Resultados da lista de espera do Sisu do 2º semestre começam a ser divulgados

Candidatos do Sisu 2021 que não foram selecionados na 1ª chamada e que manifestaram interesse na lista de espera devem verificar a 2ª chamada nos sites das universidades

Começa nesta quinta-feira (19) o prazo de divulgação dos resultados da lista de espera da segunda edição do Sisu 2021. A partir desta etapa, as listas dos selecionados são publicadas apenas nos sites das universidades. Apesar de a divulgação iniciar no dia 19, cada instituição tem um calendário diferente de divulgação das chamadas.

Portanto, para saber se foi aprovado ou não, o estudante deve acompanhar o site da instituição em que se inscreveu. Além disso, também é no site da universidade que são informados o cronograma e quais os documentos necessários para realizar a matrícula.

Esta edição do Sisu oferece  62.365 vagas para 1,932 cursos de graduação em 70 instituições públicas de ensino superior. Com um total de 365.495 inscritos, o programa registrou 697.764 inscrições para as vagas.

Regras da lista de espera do Sisu

A partir de 2019, somente podem participar da lista de espera os candidatos que não forem aprovados em nenhuma das duas opções em que se inscreveram. E então, publicado o resultado oficial, o estudante deve escolher se quer participar da lista de espera da primeira ou da segunda opção de curso.

Com a nova regra, a tendência é que os candidatos façam escolhas mais conscientes na inscrição do Sisu. Assim, os candidatos devem se inscrever para cursos que realmente considerem cursar tanto na primeira quanto na segunda opção.

Dessa forma, o número de desistências deve ser menor e, consequentemente, o número de candidatos chamados na lista de espera também deve diminuir. Veja o trecho do Edital do Sisu com as novas regras em seguida.

Mesmo com as novas regras, pode valer a pena colocar o nome na lista de espera do Sisu. Se o candidato estiver fora da nota de corte, mas próximo do último colocado, vale a pena tentar a chance de ser chamado na lista de espera.

Mesmo nos vestibulares, acontecem várias chamadas de vagas remanescentes, pois muitos candidatos aprovados não fazem as matrículas porque é muito caro morar em outras cidades. Então, fazendo as contas, muitas vezes fica acima da possibilidade da família ou do próprio candidato bancar a vida em outro lugar.

Assim, é fato que o Sisu não vai acabar com a lista de espera. A tendência é apenas que o número de candidatos chamados diminua um pouco.

O pessoal do Curso Enem Gratuito fez um vídeo específico sobre a lista de espera dando todas as dicas para os estudantes:

Edital do Sisu 2021: veja as regras da lista de espera

6. DA MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA CONSTAR NA LISTA DE ESPERA DO SISU

6.1. Para participar da lista de espera, o CANDIDATO deverá manifestar seu interesse por meio da página do Sisu na internet, no endereço eletrônico http://sisu.mec.gov.br, no período de 13 de abril de 2021 até as 23 horas e 59 minutos do dia 19 de abril de 2021.

6.2. O CANDIDATO somente poderá manifestar interesse na lista de espera em apenas um dos cursos para o qual optou por concorrer em sua inscrição ao Sisu.

6.3. O CANDIDATO selecionado na chamada regular em uma de suas opções de vaga não poderá participar da lista de espera, independentemente de ter realizado sua matrícula na instituição para a qual foi selecionado.

6.4. A manifestação de interesse na lista de espera assegura ao CANDIDATO apenas a expectativa de direito à vaga ofertada no âmbito do Sisu para a qual a manifestação foi efetuada, estando a sua matrícula ou o seu registro acadêmico condicionados à existência de vaga e ao atendimento de todos os requisitos legais e regulamentares.

6.5. Compete exclusivamente ao candidato se certificar de que realizou devidamente a manifestação de interesse na lista de espera.

7. DA LISTA DE ESPERA DO SISU

7.1. A lista de espera do Sisu será utilizada prioritariamente pelas instituições participantes para preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas na chamada regular referida no item 2 deste Edital.

7.2. Os procedimentos para preenchimento das vagas referidas no subitem 7.1 deverão ser definidos em edital próprio de cada instituição participante, observado o disposto na Portaria Normativa MEC nº 21, de 2012.

7.2.1. É de exclusiva responsabilidade da instituição em publicar, em suas páginas eletrônicas, na internet, a lista de espera, por curso, turno e modalidade de concorrência, assim como a sistemática adotada para convocação dos candidatos, nos termos do parágrafo único do art. 26 da Portaria Normativa MEC nº 21, de 2012, quando for o caso.

7.3. As instituições participantes poderão convocar os CANDIDATOS constantes em lista de espera para manifestação de interesse na matrícula em número superior ao de vagas disponíveis, devendo, para tanto, definir os procedimentos e prazos em edital próprio.

7.4. É de responsabilidade do CANDIDATO o acompanhamento das convocações efetuadas pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera, observando prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição, inclusive horários e locais de atendimento por ela definidos, inclusive nos casos em que a instituição disponha aos estudantes acesso eletrônico para registro acadêmico e encaminhamento de documentação necessária para a matrícula

A lista de espera do Sisu sempre chama muita gente

A lista de espera costuma chamar muita gente porque pessoas que passam para estudar longe de casa nem sempre se adaptam às condições do lugar ou dos custos envolvidos. E, ainda, há a questão do dinheiro. Custa caro morar fora de casa.

Mesmo para quem tem o apoio da família é preciso fazer as contas: aluguel, alimentação, transporte e etc. Portanto, esses custos podem somar muito mais do que fazer um curso em faculdade ou universidade privada na cidade onde a pessoa já mora.

Para quem já trabalha e paga os custos da própria vida, ter que largar o emprego nem sempre é possível. Muitas vezes sai mais em conta pagar faculdade privada perto de casa.

Por fim, outro fator de desistência do curso é a falta de vocação mesmo para o curso selecionado. O candidato até passa para um determinado curso, mas acaba não se matriculando porque percebe que não tem muito a ver com ele e decide tentar outras alternativas (como o Prouni) para entrar na faculdade em um curso que realmente deseja fazer.

Bolsas de estudo pela nota do Enem

Esta opção da Lista de Espera do Sisu já está no radar da maioria dos alunos, e sempre abrem vagas, inclusive de Medicina. Mas, se você estiver nesta expectativa, e não conseguir chegar na tão sonhada vaga na universidade pública, sem essa de pensar em desistir. Tem muitas outras chances no caminho.

As maiores universidades do país oferecem Bolsas para ingresso simplificado nesta época do ano. Tem bolsas para concurso de redação, para inscrições online, ou pela nota do Enem. Veja, por exemplo, as Bolsas de Estudo da Uniasselvi (Centro Universitário Leonardo a Vinci), com inscrições abertas para 123 cursos em mais de 500 cidades.

Nas promoções de bolsas de estudo pela nota do Enem, em universidades de todo o país, quanto maior a nota, maior a bolsa também. Os descontos começam em 20% ou 30%, e chegam a até 100% conforme o desempenho.

Bolsas de Estudo descomplicadas

O Guia de Bolsas de Estudo 2020 apresenta vagas com desconto no curso que você deseja fazer na sua cidade ou região. Uma pode ser a sua! Consulte no Guia as oportunidades. É simples e rápido. Basta o nome do curso e da cidade:

Encontre a bolsa de Estudos que você procura:

Digite pelo menos 3 caracteres.

E aí, tem uma Bolsa legal esperando você?

Veja as Bolsas dos 10 cursos mais procurados:

  1. Direito
  2. Administração
  3. Pedagogia
  4. Enfermagem
  5. Educação Física
  6. Psicologia
  7. Contábeis
  8. Fisioterapia 
  9. Recursos Humanos
  10. Farmácia

Simulador de Notas de Corte do Sisu

O Simulador de Notas de Corte é simples como um Game para testar suas chances no Sisu, no Prouni e no Fies. Escolha um curso de graduação, uma cidade, e coloque a sua nota média ‘real’ ou apenas uma nota sugerida, e veja os resultados. Preencha os campos do formulário a seguir:

Simulador de Notas de Corte do Enem

Têm resultados no Simulador de Notas de Corte para Bolsas de Estudo do Prouni nas faculdades e universidades privadas; para as vagas com Financiamento Estudantil pelo FIES; e também para as edições do Sisu nas universidades públicas.

O Simulador foi criado pelos desenvolvedores da Rede Alumni, empresa parceira do Blog do Enem com o Programa Quero Bolsa.

Notas de corte do Sisu – todas as universidades

Notas de Corte do Sisu – Todas as Universidades

FURG – Universidade Federal de Rio Grande
UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina
UECE – Universidade do Estado do Ceará
UEL – Universidade Estadual de Londrina
UEMG – Universidade do Estado de Minas Gerais
UEMS – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
UENF – Univ. Est. do Norte Fluminense
UENP – Univ. Estadual do Norte do Paraná
UEPB – Universidade Estadual da Paraíba
UERGS – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
UERN – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte
UESB – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz
UESPI – Universidade Estadual do Piauí
UEZO – Universidade Estadual da Zona Oeste (RJ)
UFABC – Universidade Federal do ABC
UFAC – Universidade Federal do Acre
UFAL – Universidade Federal de Alagoas
UFAM – Universidade Federal do Amazonas
UFBA- Universidade Federal da Bahia
UFC – Universidade Federal do Ceará
UFCA – Universidade Federal do Cariri
UFCG – Universidade Federal de Campina Grande
UFCSCPA – Univ. Fed. de Ciências da Saúde de POA
UFERSA – Universidade Federal Rural do Semi-Árido
UFES – Universidade Federal do Espírito Santo
UFF – Universidade Federal Fluminense
UFFS – Universidade Federal da Fronteira Sul
UFG – Universidade Federal de Goiás
UFGD – Univ. Federal da Grande Dourados
UFJF – Universidade Federal de Juiz de Fora
UFLA – Universidade Federal de Lavras
UFMA – Universidade Federal do Maranhão
UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais
UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso
UFOB – Universidade Federal do Oeste da Bahia
UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto
UFPA – Universidade Federal do Pará
UFPB – Universidade Federal da Paraíba
UFPE – Universidade Federal de Pernambuco
UFPEL – Universidade Federal de Pelotas
UFPI – Universidade Federal do Piauí
UFPR – Universidade Federal do Paraná
UFRA – Universidade Federal Rural da Amazônia
UFRB – Univ. Federal do Recôncavo da Bahia
UFRGS – Univ. Federal do Rio Grande do Sul
UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro
UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte
UFRPE – Universidade Federal Rural de Pernambuco
UFRR – Universidade Federal de Roraima
UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
UFS – Universidade Federal de Sergipe
UFSB – Universidade Federal do Sul da Bahia
UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina
UFSCAR – Universidade Federal de São Carlos
UFSJ – Universidade Federal de São João del-Rei
UFSM – Universidade Federal de Santa Maria
UFT – Universidade Federal no Tocantins
UFTM: Universidade Fed. do Triângulo Mineiro
UFU – Universidade Federal de Uberlândia
UFV – Universidade Federal de Viçosa
UFVJM – Univ. Fed. dos V. do Jequitin. e Mucuri
UnB – Universidade de Brasília
UNEAL – Universidade Estadual de Alagoas
UNEB – Universidade do Estado da Bahia
UNEMAT – Universidade Estadual de Mato Grosso
UNESPAR – Universidade Estadual do Paraná
UNICENTRO – Univ. do Centro-Oeste do Estado do Paraná
UNIFAL-MG – Universidade Federal de Alfenas
UNIFAP – Univ. Fed. do Amapá
UNIFEI – Universidade Federal de Itajubá
UNIFERSA: Universidade Fed. Rural do Semi-Árido
UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo
UNIFESSPA – Univ. do Sul e Sudeste do Pará
UNILA – Univ. Integração Latino-Americana
UNILAB – U. Integ. Int. da Lusofonia Afro-Brasileira
UNIMONTES – Univ. Estadual de Montes Claros
UNIOESTE – Univ. Estadual do Oeste do Paraná
UNIPAMPA – Universidade Federal do Pampa
UNIRIO – Universidade Federal do Estado do Rio
UNITINS – Universidade do Estado do Tocantins
UNIVASF – Univ. Fed. do Vale do São Francisco
UPE – Universidade (Estadual) de Pernambuco
USP – Universidade de São Paulo
UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná

NOTAS DE CORTE DO SISU NOS INSTITUTOS E FACULDADES PÚBLICAS

CEFET – Minas Gerais
CEFET – Rio de Janeiro
ENCE – Rio de Janeiro
ESCS – Escola Superior de Ciências da Saúde
FAETERJ: Faculdade de Tecnologia do RJ
ISEPAM – Inst. Sup. de Ed. Prof. Aldo Muylaert
ISERJ – Inst. Sup. de Ed. do Rio de Janeiro
IF Catarinense – Inst. Fed. Catarinense
IF Goiano – Instituto Federal Goiano
IFS – Instituto Federal de Sergipe
IF Sertão – Inst. Federal do Sertão – PE
IFAC – Instituto Federal do Acre
IFAL – Instituto Federal de Alagoas
IFAM – Instituto Federal do Amazonas
IFAP – Instituto Federal do Amapá
IFB – Instituto Federal de Brasília
IFBA – Instituto Federal da Bahia
IF Baiano – Instituto Federal Baiano
IFC – Instituto Federal Catarinense
IFCE – Instituto Federal do Ceará
IF Farroupilha – Inst. Fed. Farroupilha
IF Fluminense – Instituto Federal Fluminense
IFES – Instituto Federal do Espírito Santo
IFG – Instituto Federal de Goiás
IFMA – Instituto Federal do Maranhão
IFMG – Instituto Federal de Minas Gerais
IFMS – Instituto Fed. de Mato Grosso do Sul
IFMT – Inst. Federal de Mato Grosso
IFNMG – Inst. Fed. do Norte de Minas Gerais
IFPA – Instituto Federal do Pará
IFPB: Instituto Federal da Paraíba
IFPE – Instituto Federal de Pernambuco
IFPI – Instituto Federal do Piauí
IFPR – Instituto Federal do Paraná
IFRJ – Instituto Federal do Rio de Janeiro
IFRN – Inst. Fed. do Rio Grande do Norte
IFRO – Instituto Federal de Rondônia
IFRR – Instituto Federal de Roraima
IFRS – Instituto Federal Rio Grande do Sul
IFSC – Inst. Fed. de Santa Catarina
IF SERTÃO – Inst. Federal do Sertão
IFSE – Instituto Federal de Sergipe
IFSEMG – Instituto Federal Sudeste de MG
IFSP – Instituto Federal de São Paulo
IF Sul de Minas – Inst. Federal Sul de MG
IFSUL – Inst. Fed. Sul-Rio-Grandense
IFTM. Instituto Fed. do Triângulo Mineiro
IFTO – Inst. Federal do Tocantins

Pirâmide das Notas de Corte do Sisu

Não tem moleza para entrar dentro das Notas de Corte do Sisu nas universidades mais procuradas. Veja aqui o post completo sobre a Pirâmide, e confira abaixo como ficam as notas de corte médias para os cursos mais disputados:

Pirâmide das notas de corte - lista de espera

João Vianney dos Valles Santos

Psicólogo e jornalista, Vianney é diretor do Blog do Enem. Tem doutorado em Ciências Humanas, coordenou o Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, e Dirigiu o Campus Unisul Virtual. É consultor de EaD da Hoper Educação.
Categorias: 04-Slider Topo, Sisu Tags: , , , , ,