Inscrição Enem 2013 em maio, com mais vagas pelo Sisu nas Federais

Fim do vestibular aumenta suas chances pelo Enem nas universidades públicas. Fique ligado na data da Inscrição Enem 2013.

Prepare-se para fazer a sua inscrição. O presidente do Inep,  Luiz Claudio Costa, afirmou que em maio sai o edital  com os detalhes da Inscrição Enem 2013.

Agora é a hora de correr atrás dos documentos que, porventura, você ainda não possua. CPF e RG são básicos, se você não tiver, não fará o Enem 2013. Não vai querer perder sua chance por esse descuido, não é mesmo? Se quiser relembrar o que foi regra ano passado, clique AQUI e confira.

Enquanto não sabemos ao certo o que a Inscrição Enem 2013 nos reserva, que tal lembrarmos tudo o que o Enem pode nos oferecer?

O número de vagas pelo Sisu não pára de crescer!

Para você que sonha estudar em uma universidade pública, o Sistema de Seleção Unificada, nosso querido Sisu, é o caminho. No primeiro semestre desse ano foram mais de 129 mil vagas e para o Enem 2013 a previsão é que chegue na casa das 150 mil.

Algumas universidades federais, como a UFSJ e a UFMG, já declararam: estão abandonando o tradicional modelo de vestibular e passarão a utilizar exclusivamente o Sisu.

Então quer estudar em uma instituição pública e de qualidade? Capricha no Enem 2013 e garanta sua vaga pelo Sistema de Seleção Unificada.

Bolsas do Prouni podem ser uma ótima opção

Para esse ano foram registradas 2.011.538 inscrições, de exatos 1.032.873 candidatos. É bom deixar claro que cada candidato pode fazer até duas opções de curso, para obtenção de bolsas.

Em 2013, quando foram utilizadas as notas do Enem 2012, foram ofertadas 162.329 bolsas de estudos, distribuídas em 12.159 cursos de 1.078 instituições de todo o país. O total de bolsas integrais foi de 108.686, enquanto o de parciais foi 53.643.

Os estados com o maior número de candidatos foram: São Paulo (187.489 inscritos), Minas Gerais (141.839) e Rio de Janeiro (75.935). Para ver o total de inscritos em cada estado, consulte esta tabela.

Não deu por nenhum dos dois? Que tal o Fies?

O Fundo de Financiamento Estudantil – Fies – foi criado para facilitar o pagamento de mensalidades em faculdade ou universidades particulares.

Pelo Fies, os estudantes podem parcelar o pagamento de um curso de graduação em até sete anos para quem escolher um curso tecnólogo com dois anos de duração. Quem fizer um curso de quatro anos poderá pagar as prestações em até trezes anos. E, quem fizer medicina, terá dezenove anos para pagar o financiamento. O vencimento da primeira prestação cheia acontece apenas com um ano e meio de carência após a formatura do aluno.

Outra grande vantagem do Fies é a taxa de juros mais baixa que a do mercado. Veja a diferença: Enquanto num empréstimo bancário as pessoas pagam juros de 40% ao ano, e no cartão de crédito pagam mais de 100% de juros ao ano para utilizar o crédito rotativo, pelo Fies os juros são de apenas 3,4% ao ano. É mais barato estudar pelo Fies do que pegar dinheiro em banco para pagar as mensalidades da faculdade ou da universidade. Quem pretende fazer engenharia, por exemplo, e não dispõe de R$ 1 mil ao mês para as mensalidades, pode estudar o curso inteiro pelo Fies e, um ano e meio depois de formado, pagar apenas R$ 410,00 por mês num financiamento de 16 anos.

A meta do Governo Federal é ter 2,5 milhões de estudantes utilizando os financiamentos do Fiesaté o ano de 2015. Até o final de 2012 estavam assinados apenas 350 mil contratos de empréstimo. Na prática, estão à disposição ainda mais de dois milhões de contratos para os próximos anos. Um deles pode ser o seu.

Certificação do Ensino Médio pode ser tirada pelo Enem 2013

Se você conseguir pelo menos 450 pontos em cada área do conhecimento e 500 pontos na prova de Redação, pode comemorar, você tem direito a certificação do Ensino Médio. Caso contrário, acompanhe o Blog do Enem e bora estudar mais para ano que vem vir com tudo. Todo o processo é gratuito.

Além das notas mínimas conferidas no Resultado Enem 2013, os candidatos devem também ter no mínimo 18 anos completos até a data de realização do Enem 2013 e ter solicitado a Certificação no momento da inscrição. Os documentos necessários para a conclusão do processo são:  requerimento de solicitação do certificado na Inscrição Enem 2013, cópia da certidão de nascimento ou casamento, do documento de  identidade utilizado para inscrição no Enem, do CPF e do Boletim Individual do Resultado Enem 2013.

Lei de Cota já vale para o Enem 2013

Lei de Cotas não será colocada em prática de uma vez só. Será realizada de modo gradativo, ao longo dos próximos quatro anos. Será destinado 50% das vagas em instituições federais para alunos provenientes da rede pública de educação. Um dos critérios da Lei de Cotas é a renda familiar. Metade das vagas será destinada a estudantes com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo por pessoa, ou per capita, falando em termos mais técnicos. Quem tem renda superior a determinada também pode se beneficiar da Lei de Cotas, desde que tenham estudado todo o ensino médio em escolas públicas. Rendas provenientes de programas sociais, como o Bolsa Família não são levados em consideração no cálculo.

O outro critério da Lei de Cotas é o racial. O texto do Diário Oficial é o seguinte: “proporção de vagas no mínimo igual à da soma de pretos, pardos e indígenas na população da unidade da Federação do local de oferta de vagas da instituição, segundo o último Censo Demográfico divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, será reservada, por curso e turno, aos autodeclarados pretos, pardos e indígenas”

A lei mudou bastante coisa no Sisu, veja nesse post o comparativos das notas.

Inscrição Enem 2013

 Agora que você já sabe o que é o Enem, conhece nossa rede de blogs?

– Blog do Fies

– Blog do Prouni

– Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais (sabemos que o Facebook está aberto ai no cantinho do seu computador). E claro, também usar os espaços para comentários abaixo, deixando sua critica, sugestão e também xingamentos.

Nossas redes sociais são:

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem 2013)

Twitter: @RedeEnem

Canal no Youtube: Rede Passaporte

Google+ : Rede Enem