente sobre aves, embora o pavão seja grande e as andorinhas pequenas.

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!